Resenha: O Navio das Noivas, de Jojo Moyes


O NAVIO DAS NOIVAS
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 384
Sinopse: Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito. Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas.  Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi planejado. Com personagens únicas e uma narrativa tocante, Jojo Moyes conta uma história inesquecível que captura perfeitamente o espírito romântico e de aventura desse período da História, destacando a bravura de inúmeras mulheres que arriscaram tudo em busca de um sonho.

Olá Leitores!
Resenhar um livro da Jojo Moyes é sempre um prazer. Principalmente porque é garantia de uma história incrível e emocionante para compartilhar.
E este não é diferente.
Vamos embarcar nessa viagem?

O Navio das Noivas, de Jojo Moyes inicia no ano de 2002, mas precisamente da Índia, onde uma neta viaja com sua avó, descobrindo as maravilhas daquele país até que decidem parar numa espécie de estaleiro. Quando a senhora avista um antigo navio, desmontado, mas o seu nome a afetou completamente! Trata-se do HMS Victoria e, a partir daí, somos transportados até o ano de 1946.

Estamos em 1946, a guerra acabou e a Marinha Real Britânica começou o repatriamento de esposas do pós-guerra, mulheres e meninas que haviam se casado com oficiais ingleses em serviço no exterior. Partindo da Austrália, a vida de quatro mulheres está prestes a mudar: Maggie, uma jovem grávida, nas semanas finais na gestação e encarará o oceano para se juntar ao marido. Avice, garota rica que embarca a contragosto naquele navio "inadequado"para seu status e sua aparência. Jean, uma adolescente desajuizada que se casou muito cedo, mas contagia a todos com seu bom humor e por fim, Frances uma enfermeira experiente, reservada e que só desejar terminar a viagem e começar uma nova vida.

A vida dessas quatro mulheres tão diferentes de cruzam quando precisam dividir a mesma cabine do navio. E percebemos que não será fácil encontrar um ponto de equilíbrio. Mas Maggie com toda a sua doçura consegue envolver todas em um tênue laço. Afinal, uma viagem que durará dias, repleta de restrições, aliada à nova situação em que vivem, não será fácil.

Os dias vão passando, a rotina no navio é bem diferente. Existem atividades e aulas que as auxiliarão as mulheres a adaptar-se a nova vida em Londres e a driblar o tempo durante essas seis semanas. Sem falar que as mulheres não poderiam manter contato com os tribulantes - marinheiros - e a comunicação com a família demorava a chegar.

Acontece que uma série de eventos acaba unindo os caminhos dessas quatro mulheres. Aos poucos, conhecemos suas histórias, seus medos e segredos. Sabemos como cada uma delas veio parar ali, quem são seus maridos o que almejam para o futuro.

Mas tantas semanas em alto mar, deixarão marcas profundas na vida dessas mulheres e nenhum delas sairá da forma como entrou...


Uma verdadeira viagem no tempo!

O Navio das Noivas é baseado numa história real vivenciada pela avó da Jojo Moyes. Pesquisando rapidamente na internet, encontrei vários arquivos e vídeos sobre as "noivas de guerra". Mais uma vez Jojo conseguiu criar uma história incrível, sensível e repleta de personagens memoráveis.

As personagens foram criadas com uma atenção toda especial. Interessante ver como apesar de tudo possuírem personalidades tão diferentes, algo as ligará de forma única. Preciso mencionar que de todos os livros que li da Jojo, esse foi o que mais mostrou a visão das personagens, tanto o quarteto principal, quanto as demais que se destacam no livro. Confesso que demorei um pouco a me envolver com a história, pois a narrativa se arrasta um pouquinho no início, mas atribuo isso ao lado histórico que não costumo ser muito fã.

O trabalho de pesquisa desenvolvido por Jojo Moyes para esse livro está refletido na riqueza de detalhes que encontramos na história. No início de cada capítulo, encontramos trechos de relatos reais de pessoas de pessoas envolvidas com o navio. Um verdadeiro presente para os fãs!

O desfecho é de partir o coração de muitas formas. Conhecemos o destino de Maggie, Avice, Jean e Frances. Também nos será revelada a identidade da senhora que conhecemos logo no início da história. E querem saber? Não poderia imaginar um final melhor para nossas mulheres. Moyes fez questão de deixar todos os pontos amarradinhos, finalizando a história com chave de ouro.

Leitura mais do que recomendada!

Gostaram do livro?
Ficaram curiosos?
Já leram, querem ler?
Comentem!

Abraços e até mais.

7 comentários

  1. Ai meu Deus, preciso desse livro, onde encontro em promoção?! rsrsrsrs

    Acho Jojo Moyes uma escritora incrível porque ela escreve histórias assim "reais" que emocionam e ao mesmo tempo ensinam. Amo isso.
    Aliás, que capa linda!!!!

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Que resenha linda! Comprei esse livro na Bienal e ainda não li.
    Jojo é sempre maravilhosa. E eu não sabia que era baseado na avó dela! Que notícia ótima. Com certeza ele vai partir meu coração também.

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  3. Oi Rízia
    Tô querendo esse livro, e depois da sua resenha tô qrendo mais ainda!!
    Resenha maravilhosa, parabéns!


    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. ooooi, Rízia!
    Tudo bem?
    Primeiramente: Foi MUITO bacana te conhecer na Bienal. Uma pena que não tivemos a oportunidade de conversar mais por conta de eu estar trabalhando.
    Em segundo lugar, desde que anunciou que estava lendo esta obra eu aguardava sua resenha, haha.
    Este livro da Jojo já tinha despertado meu interesse, mas nunca li nada dela. Muito bacana ver sua opinião e perceber que o livro cumpre mesmo o que propõe.
    Adorei sua resenha e ela me motivou ainda mais a ler esta obra.
    Mais uma vez parabéns por este blog espetacular!

    SIGA BIO-LIVROS | Página | Produtos Natura | Magazine Você

    ResponderExcluir
  5. Acabei de ler este livro, realmente a narrativa inicial não nos prende muito, porém no decorrer dos acontecimentos a bordo, vai melhorando e a gente acaba se envolvendo com curiosidade em saber como será a chegada das mulheres: Frances, Avice e Maggie. E o final é surpreendente referente a revelação de quem é quem.

    ResponderExcluir
  6. Acabei de terminar este livro e sou suspeita para falar porque sou apaixonadaa pela Jojo sou leitora assídua dela e viajo a cada história dela ♥

    ResponderExcluir