Resenha: O Professor, de Tatiana Amaral

O PROFESSOR #1
Autora:
Tatiana Amaral
Editora: Pandorga
Páginas: 420
Skoob

Sinopse: Charlotte Middleton é mimada e infantil. Uma garota rica, cheia de vontades e com um único objetivo na vida: ser uma grande escritora. Prestes a se formar com honras em Letras e Literatura, ela se depara com um grande problema: O professor.  Seus sonhos são despedaçados quando Alex Frankli resolve reprová-la em seu último semestre. O motivo? Ela não sabe descrever os sentimentos corretos para seus personagens.  Em um jogo eletrizante, Alex guiará sua pupila por uma jornada de prazer e intensas emoções, onde aprenderá a fórmula certa para cada sensação.



Olá, Leitores! 
Voltei, e com uma história que te fará desejar ir desesperadamente ir para a primeira universidade que aparecer no seu caminho atrás de um professor tão incrível quanto Alex. 
Preparem o material e se organizem, pois as melhores aulas irão começar!
Venham comigo conhecer essa história incrível da Tatiana Amaral, lançado pela Editora Pandorga! 

Socorro, que não estou conseguindo me conter ao escrever essa resenha! Estou me sentindo a Anitta ao cantar Na Sua Cara!

Esse livro se tornou uma deliciosa surpresa, pois, quando ele foi lançado em formato físico, eu fiquei com uma vontade louca de comprá-lo, mas não tive a oportunidade para fazer isso. Sendo que, eu estava um pouco traumatizada com livros nesse estilo, onde a aluna se apaixona pelo professor e todo o clichê que sempre existe por causa da trilogia "O Inferno de Gabriel"- que vai decaindo com o passar das sequências.

Eu comprei esse livro direto das mãos de Tatiana Amaral (rainha) e quase não contive o ataque de fã girl quando a conheci. ( Principalmente porque um modelo foi levado para interpretar o professor Alex, para que todos pudessem tirar foto. Minha gente, eu quase quis levar o homem pra casa comigo e pedir umas aulas a ele. Se eu paguei vergonha nesse dia? Óbvio!).

                                           

Voltando a história, você pode olhar para esse livro e pensar: É só mais um clichê de livro erótico...

Sim e não, caro leitor ou leitora.

A história é magnífica, com um quê de clichê e um quê de inovação que me fez entender como tinha conquistado mais de três milhões de leitores em todo o Brasil. A forma como Tatiana conta a história é magnífica, e de uma desenvoltura assombrosa, onde a leitura segue livre e leve, fazendo você se perder por entre as palavras e se ver imerso dentro da história, como se fosse realmente a nossa personagem principal Charlotte, que te fará querer abraçar e dar uns tapas nela de vez em quando. 

O livro traz a história dessa incrível garota, que tem 21 anos e sonha em ser escritora. Ela escreve histórias eróticas e está na produção de seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que é Literatura, quando seu irresistível e insuportável professor relata a falta de veracidade nas descrições dela nas cenas de sexo, o que deixa a desejar nas suas histórias. Inconformada com isso, principalmente por ter experiência 0, ela confessa ao professor ser virgem e sequer ter beijado na vida e que estará disposta a superar isso para melhoras na sua escrita. E, inicialmente, ela pretende fazer isso com o primeiro que aparecer. Preocupado com a determinação de sua aluna sem juízo, Alex Franklin - lindo e sonho de consumo de toda população existente na face da Terra, além de inteligente, educado, sedutor, sexy, dono da melhor editora do país e professor desejável que me deixa frustrada ao perceber que isso não acontecerá na minha vida - decide fazer um acordo de dar aulas privadas e ensiná-la a arte da sedução. É com essa decisão incrível que trará uma avalanche de emoções em toda a história que te deixará com o coração acelerado e as pernas bambas do início ao fim.

                                         

No geral, eu curti muito esse livro. Tanto por ter comprado das mãos da escritora (Tatiana rainha <3) quanto por ter me surpreendido e muito com a história. Claro, eu tenho algumas ressalvas, mas vamos falar das coisas boas no começo.

Minha gente, eu comecei a ler esse livro e já tava procurando a universidade em que se passaria a história para caçar esse professor. Socorro! Não tem como não se apaixonar por ele! Ele é irresistível! Todos os personagens são bem construídos e me parecem reais (o que aumentou ainda mais minha frustração por querer ir atrás desse homem), porque é tão bem escrito  que faz com que você acredite que todos eles existem. São personagens que, apesar das características incríveis, também tem defeitos e você se pega assimilando com a realidade, pensando "eu conheço alguém assim" (tirando o fato do professor Alex, que ele é excepcional).

Como é construído o relacionamento entre eles é ainda melhor, pois não fica nem um pouco cansativo e repetitivo, pelo contrário, cada vez que eles se envolve, é de um forma diferente e única, o que te deixa num ansiedade sem fim ao esperar por uma nova interação dos personagens principais. Essa característica é de enorme valor em livros eróticos, pois não é todo escritor que consegue manter esse padrão durante toda a história, caindo numa descrição muitas vezes desnecessária e que tira a magia da história. 

Isso não acontece com o livro de Tatiana, que tem sua descrição tão bem feita e tão bem contada que, em muitas vezes, o erotismo fica no meio das entrelinhas e isso deixa ainda mais excitante a história. O Professor é um livro que, apesar de ter as aulas de sedução e o sexo como condutor inicial da história dos dois personagens principais, não tira o brilho da outra trama que acompanha todos eles, como suas características e os outros personagens igualmente apaixonantes que permanecem em evidência e você pode ler o livro e pensar: não é só sexo, tem muito mais a ser contado sobre cada um deles. Por isso que essa narrativa ganhou tantos pontos comigo, pois eu já estava de saco cheio com todo o padrão de histórias eróticas que tem surgido no mercado contando a mesma coisa de sempre, alterando coisas substanciais. 

Minhas ressalvas para esse livro são poucas, mas pertinentes. O primeiro, é a zero experiência da personagem principal. ZERO. O primeiro beijo dela foi com o bendito professor sonho de consumo e por aí vai... Isso foi difícil de aceitar, principalmente pela idade dela, mas, com o passar das páginas, você entende o porquê de tudo e realmente faz um sentido. Minha segunda ressalva é, esse livro é o primeiro de uma série, que tem mais três livros e isso me deixa com o coração na mão, pois me pergunto, o que há mais a contar. Apesar de bem construída toda a trama e todos os personagens, eu particularmente me questiono sobre o que deve ser contado nas sequências, já que tudo poderia se resolver nesse primeiro livro. É com o coração na mão que irei ler os outros, pois espero de todo meu coração que não ocorra o que ocorreu em "O inferno de Gabriel", que tem o 1 livro incrível, o 2 mais ou menos, e o 3 é tão ruim que dá vontade de jogar fora. Minha terceira ressalva é uma coisa pequena, mas que não posso dizer se não será um baita spoiler... 

Então, no geral, minhas ressalvas se resumem a: eu quero entender o porquê de ter continuação, já que é um livre bem leve, com uma leitura tranquila para você se divertir e devorar em pouco tempo e sem personagens com passados dramáticos e com uma profundidade enorme para que precise de mais de um livro para ser explorado.

Porém, eu confio em Tatiana Amaral e sua completa desenvoltura ao escrever, e acredito que sua incrível escrita deve continuar pelos próximos livros, que já me deixam super ansiosa, pois fiquei curiosa para saber o que vai acontecer. Aliás, é a primeira vez que não me canso de uma aula...

Eu estou apaixonada pela história e já me encaminho para minha bad, escutando as músicas citadas no livro (SIM, TEM MÚSICAS CITADAS NO LIVRO, OMG!) ao pensar que tenho seis aulas amanhã e que nenhuma delas é com o professor Alex, e sim com meus costumeiros professores passando mil trabalhos e relatórios para serem entregues valendo minha nota. Ô life, viu. Maior verdade. O Professor é a expectativa, e minha vida é a realidade.

Brincadeiras a parte, a história é divertida e você vai se pegar preso(a), querendo sossegar apenas quando chegar na última página, e, mesmo assim, vai querer muito e muito mais sobre as aulas de um certo professor de incríveis olhos azuis.

Espero que gostem e se divirtam! Aliás, o sinal vai tocar e a aula está prestes a começar com o nosso amado professor Alex.

Um cheiro,
Thyaly Diniz

4 comentários

  1. Que legal, gostei bastante da sua resenha!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Obrigada pelo carinho❤

      Um cheiro😙

      Excluir
  2. O problema é que vc fez uma resenha de fã, não de leitora. Já li inúmeros livros eróticos, inclusive os da Taiana. Esse é de longe o pior que já li. Estou no segundo pra ver onde vai acabar, e ainda vou me torturar até o quarto porque não gosto de parar no meio do caminho. História chata, a Charlotte é uma personagem insuportável, cenas repetitivas, história que não se desenrola. Do acordo até o sexo na cabana, a história poderia ter sido contada em 50 páginas ou menos. Nem se encaixa em categoria erótica, deveria ser um livro adolescente para ensinar a como transar. Se arrependimento matasse, eu jamais teria gasto dinheiro comprando essa bosta. Que ódio!

    ResponderExcluir