Resenha: O sol também é uma estrela, de Nicola Yoon

O SOL TAMBÉM É UMA ESTRELA
Autora: Nicola Yoon
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Skoob

Sinopse: Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história. Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois. O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?

Olá Leitores!
Sabe aqueles livros que ficam em nossa memória e coração depois que terminamos de ler?
O sol também é um estrala é um desses.
Vou contar um pouquinho do muito que esse livro me tocou.
Vamos conhecê-lo?

O sol também é uma estrela, de Nicola Yoon nos conta a história de Natasha e Daniel. Dois adolescentes completamente diferentes, que se encontram em um dos dias mais importantes da vida de cada um deles. Para ela, é o pior dia de toda a sua vida. Para ele, é um dia decisivo e poderá transformar todo o seu futuro.

Natasha é uma adolescente que nasceu na Jamaica, mas mora ilegalmente com a família nos Estados Unidos. Amante da ciência, prefere sempre ver os fatos e isso a faz ser bastante realista. Já pensando na faculdade, a jovem vê toda a sua vida mudar quando seu pai se mete em uma confusão, fazendo com que toda a sua família seja deportada. 

Daniel é americano, filho de um casal coreano. E adora poesia, mas não poderá seguir essa carreira, já que decidiu ser médico, principalmente para aguardar os pais. Descolado, ele só quer se sentir bem, mesmo com a pressão dos pais, que não o consideram um legítimo coreano, nem da sociedade, que o enxerga como um asiático.

No fatídico dia que se conhecem, Natasha está na contagem regressiva para a exportação. Restam-lhe apenas 12 horas. A garota decide que não irá ficar em casa se lamentando, até mesmo porque ela não acha justo que a família inteira seja punida por algo que o pai fez. Assim, decide sair e encontrar uma forma de reverter essa situação. Já Daniel tem uma entrevista marcada para seu ingresso em Yale, e por mais que ele saiba da importância desse acontecimento, ele não está nem um pouco entusiasmado para isso.

"As pessoas passam a vida inteira procurando o amor. Mas como a gente vai confiar numa coisa que pode acabar tão subitamente quanto começa?"

Então o encontro acontece. Daniel se sente atraído no minuto que põe os olhos em Natasha, mas o tempo não está ao lado da garota.  O que eles não imaginam é que estarão destinados a passar as próximas 12 horas próximos. 

Pessoas, lugares, encontros e desencontros marcarão esse marco temporal. Daniel decide que precisa passar um tempo com Natasha. Ela só quer encontrar uma forma de sair desse pesadelo. Além disso, Daniel propôs um test cientifico com Natasha. O resultado? Fazer com que fiquem apaixonados até o fim daquele dia.


Será que o universo ajudará Daniel e Natasha? 
É cientificamente possível fazer alguém se apaixonar em apenas um dia? 
O que o destino reservará para eles nas próximas 12 horas?


Sensível, inteligente e muito cativante.
O sol também é uma estrela é um YA diferente de tudo o que você já leu.

Quando soube que a Editora Arqueiro iria lançar esse livro, fique super entusiasmada! Primeiro por que já conhecia a escrita maravilhosa de Yoon e a premissa do livro também tinha despertado minha curiosidade.

A escrita de Yoon é muito envolvente e inteligente. Com capítulos mais curtos e diálogos inteligentes, conhecemos a história de dois adolescentes vivendo em diferentes realidades, entretanto, com mais coisas em comum do que podem imaginar. Apesar da história se passar em apenas 12 horas, a narrativa foi muito bem desenvolvida, com acontecimentos interessantes que nos deixam 

As personagens são bem desenvolvidas e cativantes. Daniel é um apaixonado, que passa por algumas dificuldades de aceitação social, se sente na obrigação de agradar os pais e nutre uma tensa relação com o irmão mais velho. Já Natasha é uma garota inteligente, de personalidade forte e acredita nos fatos e na ciência. Ambos estão em um momento decisivo na vida. Além disso, as personagens secundárias também foram criadas com riqueza de detalhes e dão um importante suporte ao enredo.

Diversos assuntos são tratados ao longo da história, tais como relações familiares, amizade, escolhas, conflitos pessoais, entre outros. Mas, sem dúvida, o preconceito, em muitas das suas faces, é o tema mais marcante neste livro. De forma sutil, Yoon aborda o tema que pesa tanto a vida de milhares de pessoas.

Apesar de não poder revelar tantos detalhes da história, posso dizer que O sol também é uma estrela é um desses livros que você começa e sabe que não conseguirá largar até chegar a última página. E pode ter certeza que ao longo do "caminho" um misto de sentimentos irá te invadir. Você irá rir e terá vontade de chorar e com certeza ficará apaixonado(a) por Daniel e Natasha.

O desfecho foi perfeito. Falo isso porque gosto de finais menos óbvios, mas acredito que alguns leitores ficarão meio #chateados. A autora não deixou pistas de como essa história terminaria, então só sabemos realmente no fim.

Finalizo a resenha indicando a leitura de O sol também é uma estrela, de Nicola Yoon. Principalmente para aqueles que curtem romances diferentes, narrativa inteligente, personagens cativantes e muita emoção.

Gostaram?
Ficaram curiosos para conhecer o destino de Daniel e Natasha?
Já leram?
Comentem!

Abraços e até mais.

15 comentários

  1. Ola
    Fico cada vez mais motivada a fazer essa leitura por conta das resenhas positivas que eu leio. Acho legal por explorar elementos tão importantes e igualmente reflexivos. Fiquei bem curiosa a respeito do desfecho e espero poder ler em breve.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem?
    Da autora eu li Tudo e todas as coisas e amo a escrita dela, já tinha visto também a capa desse livro por aí e confesso que não sabia nada sobre ele mas sua resenha me deixou bem motivada gosto quando o livro trás assuntos importantes que nos levam a pensar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Rízia!
    Menina, que premissa mais maluca a deste livro, hahahaha. Sério, fiquei suuuper interessado na história, principalmente por se passar em apenas 12 horas e, claro, pelos personagens principais, que não me parecem ser nada clichês. Natasha e Daniel, pelo lido, foram super bem construídos, e eu amo isso.
    Eu já havia lido Tudo e todas as coisas, da mesma autora, como você sabe, mas ainda assim achei que ficou faltando alguma coisa ao terminar a leitura. Confesso que fiquei bem mais curioso com O Sol também é uma estrela!
    Não vejo a hora de ler.
    Abs

    ResponderExcluir
  4. Oie! Tudo bem?

    Guria eu devorei esse livro de tanto que amei ele! Nossa fazia tempo que eu não amava tanto uma história quanto amei dessa obra da Nicola! Espero que em breve eu consiga ler Tudo e Todas as Coisas, com certeza irei amar tanto quanto esse!

    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rízia!
    Já tinha ouvido falar desse livro, a premissa dele me interessou bastante, assim como sua resenha. Vou dar uma chance a ele assim que possível!
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rizia!
    Ai esse livro é incrível mesmo, não é? Acho que a autora conseguiu desenvolver bem os vários temas que ela perpassa na trama. A Nicola é uma autora incrível e a escrita dela é surpreendentemente envolvente e encantadora, durante a leitura senti que a premissa concretizou tudo aquilo que eu esperava e ainda proporcionou lindos momentos de leitura. Adorei sua resenha, até me deu vontade de ler de novo para matar a saudade do Daniel e da Natasha :3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Adorei a resenha!
    Recentemente li TUDO E TODAS AS COISAS e amei demais a leitura e por ter amado tanto assim já tinha adicionado ele na wishlist... Ao ler sua resenha me animei ainda mais na leitura <3
    Nicola Yoon tem mesmo essa capacidade de nos envolver ao ponto de ler tudo em um só dia e esses finais dela me encantam <3
    Dica anotda!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Olá Rizia,
    Esse livro é encantador em todos os sentidos.
    Fiquei muito contente por você ter curtido e por ressaltar que o livro é diferente de tudo, porque ele é exatamente isso! Daniel é meu crush de toda a vida, a forma como ele vive a vida me encanta e a Natasha também me agradou muito, adorei seu jeito lógico.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Adorei a capa - e sou daquelas que compra um livro só pela capa (me julgue) kkk. A história parece ser bem leve, mas gostosinha de ler. Perfeita para aquele mood de querer se distrair e refletir muito. Faz bem de vez em quando! Obrigada pela dica.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Rizia!
    Já li alguns comentários sempre positivos sobre o livro, estou bem curiosa e acredito que seria uma leitura que me cativaria bastante, me pareceu uma leitura emocionante e muito envolvente. Já está na minha lista de próximas leituras!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  11. oi, rízia. esse livro tem sido tão elogiado que tenho sentido vontade de lê-lo. Gosto de obras que abordam temáticas importantes, e uma com o tema preconceitos certamente será uma boa leitura para mim. Gostei de saber que apesar de se passar dentro de somente doze horas, tudo foi muito bem desenvolvido. Eu não tive nenhum contato com a escrita da autora, mas tenho curiosidade em ter.

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Eu amei esse livro também, adoro esses finais mais abertos que a autora trás, alias, eu adoro qualquer final aberto nos livros, não sou daquelas que dá chilique porque a autora não falou tintim por tintim como terminava a história hahahah.
    Mas enfim, além de ter personagens de culturas completamente diferentes no livro, eu adorei o fato de ela mostrar que a ação das outras pessoas influencia diretamente na nossa, seja tal ação mínima ou gigantesca.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro parece ser ótimo! Li Tudo e Todas as coisas e ameeei a leiitura, tenho esse em casa masss ainda não dei uma chance! Preciso providenciar urgente, pois querk saber o desfecho dessa historia!

    ResponderExcluir
  14. Olá Rízia!
    Eu estou com esse livro para ler e tenho visto muitas críticas positivas sobre ele. Amei a sua opinião sobre o livro e me deixou mais ansiosa ainda para conhecer as personagens e suas vidas conturbadas.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    O gênero YA é um tipo que não consegue prender muito minha atenção, por achar sempre muito obvio o decorrer dos enredos. A história me pareceu ser bem simpática e com pontos emocionantes, mas nada que tenha me surpreendido ou chamado minha atenção. por isso, desta vez passo a dica.

    ResponderExcluir