• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: A Última Camélia, de Sarah Jio

    A ÚLTIMA CAMÉLIA
    Autora: Sarah Jio
    Editora: Novo Conceito
    Páginas: 374
    Skoob

    Sinopse: Uma história misteriosa sobre duas mulheres cujo destino esteve ligado por mais de 60 anos. É abril de 1940. A jovem Flora Lewis viaja para a Inglaterra com um falso pretexto. Seus pais acreditam que ela estará em um estágio em um belo lugar.
    Na verdade, ela vai trabalhar para Philip, um mercenário que quer roubar o último espécime de uma rara camélia, que pode estar na Mansão Livingston. Para conseguir entrar na mansão, Flora será a babá das crianças, mas só até encontrar a flor. Em troca, Philip lhe dará dinheiro suficiente para pagar as dívidas dos pais dela. Na Nova York de cinco décadas depois, Addison e Rex Sinclair decidem passar uma temporada na velha Mansão, agora propriedade dos pais de Rex. E Addison, mais do que nunca, precisa fugir de um segredo que ameaça o futuro de seu casamento.
    Dois mundos e duas gerações diferentes se unirão. Elas tentam seguir em frente apesar da forte atração pelo passado. E finalmente, os segredos do passado e do presente serão revelados. Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, o último espécime de uma camélia rara, a Middlebury Pink, esconde mentiras e segredos em uma afastada propriedade rural inglesa. Flora, uma jovem americana, é contratada por um misterioso homem para se infiltrar na Mansão Livingston e conseguir a flor cobiçada. Sua busca é iluminada por um amor e ameaçada pela descoberta de uma série de crimes. Mais de meio século depois, a paisagista Addison passa a morar na mansão, agora de propriedade da família do marido dela. A paixão por mistérios é alimentada por um jardim de encantadoras camélias e um velho livro. No entanto, as páginas desse livro insinuam atos obscuros, engenhosamente escondidos. Se o perigo com o qual uma vez Flora fora confrontada continua vivo, será que Addison vai compartilhar do mesmo destino?
    Olá Leitores!
    É sempre bom compartilhar com vocês minhas impressões sobre os livros da Sarah Jio.
    Quem já é fã, sabe que coisa boa vem por aí. Quem ainda não conhece essa escritora maravilhosa, venha se surpreender com mais uma história incrível.
    Vamos lá?

    A Última Camélia, de Sarah Jio, nos conta a história de duas mulheres que apesar de viver em épocas diferentes, estão ligadas pelo destino.

    Em 1940, Flora Lewis é um jovem que vivem com seus pais e administra uma pequena padaria que está com a família há anos. Ela sempre gostou de plantas e flores e seu maior sonho era trabalhar no Jardim Botânico de Londres. Contudo, sua família passava por problemas financeiros e ela não sabia como sair dessa. Contudo, ela recebe uma proposta de um homem chamado Philip para mudar-se para a Mansão Livingston e encontrar uma rara camélia e avisar para que ele possa roubá-la. Lá ela seria babá de algumas crianças, somente até que encontrasse a flor Middlebury Pink. Em troca, ela receberia uma quantia suficiente para saldar a dívida de seus pais.

    Agora, estamos no Ano 2000 e Addison é casada com Rex, um homem maravilhoso e filho de um casal com muitas posses. Eles moram em Nova York onde Addison é paisagista e seu esposo escritor. Sua vida poderia ser perfeita, mas uma pessoa do passado surge para ameaçá-la. Com medo do que possa vir acontecer, Addison sugere que ela e o esposo passem uma temporada na  Mansão Livingston, que foi comprada recentemente por seus sogros. Assim, eles partem para Clivebrook com destino aquele casarão.

    É justamente neste ponto que a vida de Flora e Addison se cruzam.

    Ao chegar a mansão, Addison conhece a Senhora Dilloway, uma governata que trabalha na casa há mais de meio século. Discreta e fechada, ela manteve a casa exatamente como seus antigos patrões deixaram. O que mais chamou atenção de Addison foi o jardim da casa, repleto de plantas e flores com destaque para as Camélias. A governanta explicou que a razão de tantas espécies era paixão da sua falecida patroa por essas flores.

    Mas Addison e Rex estranham o comportamento da Senhora Dilloway e começaram a formular ideias que serviriam até mesmo para o romance de Rex. Mas tudo começa a ficar mais estranho quando Addison encontra um catálogo de flores, com alguns códigos e e um livro que pertenceu a Flora.

    Sem saber, Addison começa uma verdadeira investigação e nem sequer imagina os segredos e revelações que a aguardam. Também não imagina que corre perigo e que descobrir o que aconteceu no passado é a única chance de mudar seu futuro.


    Encantador.

    Mais uma vez Sarah Jio nos presenteia com uma belíssima história que mescla o presente e passado de duas mulheres fortes, que enfrentam dificuldades, mas não desistem.

    A narrativa é intercalada sob o ponto de vista de Flora e Addison e proporciona ao leitor um ampla visão da história, viajando entre o passado e o presente, sem em momento algum confundir o leitor. Descritiva na medida certa, os capítulos vão ao poucos construindo duas histórias que se entrelaçam.

    As personagens receberam uma atenção toda especial. Nossas protagonistas Flora e Addison são mulheres fortes, mesmo diante de tantas adversidades. Sem falar nas personagens secundárias que receberam tanta importância que quase não conseguimos diferenciá-las.

    A ambientação também é muito bonita. O jardim da mansão é misterioso e muito vivo. Realmente Jio consegue transportar o leitor até lá e o amor pelas flores chega a ser inspirador.

    O desfecho foi bastante coerente e emocionante, até certo ponto. Esse é um dos livros com mais ação que já li e acho que a autora conseguiu inovar bem nesse sentido. Confesso que esperava algo completamente diferente, mas gostei muito da forma com a autora terminou. Todas as pontas amarradinhas, segredos revelados e mistérios solucionados.

    Realmente é uma ótima leitura para quem procura um romance repleto de mistérios, que alterna o presente com o passado, com personagens incríveis e um final surpreendente.

    A Última Camélia é uma leitura super recomendada.

    Gostaram?
    Ficaram curiosos para ler?
    Conheciam a obra?
    Comentem!

    Abraços e até mais.

    18 comentários :

    1. Olá Rízia,
      Eu sou apaixonada pela escrita dessa autora e estou bem curiosa acerca dessa nova história. Deve mesmo ser uma obra encantadora, e é bom saber que a narrativa é intercalada, já que facilita nossa compreensão. Os elementos desse título me atraem muito; amo um bom romance e seus mistérios!

      Beijos, Fer
      www.segredosemlivros.com

      ResponderExcluir
    2. Oi Rízia, tudo bem?
      Achei a premissa dessa história bem interessante e tenho bastante curiosidade de conhecer a escrita da Sarah Jio.
      Gostei de saber que as personagens foram bem construidas pela autora e que ambas são mulheres fortes, pois essa é uma qualidade que prezo muito em personagens femininas.
      Gosto de narrativas que intercalam presente e passado então fiquei bem interessada no livro.

      Beijos :*
      http://www.livrosesonhos.com/

      ResponderExcluir
    3. Ainda não li nada da autora, mas só ouço elogios para com seus livros. Esse aqui me conquistou pela capa e saber que o final foi diferente do que você imaginava e ainda assim, te deixou satisfeita, me deixou bem interessada no livro.
      Espero poder ler em breve.
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    4. Oi Rízia,
      até me interessei pelo mistério contido na história, mas confesso que essa ligação de duas personagens em épocas diferentes e essa interação entre passado e presente não me animaram muito, inclusive estou tentando ler um livro que possui esses elementos e não estou curtindo muito, não consigo avançar na leitura de jeito nenhum, por isso vou deixar essa dica passar, mesmo tendo ficado curiosa.

      Abçs
      Nosso Mundo Literário

      ResponderExcluir
    5. Olá Rízia,

      Um bom mistério sempre é uma boa pedida, não é mesmo?
      Eu nunca li nada da autora, mas pude sentir o quanto você gosta da escrita dela pela sua resenha. Eu amo livros que retratem dois tempos, onde o passado e o presente entram em sintonia. Pretendo ler o livro, pois a história despertou muito a minha curiosidade, mas estou atolada de leitura pelo ano quase todo rsrss mas dica anotada! Vou procurara outros livros da autora também. Um grande Beijo'

      http://www.nossomundoliterario.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Olá Rizia,

      Acredita que eu nem fazia ideia de que a Novo Conceito tinha lançado esse livro? Sarah é uma autora que tenho muito interesse em conhecer. E já gostei desse mesclar de passado e presente, me lembra os livros da Lucinda Riley e alguns da Jojo Moyes.
      Fiquei bem curiosa para saber qual é esse mistério que ronda a história e ligam a Addison e a Flora.
      E as capas tanto a nacional quanto as duas estrangeiras estão lindas, dá até vontade de ter todas na estante.

      Bjs
      Garotas de Papel

      ResponderExcluir
    7. Olá Rízia,
      Conheci a escrita da autora após ler O Bangalô e foi uma leitura bem agradável.
      Esse livro me lembrou os livros da Lucinda Riley, pois há essa narrativa alternada entre passado e presente e estou associando isso a autora. Achei a ideia do livro muito legal e fiquei contente por saber que ele conta com ação, pois acho muito bacana a autora se aventurar em outros estilos.
      Doca anotada
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    8. Olá!
      Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que ameeei a premissa!
      Parece ser um livro incrível! Gosto muito de personagens femininas fortes e a narrativa intercalada viajando entre passado e presente me chama muito a atenção. Fora o fato desse final amarradinho.
      Fico feliz de saber que livro é descritivo na medida certa, odeio descrições exageradas.
      Tô curiosa para saber mais dessa história.
      Dica anotada e ótima resenha!
      Beijos!

      ResponderExcluir
    9. Olá
      Eu ainda não li essa livro e nem tenho tanta vontade e de ler, não sou fã da Sarah pois não gosto do gênero dela rsrs. Mas achei (acima de tudo)a abordagem bem legal, eu no não curti essa capa, achei tão para baixo par a ser um ebook, pra mim a parte mais principal de um ebook é chamar a atenção pela capa. Achei bem legal a Novo Conceito está investindo tanto no mercado de Ebook, mas acho que muitas pessoas não estão curtindo, rsrs. Adorei suas considerações sobre a obra, até mais vê
      Bjks

      ResponderExcluir
    10. Não conheço a escrita da autora, mas parece ser tocante e inspiradora, gosto de livros que tratam do tema ''destino'', acho bem legal a possibilidade de conhecer a história relacionada dessas 2 mulheres, quero muito ler o livro e desvendar os mistérios e saber mais sobre a história de cada uma

      ResponderExcluir
    11. Oi, tudo bem?
      Nunca li nada dessa autora e confesso que não fiquei tao animada com esse livro. No entanto, eu achei a premissa curiosa e parece ser uma boa leitura, só que eu não costumo ler historias assim e não sou muito fã dessa coisa de misturar passado e presente de personagens diferentes, sabe? Enfim, eu gostei bastante da sua resenha, deu para saber muito sobre a historia e quem sabe um dia eu dê uma chance e seja conquistada também.

      Beijos :*

      ResponderExcluir
    12. Hi baby, tudo bem? já tinha ouvido falar desse livro mas ainda não tive a oportunidade de ler, achei a capa muito bonita e a sinopse é muito intrigante, sua resenha me deixou mais interessada ainda, adoro esse tipo de historia que mescla duas épocas diferentes, vou ler com certeza! <3

      Lilian Valentim
      http://speakcinema.blogspot.com.br/
      beijinhos

      ResponderExcluir
    13. Olá!!!
      Quando vi o lançamento desse livro e a sinopse me encantei na hora,e logo que se passa nas duas cidades que eu mais amo na vida *.*,tenho esse livro aqui já pra ser umas das minhas próximas leituras.
      Nunca li nada da autora e esse vai ser meu pontapé inicial,estou aqui me roendo de ansiedade pra saber qual o segredo que essa flor esconde ^^
      Adoro as caspas desse livro!

      http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/06/resenha-confissoes-de-uma-garota.html#comment-form

      ResponderExcluir
    14. Olá!

      Não conhecia esse livro, mas já ouvi falar coisas maravilhosas sobre os livros dessa autora. A estória me parece muito emocionante com essas mulheres fortes e a paixão por flores. E ao que parece a Camélia é o que irá "liga-las", já que ela era a chave para os problemas de Flora e no Jardim no futuro havia muitas Camélias. Gostaria bastante de ler o livro, principalmente para conhecer a escrita da Sarah Jhio.

      Beijinhos!
      Cantinho Cult

      ResponderExcluir
    15. Oi Rízia, tudo bem?
      Eu amo a escrita da autora e esse livro chamou muito minha atenção, eu curto muito essas premissas em que o passado e o presente se envolta e as personagens se ligam. Gostei muito dessa trama e tenho certeza que iria amar a leitura, ainda mais que sua resenha está muito bem feita e chamativa, meus parabéns!

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir
    16. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    17. Oi Rízia, tudo bem?

      Nossa, eu sempre me sinto uma mané quando leio tantos elogios de uma autora que nunca ouvi falar na vida. Que vergonha! Mas nunca é tarde, né?!
      Achei essa trama muito encantadora e quero muito pode conferir de perto a vida dessas duas mulheres e descobrir melhor como elas estão interligadas. Tenho certeza que irei gostar bastante.

      Obrigada pela dica.
      Ingrid Cristina
      Plataforma 9 3/4

      ResponderExcluir
    18. Oi Rízia, eu sempre tive vontade de conhecer a escrita da autora mas ainda não tive oportunidade. A idéia do livro, com duas mulheres ligadas pelo passado me lembrou lá longe A Última Carta de Amor, da Jojo Moyes. Você já leu? É lindo e tenho certeza que adoraria! Fiquei muito curiosa em relação a Ultima Camélia, parece ser meu tipo de romance favorito.
      Ótima resenha, beijos!

      ResponderExcluir