• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Escolha uma Peculiaridade - Semana Especial Crianças Peculiares


    Olá Leitores.
    Continuamos com a Semana Especial Crianças Peculiares promovida pela Editora Intrínseca e seus parceiros e hoje é a despedida do Livroterapias. Nosso desafio hoje é responder "Se vocês tivessem que escolher uma peculiaridade, qual vocês escolheriam? Por quê?". Difícil né? Mas ajudarei vocês nessa escolha.
    Vamos conhecer um pouco mais?



    Quem nunca sonhou em ter algum superpoder? Eu já quis de tudo: Voar, ser invisível, ler mentes, transformar coisas em metais preciosas, congelar as coisas...por aí vai. 

    Quando me perguntaram qual peculiaridade eu escolherei, me veio à mente diversas opções. Seria bom ter o dom de Jacob, pois poderia me proteger e também aos que estão ao meu redor.

    Emma também tem seu charme. Produzir fogo é algo que os humanos buscam desde os primórdios e é vital para nossa existência.

    Ser forte com nossa amiga Bronwyn me deixaria mais independente, mas não é a peculiaridade que gostaria de ter. Também não arriscaria ter o dom de Enoch e ressuscitar pessoas brevemente. Além do sofrimento, confesso que teria medo.

    O medo também não me deixaria escolher o dom de controlar as abelhas, do nosso Hugh.

    Já como bastante e se tivesse as duas bocas de Claire, seria um verdadeiro estrago.

    Gosto da natureza e poderia sim escolher o dom de controlá-la assim como a Fiona.

    Já vivo com a cabeça nos ares e seria difícil ser literalmente assim com a Olive.

    Confesso que é bastante tentador ter o dom do Horace. Quem não gostaria de ter sonhos premonitórios? Prever o que está por acontecer me ajudaria muito!

    Não me sinto tão nobre a ponto de escolher ser uma Ymbryne como Srta Peregrine.

    Dessa forma, dentre as diversas peculiaridades que escolheria a pertencente a Millard Nullings: Invisibilidade e Conhecimento do mundo dos peculiares.

    Ser invisível tem lá suas vantagens. Entrar e sair dos lugares, conseguir coisas e informações, proteger-se dos perigos, entre tantas outras opções. Claro que também há um lado negativo, mas certamente seria superado pelos benefícios desse dom.

    Além disso, estou sempre estudando. Desde que me entendo por gente não parei de estudar e saber que Millard é um grande conhecedor dos peculiares me faz querer ser como ele.

    Confesso que não foi uma escolha fácil, pois se eu pudesse, misturaria as peculiaridades de Jacob, Emma, Horace e Millard e me tornaria uma #SuperPeculiar hahahaha.

    Agora que vocês já conhecem a minha escolha, eu vos pergunto:
    Se vocês tivessem que escolher uma peculiaridade, qual vocês escolheriam? Por quê?
    Podem imaginar à vontade! Nem precisa ser apenas essas que exemplifiquei aqui. Vale qualquer coisa, mesmo!

    Estou curiosa para conferir as respostas de vocês ;)

    Encerro esses post agradecendo à Vanessa, da Editora Intrínseca, pelo convite tão especial! Essa história é uma das minhas favoritas e foi muito bom contribuir um pouquinho para essa semana peculiar.

    Abraços e até mais.

    2 comentários :

    1. Oi Rízia, sensacional esse semana das peculiaridades. Muito difícil essa escolha mesmo. rs
      Adorei suas respostas, não escolheria invisibilidade, mas o conhecimento do mundo dos peculiares sim. Como você, vivo estudando. E ando bem querendo saber mais desse "mundo novo"
      Bjs


      Blog Coisas da Juu Participe do Top Comentarista: O orfanato da Srta Peregrine

      ResponderExcluir
    2. Eu gostaria de ter o dom da Fiona, o de controla a natureza, porque amo demais a natureza.

      ResponderExcluir