Resenha: Meu coração & outros buracos negros, de Jasmine Warga

MEU CORAÇÃO & OUTROS BURACOS NEGROS
Autora: Jasmine Warga
Editora: Rocco - Jovens Leitores
Páginas: 312
Skoob

Sinopse: Um tema amargo, mas necessário. Em Meu coração e outros buracos negros, a estreante Jasmine Warga apresenta aos leitores um romance adolescente que aborda, de forma aberta, honesta e emocionante, o suicídio. Aysel, a protagonista, enfrenta problemas com a família e os colegas de escola, como tantos jovens por aí, e, aos 16 anos, planeja acabar com a própria vida. Mas quando ela conhece Roman num site de suicídio, em busca de um cúmplice que a ajude a planejar a própria morte, num pacto desesperado, a vida dos dois literalmente vira de cabeça para baixo. Aos poucos, Aysel percebe que seu coração ainda é capaz de bater alegremente. E ela precisará lutar por sua vida, pela vida de Roman e pelo amor que os une, antes que seja tarde.
Olá Leitores!
Confesso: Quis ler esse livro por dois motivos: Primeiro pela capa e segundo pelo título.
Depois vi que tratava do suicídio e bati o martelo quanto a necessidade de ler o mais rápido possível.
Vamos conferir minhas impressões?


Meu coração & outros buracos negros, de Jasmine Warga, nos conta a história de Aysel, uma garota de 16 anos, que está passando por sérios problemas em vários aspectos de sua vida desde que seu pai foi condenado por um crime horrível.

Aysel se sentia triste e passava muito tempo imaginando como seria morrer. E trabalhando em uma empresa de telemarketing, entre uma ligação e outra, navegava num site chamado Passagens Tranquilas para ler histórias de planejamento de suicídios e buscar um parceiro para garantir que o plano de tirar sua vida vá até o fim. 

Através do site, Aysel conhece Roman, um garoto bonito, que aparentemente possui muitos amigos e já foi excelente jogador de basquete. Ela fica se perguntando porquê ele queria se matar, mas Roman não deu muitos detalhes só uma data: 7 de Abril. Ou seja, exatos 26 dias para eles cometerem suicídio.

Roman também precisa que Aysel consiga convencer sua mãe de que ambos são amigos, pois desde que uma tragédia abalou a vida do garoto, a preocupação e vigilância são constantes.

Começa uma verdadeira contagem regressiva. Aysel não vê a hora de se livrar de toda a tristeza que a consome, mas ao mesmo tempo sente que não pode partir enquanto não resolver algumas pendências. Roman sente que falta pouco para finalmente fazer justiça.

Mas os encontros constante de Aysel e Roman transformam o dia a dia deles e há um sentimento que os liga. 
Será que eles seguirão adiante e conseguirão por o plano do suicídio em prática?

"- Você é você. Você entende. E você é triste como eu e, por mais maluco que seja, isso é lindo".

Sensível e intenso.

Meu coração & outros buracos negros é um livro que trata de forma muito acessível a questão do suicídio e da depressão.

Infelizmente, o suicídio ainda é um tabu e quase não existem oportunidades de falar abertamente sobre esses pensamentos e atitudes e por isso é tão importante existirem livros, voltados principalmente para os jovens, mas acessíveis a todos, que exponham e esclareçam que existe solução e tratamento para tristeza e depressão.

Aysel e Roman são personagens que possuem um humor ácido, decorrente da tristeza que os acompanham, mas o mais interessante é que isso torna a narrativa ainda melhor. Está longe de ser enfadonha, muito pelo contrário, torna-se inteligente e interessante.

Os capítulos são narrados em contagem regressiva para o dia marcado para o suicídio. Datas marcam o dia a dia narrado por Aysel e a leitura é fluida e cativante.

O desfecho é o que mais chama atenção no livro. Apesar da autora dar indícios que como a história chegaria ao fim, gostei muito da sensibilidade e da proposta. Com certeza agradará a todos.

O livro conta com uma mensagem muito bonita de Jasmine Warga nos contando a motivação para escrever o livro e a importância de ajudar pessoas que estão passando por momentos de depressão. A propósito, no Brasil existe um Serviço de Apoio a Vida que é o CVV - Centro de Valorização à Vida onde você pode obter ajuda sempre que precisar.

Espero que muitos de vocês tenham oportunidade de ler esse livro tão especial.
Super Recomendo!

Gostaram?
Conheciam o livro?
Curtem o tema?
Comentem!

Abraços e até mais.


18 comentários

  1. Não conhecia o livro nem a autora, uma pena, pois parece ser uma obra muito boa apesar de não ser um livro que eu pretenda ler atualmente.
    Muito bacana a ideia e o enredo do livro, tão ousado e pelo que enetndi da resenha de uma forma sensível e real.

    Beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu realmente preciso ler esse livro. E não sei como não o conhecia antes, mesmo porque é uma temática que chama muito a minha atenção. Acredito que o desfecho deve ser bem curioso mesmo, assim como os personagens centrais. Deve nesmo ser uma obra muito especial ♡
    Beijos,Fer

    ResponderExcluir
  3. Oi Rizia, uma coisa que me chamou a atenção na sua resenha, foi você falar que os personagens tem um humor ácido e que isso pode estar ligado a tristeza deles. Não li o livro, mas concordo com sua conclusão.
    Fiquei mega interessada e espero poder ler em breve!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Rízia,
    Esse livro parece ter uma mensagem incrível.
    Adorei a premissa do livro, pois adoro essa temática de Suicídio.
    Como você disse, o suicídio é um tabu e, apesar de achar muito errado, é um tema que me fascina.
    Já anotei a dica e espero ler em breve.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Nossa! eu não conhecia o livro mas o tema dele é muito importante mesmo e precisa ser melhor discutido e alertado. Olhando a capa eu não fazia ideia de que encontraria uma história como essa e fiquei interessada em realizar essa leitura.

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi falar desse livro e o título sempre me chamou atenção!
    Não sabia que era sobre depressão, achei que era literalmente sobre buracos negros, haha.
    Mas sabendo do que se trata de verdade só aumentou minha curiosidade, adoro livros que abordam problemas psicológicos, acho muito importante falar sobre esses assuntos.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  7. Gosto de leituras mais pesadas do tipo, porque realmente suicídio é um tabu, e acho que precisamos ter mais acesso. Quero muito conhecer essa obra, pois achei a premissa bastante envolvente.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rizia
    Eu costumo gostar também de livros que abordem o suicídio, e concordo com você que para toda tristeza e momentos ruins há solução, e acho que todos os jovens deviam ler certos livros nesse estilo.
    Gostei de saber que o livro tem uma mensagem bonita, e um dia gostaria de ler.
    Adorei a dica.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi Rízia,
    Bem, eu tive depressão dos 16 aos 20. Hoje não me sinto mais daquela forma, mas ainda assim as vezes é complicado. Eu gosto muito de livros que abordam o suicidio e a depressão como elas são. Vazias e ao mesmo tempo desesperadoras. Tem gente que romantiza a depressão e acho isso inadequado, pois é uma doença gravíssima. Não há nada de legar em ser depressivo. Mas fico extremamente feliz quando vejo livros que tratam um assutno com atenção, conhecimento e sensibilidade. Esse livro me parece ensinar, instruir e fazer com que o leitor tenha empatia. Fiquei bem curiosa mesmo a respeito dele e vou lê-lo. Parabéns pela resenha!

    beijo!

    ResponderExcluir
  11. Olá!! :)

    Fiquei muito curioso com este livro, ate porque nunca tinha ouvido falar e elogiaste-o bastante! :)

    Acho que me fara bem sair da minha zona de conforto literaria, e nao se distancia assim tanto do meu normal.. :) E gostei do tema abordado, da ajuda em relacao a quem tem depressao,... E toda a sensibilidade da qual falaste!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  12. Adorei descobrir a existência desse livro, e justamente por meio de uma resenha tão sensível. Parabéns por ter se interessado pela obra. Eu adorei a proposta. Estou escrevendo um conto sobre um suicida e estava receosa se deveria ou não postá-lo na Amazon. Agora, vendo quão importante é problematizar o tema, acho que devo tentar fazê-lo. Gostei do enredo e, principalmente, da possível proposta de recomeço que a autora traz. Quero ler!

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  13. Rizia lindona não conhecia o livro e adorei a capa, premissa com esse tema forte que muitas vezes assusta o leitor, estou curiosa para acompanhar os protagonistas e o desfecho que como você comentou deve agradar a todos, a depressão é um assunto muito série que se não observada leva realmente ao suicídio tema de suma importância a ser abordado. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Concordo com você em relação a dificuldade que as pessoas tem de falar sobre este assunto e mais do que isto de verificar que a depressão ocorre. Sou suicida e para conseguir perceber o que acontecia e conseguir o tratamento foi longe e mesmo assim vou ser suicida pelo resto da vida. Por isto acho que livros o quanto mais simples e com histórias diretas são melhores.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, Rizia.

    Confesso que eu nunca li nenhum livro tratando sobre suicídio. Digo, nunca me interessei por ler livros desse tipo. Mas gostei bastante da premissa da trama e o modo como você expressou sua opinião sobre a história me deu muita vontade de ler a obra. Fico feliz que você tenha gostado do livro. No momento não estou na vibe de livros sensíveis, mas quem sabe em breve?

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  16. Realmente é um tabu ainda bem que existe livros como esse para ajudar outras pessoas, mais a única coisa que se passa na minha cabeça nesse momento é eles se mataram, o quote me deixou de emocionada.

    ResponderExcluir
  17. Oi Rízia, eu não conhecia o livro ainda e fiquei bem curiosa com ele. Eu particularmente adoro esses livros sensíveis e que mexem com o leitor, e pelo que pude perceber da sua resenha esse é exatamente assim. Estou bem curiosa para conhecer mais dessa história chocante.

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-pode-beijar-noiva.html

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Pela capa e título nunca imaginaria que o livro tratasse de um tema tão importante, e principalmente de forma tão clara e real.
    Fiquei bem curiosa com a história, principalmente pelo fato de ter um site de suícídio onde ela pede ajuda a outra pessoa para comenter o crime, já vi uma história real aqui na minha cidade com isso, então com certeza me chamou bastante atenção quando li sua resenha.
    Vou procurar o livro e com certeza quero ler apartir de hoje

    ResponderExcluir