• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: Quando a Bela domou a Fera, de Eloisa James

    QUANDO A BELA DOMOU A FERA
    Autora: Eloisa James
    Editora: Arqueiro
    Páginas: 320
    Skoob

    Sinopse: Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher. Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?
    Olá Leitores!
    Trago para vocês a resenha de um delicioso e divertido romance de época, inspirado do clássico A Bela e a Fera.
    Tenho certeza que vocês vão curtir tanto quando eu.
    Vamos conhecê-lo?


    Quando a Bela domou a Fera, de Eloisa James nos conta a história da bela Linnet e da conhecida fera Piers.

    Linnet era uma jovem de beleza inigualável, atraindo diversos cavalheiros que desejavam cortejá-la. Seu pai matinha vigilância constante, zelando pela reputação da filha. Contudo, tudo isso não foi suficiente, já que a moça se apaixonou pelo príncipe e apenas alguns encontros e beijos renderam uma fama horrível para Linnet perante a sociedade.

    Diante desta tragédia, seu pai e sua tia decidem enviá-la para um castelo no promissor País de Gales para prometê-la em casamento ao detestável médico Piers Yelverton, o conde de Marchant. Conhecido por sua personalidade abominável, que ao saber do acerto realizado por seu pai, pessoa com quem Piers já tinha uma relação conturbada, decidiu que não aceitaria sua noiva e faria com que ela fosse embora tão logo chegasse.

    Linnet aceitou o noivado sem problemas. Apesar de saber da fama do noivo, não se intimidou. A única coisa que a incomodava era o fato de que a fama que lhe fora atribuída não correspondia a realidade, já que não tinha feito nada de errado! Principalmente de acordo com as histórias mais acaloradas que já ouvira de sua mãe. Além disso, a jovem sabia que Piers era impotente e isso seria bom, de alguma forma.

    Mas o que o destino havia reservado para Linnet e Piers nenhum dos dois foi capaz de prever. 

    Piers se encanta pela jovem no momento que a conhece. Sem falar que a sua personalidade ácida não parece abalá-la. Muito pelo contrário, ela parece que está se divertindo com toda essa situação. Já Linnet não esperava que sentira algo diferente por aquele homem, uma vez que já foi cortejada por tantos e nunca sentiu algo assim. Eles passam a dividir momentos juntos, mas sempre preocupados em não se envolver demais, já que esse arranjo não pode dar certo.

    Acontece que uma terrível doença assola o castelo e quando a vida de uma pessoa está em jogo, os sentimentos mais escondidos se revelam, a fim de superar qualquer dificuldade, em nome do verdadeiro amor.


    Cativante, divertido e romântico.
    Quando a Bela domou a Fera vai conquistar você desde as primeiras páginas.

    Com uma narrativa leve e fluída, somos transportados para uma época diferente, onde um beijo poderia significar uma verdadeira tragédia da vida de uma moça. Com um enredo bem diferente e uma linguagem incrível, acompanhamos a saga de Linnet e os problemas de Piers, torcendo para que de alguma forma eles encontrem uma forma de se entenderem. Recheado de cenas divertidas e românticas, o livro também tem um ar em algumas passagens, proporcionando ao leitor uma verdadeira montanha russa de emoções.

    Gostei muito da caracterização das personagens. Linnet é um jovem com pensamentos relativamente modernos, coração simples e muita vontade de viver. Já Piers não é aquele mocinho apaixonado que estamos acostumados. Muito pelo contrário, aparece sempre emburrado e se queixa a todo momento. É maravilhoso ver como os dois crescem e fica ainda mais cativantes ao decorrer da história. Não posso deixar de mencionar as personagens secundárias que participam ativamente da narrativa e ajudam a construir uma ótima história.

    Preciso dizer que o livro não tem muita ligação com o clássico A Bela e a Fera. Apenas a beleza estonteante de Linnet e a personalidade difícil de Piers é algo que podemos comparar. Também há algumas cenas no finalzinho da história que se pensarmos bem, podemos encontrar semelhanças. Mas isso não é capaz de tirar o brilho dessa magnífica história.

     A edição está linda! Achei a capa simples, mas muito marcante. Mais uma vez a Editora Arqueiro caprichou.

    O desfecho me surpreendeu. Por mais que meio que saibamos como os romances de época vão terminar, a forma como o final se apresenta é o que dá aquele brilho especial. E com certeza encontramos isso nesse livro. Confesso que achei um pouquinho corrido, mas isso não chegar a ser um problema. 

    Apesar de não poder revelar mais detalhes sem estragar a história, espero que tenha convencido vocês a lerem Quando a Bela domou a Fera. Um romance de época diferente, repleto de ótimas personagens e uma mistura de sentimentos sem igual. E se isso não foi suficiente, sabiam que esse livro é o queridinho da Julia Quinn ❤

    Gostaram?
    Ficaram curiosos para saber o destino de Linnet e Piers?
    Já leram ou está na lista de leitura?
    Comentem!

    Abraços e até mais.

    0 comentários :

    Postar um comentário