Resenha: A Viúva, de Fiona Barton

 
A VIÚVA
Autora:  Fiona Barton
Editora: Intrínseca
Páginas:
Sinopse: Ao longo dos anos, Jean Taylor deixou de contar muitas coisas sobre o terrível crime que o marido era suspeito de ter cometido. Ela estava muito ocupada sendo a esposa perfeita, permanecendo ao lado do homem com quem casara enquanto convivia com os olhares acusadores e as ameaças anônimas.  No entanto, após um acidente cheio de enigmas, o marido está morto, e Jean não precisa mais representar esse papel. Não há mais motivo para ficar calada. As pessoas querem ouvir o que ela tem a dizer, querem saber como era viver com aquele homem. E ela pode contar para eles que havia alguns segredos. Afinal, segredos são a matéria que contamina (ou preserva) todo casamento. Narrado das perspectivas de Jean Taylor, a viúva, do detetive Bob Sparkes, chefe da investigação, cuja carreira é posta em xeque pelo caso, e da repórter Kate Waters, a mais habilidosa dos jornalistas que estão atrás da verdade, o romance de Fiona Barton é um tributo aos profissionais que nunca deixam uma história, ou um caso, escapar, mesmo que ela já esteja encerrada.
Olá Leitores!
Trago para vocês a resenha de mais um thriller incrível! Um daqueles livros que nos fazem questionar se realmente conhecemos as pessoas que nos cercam.
E se essa pessoa for alguém que você ama?
Vamos conhecer esse história de perto?


A Viúva, de Fiona Barton é um thriller eletrizante que nos conta a história de Jean Taylor, uma mulher que acaba de perder seu amado e dedicado marido: Glen Taylor. Além disso, precisa encarar uma legião de jornalistas e curiosos tentando extrair informações sobre o mistério que envolve seu falecido marido.

Jean e Glen viviam uma "vida perfeita". Esposa dedicada, sempre buscava satisfazer as vontades do seu amado marido, que a compensava com atenção e cuidados. Eles eram felizes, apesar de algumas manias estranhas de Glen e de sua recente demissão. Tudo muda quando Glen é acusado de cometer um crime horrível envolvendo o desaparecimento de uma garotinha.

Durante toda a investigação conduzida pelo Detetive Bob Sparkes, Jean permanece ao lado de seu marido, sendo obrigada a encarar olhares atravessados e pressão da sociedade, afinal, seu passivo e amoroso Glen jamais seria capaz de cometer tamanha atrocidade! Logo ele, que adorava crianças! 

As longas investigações e julgamentos pressionam cada vez mais a mente de Jean Taylor e quando seu querido Glen morre em um acidente estranho, a viúva decide que talvez seja a hora de contar a sociedade quem realmente era seu marido. Para isso, ela contará com a ajuda da esperta repórter  Kate Waters.

Pela primeira vez, A Viúva poderá contar a sua versão dos fatos...

 
Intrigante, desafiador e mordaz.
A Viúva é um thriller que vai te consumir aos poucos!

Comecei a leitura do livro com grandes expectativas, afinal, thriller é o meu gênero literário favorito e por isso costumo ser bem exigente nessas leituras e me surpreendi positivamente ao encontrar uma personagem tão complexa e cercada de detalhes para compor uma verdade.

A narrativa não linear nos mostra uma viúva que ainda está processando a morte do marido e ao mesmo tempo sente uma estranha necessidade de contar a sua versão dos fatos para a sociedade. Apesar de várias pessoas tentarem abordá-la para conseguir uma entrevista, foi a apenas com a habilidosa Kate Waters que ela finalmente consegue se abrir. Por outro lado, temos o Detetive Bob Sparkes tecendo toda a teia de investigações sobre o desaparecimento de uma garotinha. Pelo olhar de Jean, Kate e Bob vemos a história ser construída.

As personagens são complexas, problemáticas e humanas. Percebe-se o cuidado do autor em cada detalhe da personalidade de cada um para que a história possa de fato acontecer. Estamos diante de uma mulher submissa e um marido aparentemente perfeito, mas que é cercado de acusações.

A história se desenvolve em um ritmo lento, daqueles que vai consumindo e envolvendo o leitor aos poucos, deixando-o a cada página mais intrigado e curioso com o promissor desfecho. A maior parte do tempo, estamos sob a ótima de Jean, mas em outros capítulos encontramos a versão de outras personagens. Esses vários olhares contribuíram para a construção do enredo.

O desfecho foi o que mais surpreendeu. Primeiro porque desde o início sabermos que Jean está viúva, mas a consequência desse fato é o que nos intriga, afinal, precisamos saber se o falecido marido era perfeito ou não. Gostei da forma como o autor conduziu a história até as últimas páginas e acredito que todos os leitores ficarão satisfeitos com o final.

Finalizo essa resenha recomendando que você leia A Viúva. Um thriller misterioso, envolvente, repleto de personagens complexas e histórias surpreendentes. Desafio você a chegar ao fim do livro sem se questionar o quanto você conhece a pessoa que está ao seu lado. A resposta pode ser surpreendente!

Gostaram do livro?
Ficaram curiosos para saber o desfecho?
Já leram?
Comentem!

Abraços e até mais

14 comentários

  1. Olá
    Eu nao conhecia esse titulo, mas fiquei bem interessada depois de ler seus comentários e a premissa parece ser ótima e muitoi misteriosa mesmo. Fiquei bem curiosa quanto ao desenvolvimento, seja pela parte da ambientação quanto personagens, entre outras características. Thriller é um gênero que chama muito a minha atenção, um dos que eu leio com frequência na verdade, e pelo que pude compreender por aqui, os elementos são ótimos. Com certeza estou curiosa com o desfecho.. Espero poder ler em breve, e obrigada pela indicação!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Rizia,
    eu até curto bastante o gênero, mas nunca me interessei por esse livro, não bem o que é, apesar das resenhas positivas que li não consegui me interessar pela proposta, não fiquei curiosa nem desejosa de entender ou de conhecer a tal versão dos fatos da viúva. Acho que é isso que me atrai e instiga em triller, essa sede por der descobrir o que há por trás que eu não consegui sentir por esse livro.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oiee Rízia ^^
    Ando cada vez mais curiosa para ler thrillers...haha' não li muitos até agora, mas os que li me surpreenderam muito. Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei bastante animada, principalmente quando você disse que o leu com grandes expectativas, e ainda assim foi surpreendida. Estou curiosa para saber os podres do casal, principalmente de Glen...haha'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Então, eu nunca li essa obra, mas já vi diversas criticas dela. Eu realmente não leio esse gênero, mas com tantas opiniões bos te faz até ficar com vontade haha <3
    Adorei o fato de que faz te questionar sobre a pessoa que está ao seu lado, me faz pensar em todos os motivos que a leitura me daria para isso. Fico feliz que você gostou. A sua resenha está maravilhosa, e obrigada pela dica ♥
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi Rizia, adoro esse gênero e esse livro está na minha lista desde o lançamento. Muito om ver mais uma resenha positiva, sobre não só o desenvolvimento, mais o final também. Com certeza irei ler em breve. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Estou gostando bastante de ler Thrillers ultimamente, e esse me deixa muito curiosa, afinal fiquei morrendo de vontade de saber se a vida deles era perfeita mesmo e porque o marido morreu.
    Adorei sua resenha e fiquei bastante curiosa para saber os mistérios do livro, e pelo rítmo das revelações serem mais lentos é melhor ainda assim somos surpreendidos no momento certo.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rízia!
    Você me ganhou com o "personagens complexas, problemáticas e humanas" haha Não curto muito thrillers, mas narrativas que mostram a natureza humana sempre me atraem (até porque, querendo ou não, nós nunca conhecemos realmente todo mundo). Acho que a história se desenvolver lentamente ajuda a construir a tensão da ansiedade para o final né? (deve ter sido enlouquecedor a "espera" até o desfecho haha).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá Rizia,
    Um Thriller que vai consumir aos poucos? Adoro isso!
    A premissa desse livro é muito interessante e eu quero fazer a leitura desde o dia que vi que seria lançado. A única coisa que me incomoda e preocupa é que o livro se desenvolve de uma forma lenta, não sei até onde isso é bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Rízia!
    Olha, gostei demais da sua resenha sobre esse livro! Não conhecia o título, ainda não tinha ouvido falar dele. Fiquei mega curiosa! Thrillers também me agradam, adoro aquele friozinho na barriga quando estamos diante de um bom mistério. Com certeza entrou na lista dos meus desejados!
    Beijos, adorei seu texto!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ainda não conhecia a história, mas já tinha ouvido falar do livro e adorei poder conferir a sua resenha. Sou super curiosa por thrillers, principalmente esses que nos consumem, então fiquei morrendo de vontade de conferir esse também. Dica super anotada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Fiquei master curiosa com o desfecho que você falou que te surpreendeu, porque aqui na minha cabeça, já estou tecendo altas conspirações. Adorei a resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Ooi! Acho que o ultimo thriller que li foi "Misery", do Stephen King, acho que tá na hora de partir pro proximo ja kjfdgkdf to quase me recuperando e acho que,apesar de não ter avaliações muito boas no skoob, esse livro da Fiona seria uma boa pedida. Obrigado pela indicação, abraço!

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não conhecia esse livro ainda e que esse não é um gênero que costumo ler. No entanto, lendo sua resenha fui ficando cada vez mais curiosa com a história, pois é tudo muito misterioso e intrigante. Fiquei aqui super curiosa para saber mais sobre o marido, o que ele fez e quem ele realmente era. Enfim, gostei bastante da sua dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir