• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: O Amor em primeiro lugar, de Emily Giffin

    O AMOR EM PRIMEIRO LUGAR
    Autora: Emily Giffin
    Editora: Novo Conceito
    Páginas: 352
    Skoob

    Sinopse: Uma tragédia familiar muda tudo na vida das irmãs Josie e Meredith. A tristeza torna-se algo recorrente, mas elas fazem de tudo para seguir em frente. E seguem... Quinze anos mais tarde, Josie e Meredith não têm um relacionamento harmonioso. As diferenças de personalidade delas, que já existiam antes da tragédia, estão ainda mais acentuadas. Elas se veem com frequência, mas não se entendem. Uma vida marcada pela tristeza velada e por segredos que as afastam cada vez mais. Será que Josie e Meredith vão conseguir se libertar de seus medos e se abrir para o novo? Será que, finalmente, elas conseguirão seguir em frente de verdade? “O Amor em Primeiro Lugar” é uma fascinante história sobre família, amizade e a coragem de seguir o próprio coração.
    Olá Leitores!
    Tenho o prazer de resenhar para vocês mais um livro da talentosa Emily Giffin.
    Essa é uma daquelas autoras que sempre passam na frente na minha lista de leituras.
    Vamos conferir minhas impressões sobre esse livro?



    O Amor em primeiro lugar, de Emily Giffin nos conta a história de uma família marcada por uma tragédia que transformou a vida de todos. Eles tiveram que seguir em frente e agora, quinze anos depois da fatídica noite, as coisas ainda não parecem ter voltado ao seu lugar, principalmente para as irmãs Josie e Meredith.

    Josie é  professora de uma escola primária e adora crianças. Seu sonho é ter um filho, não importa de que forma. Acontece que ela não tem um namorado ou parceiro fixo há muitos anos, apesar da sua agitada vida social. Por esta razão, Josie pensa em uma reprodução independente e quando a filha do seu ex-namorado entra em sua classe, a professora tem certeza de que a hora certa chegou.

    Meredith parece ter a vida perfeita. Advogada de sucesso, casada com um marido atencioso e mãe de uma garotinha inteligente. Apesar de tudo isso, ela acredita que as coisas não estão indo muito bem em sua vida. Há um sentimento de incompletude que ela não sabe identificar.

    Duas irmãs tão diferentes, com vidas e personalidade distintas, estão sempre em conflito. As ideias modernas de Josie incomodam a conservadora Meredith. Ambas passeiam em uma linha tênue entre estarem bem ou chateada uma com a outras. Mas, no fundo, elas possuem muito em comum, coisas que vão bem além dos laços de sangue.

    Quando fatos do passado ligados à tragédia que marcou a família ressurgem, as irmãs precisarão lidar com um segredo escondido por uma delas e que pode significar o fim de qualquer relação ou o renascimento de sentimentos adormecidos.



    Emocionante e sensível.
    Mais uma vez Emily Giffin consegue criar uma história profunda, repleta de dramas familiares e celebração das diferenças.

    Com uma narrativa intensa, conhecemos a tragédia que marcou a vida das irmãs e as consequências em suas vidas. Em capítulos que alternam a visão de Josie e Meredith, acompanhamos seus dramas e alegrias, bem como os sentimentos que nutrem um pela outra. O lado psicológico é o ponto forte de toda a narrativa, pois somos transportados para dentro do livro e sentimos exatamente o que cada personagem descreve. Apesar do drama ser o ponto alto do livro, encontramos muitas situações engraçadas, fofinhas e inspiradoras.

    As personagens são extremamente complexas de bem desenvolvidas. Josie e Meredith possuem personalidades muito distintas e Giffin cuidou de moldá-las de forma bem clara e isso foi fundamental para todo o drama que as envolve. As personagens secundárias também receberam uma atenção especial e são fundamentais para o desenvolvimento do enredo, com destaque para Gabe, o melhor amigo de Josie.

    Várias temáticas importantes são trabalhadas na obra, com destaque para os conflitos familiares e a reprodução independente. Gostei da forma como Giffin tratou da autonomia da mulher sobre o próprio corpo e suas escolhas. Além disso, a amizade é algo muito presente, bem como a importância das escolhas que fazemos.

    A capa contém alguns elementos da história e segue o mesmo padrão dos outros livros da autora. A diagramação é simples e a edição está perfeita. Particularmente, amo as capas dos livros da Giffin ❤

    O desfecho não poderia ser melhor. Por mais que a autora plantando algumas pistas de como seria o fim dessa história, senti que toda a descrição foi sutil e bem madura. Claro que não vou revelar se Josie ou Mere se entendem, mas acredito que muitos irão gostar. Torço para que vocês possam ler e se encantar assim como eu!

    Finalizo essa resenha recomendando a leitura de O Amor em primeiro lugar. Se você já é fã de Giffin, não pode deixar de ler. Se ainda não conhece esse maravilhosa autora, esse livro é uma ótima oportunidade para conhecer a escrita e o estilo de Emily Giffin.

    Gostaram?
    Conhecia o livro?
    Ficaram curiosos para conhecer o que separa essas irmãs?
    Comentem!

    Abraços e até mais,

    0 comentários :

    Postar um comentário