• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: As cores da vida, de Kristin Hannah


    AS CORES DA VIDA
    Autora: Kristin Hannah
    Editora: Arqueiro
    Páginas: 352

    Sinopse: Uma arrebatadora história sobre irmãs, rivalidade, perdão e, em última análise, o que significa ser uma família. As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade... Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova. E quando segredos dolorosos são revelados e um crime abala a cidade, elas se veem em lados opostos da mesma verdade.

    Olá Leitores!
    É sempre um prazer resenhar livros da Kristin Hannah. Sou simplesmente apaixonada por esta mulher! Tanto que compro/solicito os livros sem nem ler a sinopse.
    Essa é mais uma história que ficará gravada em minha memória.
    Vamos conhecê-lo?
    As cores da vida, de Kristin Hannah, nos conta a história das irmãs Greys: Winona, Aurora e Vivi Ann. Elas perderam a mãe muito cedo e aprenderam a cuidar uma das outras.

    Winona é a irmã mais velha e tomou para si a responsabilidade de criar suas irmãs. Sempre focada, se formou em Direito, mas nunca teve muito sucesso com os assuntos do coração e sente falta do pai, que se distanciou nas filhas.

    Aurora é a irmã do meio. Um ponto de equilíbrio entre as irmãs. Sempre tentando manter a harmonia, se casou muito cedo e se dedica bastante as pessoas que ama.

    Vivi Ann é a caçula. A mais bonita e destemida das irmãs. Apaixonada por cavalos, ela ajuda o pai a administrar a fazenda da família.

    Elas possuíam um pacto: Acima de qualquer coisa, estava a o amor que nutriam uma pela outra. Contudo, isso não significa que não houvesse conflitos. Winona e Vivi Ann vivam uma delicada relação.

    Winona sempre tentou ter atenção do pai, teve problemas com a balança, só pensava em trabalhar e não era bem sucedida em assuntos do coração. Situação completamente diferente de Vivi Ann que era uma das mulheres mais bonitas da cidade e vivia colada com o pai e vários queriam namorá-la. Isso gerava um certo ciúme em Winona.

    Tudo piorou quando Luke, melhor amigo e paixão secreta de Winona retorna à cidade. Ela sente que existe a oportunidade de aproximar-se dele, mas para sua surpresa, ela se interessa por Vivi Ann. Logo sua irmã!

    Claro que Winona fica arrasada, mas é Aurora quem a alerta: Se ela confessar à Vivi Ann que sente algo por Luke, ela jamais ficará com ele, afinal elas sãos as irmãs Grey.

    Só que a vida prega peças e quando Winona está procurando um novo homem para trabalhar na fazenda do pai, surge Dallas que mudará o rumo dessa história. Esse homem tão misterioso e descendente de índios conquistará o coração de uma das irmãs e mudará completamente a estrutura da família.

    Mas será que a relação entre as irmãs sobreviverá aos inúmeros desafios que serão impostos com o passar do tempo?


    Profundo e Sensível.
    Mais uma vez Kristin Hannah escreve um livro que nos leva à reflexão.

    Senti tantas coisas ao ler As cores da vida. Esse é um romance que valoriza e muito as relações familiares. Como nos comportamos diante dos conflitos com nossos irmãos e quais as consequências de atitudes impensadas.

    A narrativa é dividida em duas fases. Infelizmente não posso dar mais detalhes da segunda fase do livro, pois seria um grande spoiler, mas posso falar que continua abordando os conflitos. Gostei muito da construção e distribuição dos fatos ao longo da história. Só serviu para prender ainda mais a atenção do leitor.

    As personagens foram muito bem pensadas e construída, com atenção especial para Winona e Vivi Ann que apesar de tão diferentes, possuem um elo intenso. E sabe o melhor? Não existe mocinho ou vilão aqui. Todos são bastante reais e comuns, cometendo erros e acertos que eu ou você poderíamos cometer. E todos aprendem com suas escolhas.

    Gostei bastante de desfecho. Apesar de um tanto previsível, possuiu uma carga dramática forte e causou um verdadeiro choque de realidade! Apesar da história possuir algumas "teias" tudo foi esclarecido e nenhum ponto ficou solto. Como a cada leitura de livros da Hannah, terminei com a sensação de dever cumprido e saudade.

    Leitura obrigatória para os fãs da autora e um ótima opção se você quer conhecê-la. Aliás, se você gosta de livros que tratem de relações familiares, conflitos, amizades, dramas, reviravoltas e amor, com certeza As cores da vida é uma excelente dica ;)

    Gostaram?
    Conhecia o livro?
    Ficaram curiosos?
    Comentem!

    Abraços e até mais

    24 comentários :

    1. Oi, Rízia!
      Apesar de ter gostado muito da sua resenha, esse não é bem o estilo de livro que eu leio, antão acho bem dificil entrar na minha lista de próximas leituras. rs
      Beijo

      Canastra Literária | Facebook | Twitter

      ResponderExcluir
    2. Olá, bom dia! Essa autora escreve livros ótimos, ouço ótimos comentários e sua resenha mostra isso também, esse título eu não conhecia. Mas nesse momento não é meu tipo de leitura, vou anotar para uma leitura futura, a resenha ficou ótima, parabéns e um abraço!

      ResponderExcluir
    3. Li apenas um livro da autora, mas pela sua resenha, senti que existe uma característica muito forte em suas narrativas: valorizar a família e a relação dentro dela. Tem como não se apaixonar por um enredo desse? Quero muito ler e esta capa está maravilhosa.
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    4. OI Rízia,

      Amo os livros da Kristin, mas atualmente estamos passando por uma crise. Peguei Amigas para sempre no mês passado e não consigo finalizar. Porém esse livro me chama mais a atenção, acho que pelo fato de ter uma carga dramática, mas me parecer que o romance tem força nele.
      E que situação a dessas irmãs, fiquei muito curiosa para saber essa segunda fase do livro. Com certeza está na minha lista de desejados.

      Bjs,
      Garotas de Papel

      ResponderExcluir
    5. Olá,
      Ainda não conheço a escrita de Kristin, mas amei a resenha e fiquei com bastante vontade conhecer mais sobre as irmãs e essa reflexão que a obra aborda sobre relações familiares.
      A premissa é bem interessante e as reviravoltas prendem muito minha atenção e quero muito saber quais são.

      http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Profundo e sensível. Acho que não existiria palavras melhores para definir uma autora como a Kristin. Ela tem um conteúdo familiar em seus livros e aborda temas sempre tão lindos né? Eu nao li esse livro dela ainea, mas pretendo ler em breve. Beijoa

      ResponderExcluir
    7. Olá Rízia,
      Acredita que ainda não li nada dessa autora? Tenho até vergonha de fazer essa confissão, mas é a verdade. Nunca li nada dela. Preciso mudar isso já!
      Adorei saber que a obra é sensível e profunda. Também gostei muito de saber que o romance valoriza as relações familiares, pois é algo que prezo demais! Achei muito legal o desfecho ter te agradado!
      Dica anotada, com certeza.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    8. Heey, tudo bem? Adorei tua resenha! Eu fiquei em dúvida se solicitava ou não o livro e acabei não solicitando, mas agora me arrependo. Adoooro dramas familiares, e ainda mais quando as personagens são irmãs <3 Tenho quase certeza que iria amar esse livro! Espero ter a oportunidade de ler.
      Beijão!

      ResponderExcluir
    9. Olá!
      Adoro dramas familiares e fiquei muito curiosa com o que acontece na segunda parte do livro! Que bom que o desfecho, apesar de previsível, te agradou muito. Fiquei bem interessada em ler essa obra graças a sua resenha.
      Beijos.
      http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

      ResponderExcluir
    10. Oi Rízia,

      Eu quase solicitei esse livro. Fiquei feliz ao ler sua resenha e encontrar opiniões tão positivas a respeito do livro e da autora. Já que não a conheço. Que bom que o desfecho foi bom, apesar de um pouco previsivel, acho que se no final tudo deu certo é o que importa haha to precisando de livros mais profundos e sensíveis pra refletir mesmo.

      beijos :D

      ResponderExcluir
    11. OI!!


      Rízia, gostei muito da premissa e dos valores passados no livro. Surgiu uma dúvida: a estória se passar ao redor da Winona? Ela é a protagonista. Essa relação fraterna é muito boa e mesmo tendo mãe essa relação com WInona é similar a algumas caracteristicas minhas. Sou a mais velha e sempre busquei no conhecimento a válvula de escape para alguns sentimentos reprimidos. Vou buscar saber mais sobre o livro, não conseguirei adquirir no momento, mas irei procurar o e-book. Beijos!

      ResponderExcluir
    12. Oi, tudo bem?
      Eu nunca li nenhuma obra dessa autora, mas tenho algumas e sei que irei amar, porque são do tipo que eu gosto. Bom, esse livro eu já vi por ai, mas não parei para dar atenção e lendo sua resenha fiquei bem animada. Achei interessante a premissa é fiquei curiosa aqui para saber qual irma vai se apaixonar pelo novo personagem que aparece. Além disso, imagino que deve ser um livro que trabalha bem essa relação familiar e eu acho muito bacana isso em livros. Enfim, espero ler em breve e gostaria também.

      Beijos :*

      ResponderExcluir
    13. Oi!
      Eu tenho na minha estante já há algum tempo "Jardim de Inverno" da autora, mas nunca tive muita vontade de lê-lo, mesmo conhecendo várias pessoas que adoram os livros dela.
      Esse eu já tinha visto em livrarias, porém nunca tinha pego na mão para saber do que se tratava. E lendo a sua resenha, fiquei mais interessada a respeito desse do que o que tenho.
      Fiquei bem curiosa para saber mais sobre essa relação das irmãs e como elas vão se virar com o Dallas aparecendo. E gostei demais de saber que as personagens são reais, com erros e problemas. Acho que darei uma chance para a autora começando por esse, rsrs.
      Ótima resenha. Parabéns!
      Bjss

      http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/09/a-lista-resenhadesafio.html

      ResponderExcluir
    14. Olá!

      Não conhecia a Autora nem a obra. Eu me apaixonei pela capa, coisa mais linda!
      Pelo modo como descreveu a sua opinião, é impossivel não querer conhecer a obra, tem amor nas suas palavras, aquela paixão pelas obras da autora.
      Ficou incrivel a resenha, peguei a indicação com amor, beijos ⚓

      ResponderExcluir
    15. Oi Rizia,
      Ainda não conheço a escrita da autora mas gosto de dramas envolventes onde os personagens são bem construídos e que traz diversos momentos de reflexões. A obra me conquistou e sua resenha me deu a certeza disso. Espero conhecer a escrita da autora em breve.
      Bjim!
      Tammy

      ResponderExcluir
    16. Olá!

      Olha, confesso que a princípio a trama não me chamou muito a atenção, mas no decorrer da rsenba fiquei bem curiosa para saber o desenrolar dessa situação aí. Morro de medo de enredos que colocam conflitos entre irmãos, espero que esse termine da melhor maneira possível.

      Obrigada pela dica.
      Ingrid Cristina
      Plataforma 9¾

      ResponderExcluir
    17. Oi oi querida,
      Adorei a resenha e esse livro tem a capa mais linda que já vi. Eu estava gostando da história mas acabei me decepcionando enquanto lia um pouco mais sobre as irmãs e sobre o Luke.

      Acho que não leria esse livro por causa da confusão/relação dos personagens. Espero conhecer outros livros da autora.
      :)

      Beijoss, Enjoy Books

      ResponderExcluir
    18. Oieee, tudo bem?? Confesso que esse não é o meu gênero preferido, romances assim sempre ficam como segunda opção ou para um dia de ressaca literária mas o fato de envolver relações familiares, tão comuns no dia a dia deu um ar de realidade ao livro, daí algumas pessoas possam achar ele meio "batido" mas eu gostei do enredo. Não conhecia a obra e se der, vou ler sim! Bjosss

      http://porredelivros.blogspot.com

      ResponderExcluir
    19. Oie!
      Confesso que nunca li um livro da autora! Mas nunca é tarde para mudar isso, né?
      E este livro parece ser perfeito para o meu "debut"! Gostei principalmente pelo fato de você ter escrito em sua resenha que não existe mocinha ou vilão e que a estória é bem real.
      Valeu pela dica!
      Bjinhos;)
      Elaine M. Escovedo
      Caminhando Entre Livros
      Http://www.caminhandoentelivros.com.br

      ResponderExcluir
    20. Oiee Rízia ^^
      Eu ainda não li nenhum livro da autora, e até tenho curiosidade de conhecer a escrita dela, mas não é bem prioridade, sabe? Eu gosto de livros com drama e mais ainda dos que nos fazem refletir, então parece ser o livro certo para mim. Já está na listinha há algum tempo, mas acabei de furar a fila e colocá-lo no topo *-* hehe'
      MilkMilks ♥
      http://shakedepalavras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    21. Oi, como está?
      Simplesmente AMEI o resumo desse livro e com certeza darei uma chance quando for possível! Definitivamente adoro histórias que abordam relações familiares, que podem ser boas ou ruins, mas ensinam muito sobre a vida.
      Abraços e beijos da Lady Trotsky...
      http://rillismo.blogspot.com

      ResponderExcluir
    22. Olá, conheço alguns livros da autora, mas não conhecia esse, achei a premissa bem legal, principalmente pelas relações familiares terem sido bem trabalhadas como você disse. Obrigada pela dica! Beijos,

      Luana

      ResponderExcluir
    23. Olá, tudo bem?

      Não conhecia a obra e achei bastante interessante por se tratar de uma historia que relata laços familiares.

      Me pareceu ser uma historia bastante calma e ao mesmo tempo emocionante!

      Dica anotada (:

      ResponderExcluir
    24. Ei flor, mais um que não conhecia acredita.
      Estou precisando retomar as minhas leituras dramáticas e deixar o terror de lado um pouco, essa é uma ótima pedida, queria saber o rumo que tomou nessa segunda fase, acho que vou ter que comprar para ler.
      Xoxo

      ResponderExcluir