• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: Jantar secreto, de Raphael Montes


    JANTAR SECRETO
    Autor: Raphael Montes
    Editora: Companhia das Letras
    Páginas: 360

    Sinopse: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana. A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.

    Olá Leitores
    Sabe aquele livro que tira você da zona de conforto?
    Aquele livro que te faz pensar e repensar todos os seus pré-conceitos?
    Tenho aqui um exemplar perfeito.
    Vamos conhecer essa história que para alguns pode ser indigesta?
    Aviso: Essa leitura é para quem tem estomago forte!

    Jantar Secreto, de Raphael Montes nos conta a história de quatro amigos: Hugo, Miguel, Dante e Leitão. Eles deixaram uma cidadezinha no interior do Paraná para estudar no Rio de Janeiro. Pessoas diferentes que compartilham bons e maus momentos e que prezam pela amizade acima de tudo.

    Recém-formados, eles não são exatamente bem sucedidos. Dante trabalha em uma livraria, Hugo é formado em gastronomia, mas não consegue um trabalho sério. Miguel faz residencia em um hospital e Leitão passa horas na internet, às vezes "trabalhando". Apesar da vida apertada, todos conseguem se virar. 

    Um determinado dia, Dante recebe a ligação do corretor de imóveis responsável pela locação do apartamento, informando que precisa conversar com ele. Para sua surpresa, o aluguel não era pago há meses e se eles não conseguissem o dinheiro, seria despejados! Acontece que Leitão era responsável por realizar os depósitos e deixou de fazer para poder pagar uma garota de programa.

    Desesperados, Hugo sugere que eles ofereçam um jantar temático no apartamento deles. Eles anunciariam na internet e torceriam para que desse certo. Todos concordaram e Leitão ficaria responsável pelo anúncio. 

    Acontece que Leitão decidiu brincar e influenciado pelo enigma da Carne de Gaivota, informou que no jantar seria fornecido carne humana.  O que eles não esperavam é que a procura seria tão grande  e que em pouco minutos haveria R$ 30.000,00 na conta deles.

    Cientes da situação em que se meteram e com medo de não conseguir o dinheiro, eles começam a pensar em como conseguirão um corpo. Sob muitos protestos, eles decidem que irão furtar um cadáver do hospital em que Miguel trabalha e que essa será a única vez que irão fazer isso.

    O plano dá certo, alguns empecilhos ocorrem, mas  jantar é um sucesso. Os convidados adoram os pratos preparados por Hugo e perguntam quando serão os próximos jantares. Apesar de Hugo, Miguel, Dante e Leitão acharam que esse foi o único jantar que realizariam, não sabem que esse era apenas o primeiro...


    Forte, provocante e genial.
    Jantar secreto é uma leitura que desafiará você. De logo aviso que leitores mais sensíveis, poderão ter dificuldades de mergulhar na leitura.

    Conhecia a escrita ímpar de Raphael Montes com a leitura de Dias Perfeitos. Fiquei fascinada com sua escrita ácida, cativante, provocante e repleta de mistérios.

    Neste livro, somos apresentados a personagens completamente humanos, cheios de defeitos e qualidades, que tentam viver suas vidas da melhor forma possível, mas que se deparam uma situação onde terão que repensar seus valores e conceitos. Todos contribuem de forma muito intensa e diferente na construção da história e o cuidado que o autor teve de criar suas personalidades e vivências, sem dúvida, refletiu na qualidade da obra. O mesmo acontece com as diversas personagens secundárias.

    Diversas temáticas são debatidas ao longo da narrativa. A principal delas, sem dúvida é o canibalismo. A forma como Montes descreve o aspecto e sabor da carne humana, certamente poderia deixar os carnívoros com de vontade de experimentá-la. O autor também faz duras críticas a respeito do consumo de animais, chegando até a questionar a diferença entre animais e humanos.

    Sob o ponto de vista de Dante, observamos flash´s do passado, o envolvimento com um poderoso homem que viabiliza os jantares  de carne humana. As justificativas encontradas para continuar com toda essa situação. Confesso que não é fácil acompanhar tudo isso e ao mesmo tempo, enquanto estamos lendo, ficamos imaginando a forma como isso irá acabar.

    Gostaria de contar mais alguns detalhes, mas tenho medo de acabar estragando a história. Posso dizer que o desfecho é algo surpreende! Ao longo das páginas, Raphael Montes solta algumas pistas e por mais que eu tivesse um ou outra suspeita, nada chegou perto daquilo. Todos os pontos foram amarrados e não conseguiria pensar em uma sacada melhor.

    A edição está maravilhosa. Capa e contracapa repleto de elementos da história e folhas com detalhes em vermelho. A Companhia das Letras caprichou.

    Termino minha resenha indicando a leitura para leitores com estomago forte, mente aberta, que gostam de sair da zona de conforte e procuram livros que os provoquem e façam repensar suas certezas.

    Leiam!

    Gostaram do livro?
    Teriam coragem de ler?
    Ficaram curiosos com o desfecho?
    Comentem!

    Abraços e até mais!

    0 comentários :

    Postar um comentário