• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: O ano em que te conheci, de Cecelia Ahern




    O ANO EM QUE TE CONHECI
    Autora: Cecelia Ahern
    Editora: Novo Conceito
    Páginas: 336

    Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda.  Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer. Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.

    Olá Leitores!
    Trago para vocês a resenha de um livro da Cecelia. Sei que essa magnífica autora possui milhares de fãs e poder dividir minhas impressões com vocês é sempre muito bom.
    Vamos conhecer um pouco mais desse livro tão legal?

    O ano em que te conheci, de Ceccelia Ahern, conhecemos Jasmine, uma mulher de trinta e poucos anos que possui duas paixões no mundo: Seu trabalho e sua irmã Heather, que possui Síndrome de Down, mas é tão independente quanto qualquer um. Um belo dia, Jasmine vê seu mundo virar de cabeça para baixo quando é demitida do emprego que tanto ama e, como se não bastasse, por força do contrato, precisa tirar licença de um ano antes de começar em outro lugar.

    Jasmine odeia ter que ficar em casa, principalmente por conta de seu vizinho Matt. Um radialista que chega sempre de madrugada, bêbado, escultando a mesma música, sem se importar com o conforto das outras pessoas. Sem falar que pelo conteúdo do seu programa, ele é um verdadeiro babaca!

    Os dias passam com Jasmine tendo de visitar amigas que não vê a séculos, pequenas comemorações com os amigos e reuniões de terapia Heather. Sem muito o que fazer ela passou a vigiar Matt e um belo dia vê que a mulher o deixou, ele perdeu o emprego e está se entregando cada vez mais ao vício do álcool.

    A procura de uma atividade, Jasmine, que tem o nome de flor, decide se dedicar a reforma do seu jardim e assim os dias vão passando mais rápido. Contudo, isso faz com que Matt se aproxime o que a deixa mais irritada. Mas uma estranha amizade começa a surgir e cada vez mais eles perceber coisas em comum...

    Como será que Jasmine sobreviverá a esse 12 meses?
    Será que as semelhanças entre ela e Matt serão suficientes para fazer nascer uma amizade?
    Só o tempo e as mudanças de estações poderão dizer.



    Encantador.

    Cecelia Ahern surpreende mais uma vez ao criar uma história simples, cotidiana, mas repleta de significado e uma carga de sentimentos sem igual. Mas não vá esperando uma história romântica, aqui veremos outro tipos de relações surgirem entre as personagens.

    Jasmine é uma mulher que precisa viver mais para si e se libertar de algumas amarras. E com o passar dos capítulos vamos percebendo como a experiência conseguiu transformá-la em uma pessoa diferente. O mesmo ocorre com Matt, que começa sendo um personagem tedioso, mas vamos aprendendo a gostar dele e torcer por algo mais.

    As personagens secundárias são ótimas: Com destaque para Heather, irmã de Jasmine que é uma graça. Aliás, preciso destacar o respeito e a beleza que Ahern teve em mostrar o cotidiano de pessoas portadores de Síndrome de Down.

    A narrativa é simples, mas preciso dizer que não é tão fluída. Não há muitos acontecimentos. Tudo acontece dentro das personagens: Conflitos, descobertas, implicações, alegrias tristezas. O livro é narrado por Jasmine e divido em quatro partes: Inverno, Primavera, Verão e Outono. Engraçado que percebi a mudança de tom de acordo com mas estações, recurso inteligente usado pela autora.

    A capa está linda e contém muitos elementos da história. A diagramação é simples e o kit enviado para os parceiros da Editora Novo Conceito contém um lápis que, após utilizado, pode ser plantado, pois contém sementes que ajudaram a devolver a natureza o que foi tirado dela. Muito amor né gente? <3

    O ano em que te conheci é um livro que fala amizade, problemas familiares, perdas, superação de obstáculos, transformação pessoal. Para quem gosta desses temas, é um ótimo exemplar de leitura e para os amantes de Cecelia Ahern, um livro imperdível.

    Espero que tenham gostado.
    Ficaram curioso?
    Comentem!

    Abraços e até mais.










    21 comentários :

    1. Oláá!
      Os livros da Cecilia me chamam muito a atenção. Tanto pelas premissas quanto pelas artes de capa que, vamos combinar, são maravilhosas! Este está na minha lista, mas ela é tão quilométrica que quando posso comprar um livro nunca sei por onde seguir! ahahahah

      Beijos,
      Postando Trechos

      ResponderExcluir
    2. Olá
      eu amo a escrita da autora e tenho certeza de que também vou adorar essa leitura. Estou apaixonada por essa capa e adorei poder conferir seus comentários. Fiquei ainda mais motivada, especialmente diante dos elementos do texto e suas reflexões...
      beijos, Fer

      ResponderExcluir
    3. Sim, concordo em tudo com sua resenha. Não é um romance e não tem muita coisa acontecendo no livro e mesmo assim há muita coisa a aprender com ele. São milagres que a Cecelia faz com os livros dela e que eu não deixo de ler porque ela cativa sempre. É de uma simplicidade sem fim.

      Beijos,

      Greice Negrini

      Blogando Livros
      www.blogandolivros.com

      ResponderExcluir
    4. Os livros da autora são muito bonitos e inspiradores, bem ao estilo mulherzinha, eu particularmente me encanto com eles, e essa capa é linda demais neh

      Daily of Books

      ResponderExcluir
    5. Olá!
      Adoro a Cecelia, ela sempre escreve tramas lindas e inspiradoras e mesmo os livros menos animadores proporcionam boas leituras. Ainda não tive a oportunidade de ler esse mas já o adicionei à minha lista de leituras futuras.
      Beijos!

      ResponderExcluir
    6. Oi, Rízia!
      Estou lendo esse livro atualmente. Já passei da metade.
      Adoro Cecelia, os outros livros que li da autora foram inesquecíveis para mim. Mas estou um pouco entediada com esse, sua resenha destacou alguns pontos que fizeram com que eu me identificasse. Eu fico esperando um grande acontecimento, mas aparentemente tenho que refletir melhor sobre o decorrer da história.
      Ainda não senti empatia por Matt, espero que sinta até o final do livro.
      Beijos
      Historiar

      ResponderExcluir
    7. Olá Rízia,
      Essa é uma de minhas leituras atuais e o que mais estou sentindo é que o livro é mais introspectivo e que é o ano em que a Jasmine se conhece. Estou achando a Heather uma pessoa incrível e gostaria muito de tê-la como amiga, sabe? Gostei muito da sua resenha e fiquei bem ansiosa para concluir o livro. Acho que farei isso ainda hoje.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    8. Olá Rízia!
      A Cecelia sempre consegue nos passar ótimos valores em seus livros. Eu realmente gosto bastante e não vejo a hora de ler esse.
      Parabéns pela resenha e a reflexão feita sobre a história.
      Beijos!

      www.booksimpressions.com.br

      ResponderExcluir
    9. Oi Rízia,
      Nunca li nada da autora, mas não é falta de vontade. Acho os temas que ela aborda bem interessantes e no caso desse não foi diferente. Acho que o fato de não ter foco em um romance pode espantar alguns leitores ou até mesmo que ler, não se sentir de fato atraído. Para mim isso pode incomodar, mas como você citou, creio que a leitura seja bem mais para refletir e isso não deixa de ser bom.
      Fiquei muito curiosa para conhecer ps personagens e ver se a musica que o matt ouve todos os dias tem algum significado.

      Bjs

      ResponderExcluir
    10. Olá, tudo bem?
      Eu adorei a capa do livro, ela foi a primeira coisa que me chamou a atenção. A história criada pela autora para ser bem legal, eu tive um pouco de interesse, mas o fato de não ser muito bem fluída me deixa com o pé para trás. É bom saber que a obra não é um simples romance e que vem abordando outros assuntos!

      https://desencaixados.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. eu amei o kit da Noco Conceito, estou com o livro aqui na pilha de leituras e será um dos próximos a serem lidos... espero me encantar com a leitura, como ocorreu com você... nunca li nada de Cecelia, vamos ver se curto a escrita dela, ne??? ^^
      bjs...

      ResponderExcluir
    12. Hey!
      Que kit fofinho! To quase indo até aí roubar esse lápis pra mim hahaha. Eu nunca li nenhum livro dessa autora, bem como já disse em outra resenha aqui no seu blog, mas sou super curiosa pra conhecer (até tenho um livro aqui na prateleira). Enfim, já li outras resenhas sobre esse livro e estou cada vez mais ansiosa para conferir a história eu mesma, principalmente porque amo histórias que me fazem refletir. As personagens parecem ser super bem desenvolvidas assim como o enredo. Adorei a resenha.
      Um abraço!

      http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    13. Oi Rízia gosto da escrita da autora, ela me envolve e quando vejo o livro já foi. Este eu não li ainda, e achei super interessante este lance da narração mudar de tom conforme as estações do ano passam. Muito inteligente dela mesmo.
      Bjs!

      ResponderExcluir
    14. Oie.
      Adoro as tramas dessa mulher, pena que sejam do tipo que eu prefira ver o filme a ler o livro, tanto que amoooo os filmes baseados em suas obras, mas não curto muito as leituras, até hoje só há um livro dela que eu queira ler.
      Bjokas

      ResponderExcluir
    15. Olá,
      Gosto bastante da escrita da autora e fico muito feliz de saber sobre os temas abordados de forma tão leve. Estou curiosa para saber o tipo de relação entre os personagens já que o livro que li era um romance.
      Parece ser uma leitura envolvente e agradável.

      leitoradescontrolada.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    16. Posso te dizer? Já gostei desse livro só pela sua resenha!
      Eu gosto bastante de livros com essas questões e conflitos cotidianos, na verdade, acho que é esse tipo de livro que estou precisando agora pra dar um gás nas minhas leituras.
      E como estou quase chegando a casa dos 30, vou adorar acompanhar esse ano sabático que a personagem precisa tirar e acompanhar como ela vai tomar as rédeas da vida dela nesse tempo.
      Beijo

      ResponderExcluir
    17. Amo os livros da autora, ela narra com maestria as cenas e até os sentimentos dos personagens, usando assuntos e abordagens cotidianos de uma excelente maneira, gostei dela não criar um romance e sim outro vinculo entre os personagens. É uma pena que não seja tão fluido, mas estarei lendo, o kit é mesmo muito lindo

      ResponderExcluir
    18. Ahhhhhhhhhh, esse livro é um amor. Quero tanto le-lo, tanto. Todas as pessoas que leem, o amam muito. E que ideia super legal essa da editora, isso motiva ainda mais o leitor. Quero tanto ler esse livro doce, amo historias que tem temas como amizade.

      ResponderExcluir
    19. Ahhhhhhhhhh, esse livro é um amor. Quero tanto le-lo, tanto. Todas as pessoas que leem, o amam muito. E que ideia super legal essa da editora, isso motiva ainda mais o leitor. Quero tanto ler esse livro doce, amo historias que tem temas como amizade.

      ResponderExcluir
    20. Olá!
      Desde que vi esse livro fiquei super curiosa para ler. A escritora é maravilhosa e suas histórias sempre tem mensagens linda e que vão fazer o leitor refletir.
      Adorei a sua resenha!
      Beijinhos!

      ResponderExcluir
    21. Oi Rízia, tudo bem?
      Eu amo os livros da Cecelia e esse é um dos poucos que não li ainda, estou mega curiosa, apesar de você dizer que ele não tem uma leitura muito fluida, acredito que eu leria mesmo assim. Gosto de livros que falem sobre perdas e dramas familiares, gosto disso e acredito que iria me agradar. Ótima resenha!

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir