Resenha: A Era de Ouro do Pornô, de Zeka Sixx

A ERA DE OURO DO PORNÔ
Autor: Zeka Sixx
Editora: Multifoco
Páginas: 160
Skoob

Sinopse: Max tem vinte e nove anos e mora sozinho em um apartamento em Porto Alegre. Faz bicos como tradutor e sonha em ser escritor, enquanto passa os dias bebendo, esperando o fim de um bloqueio criativo que o aflige há três anos. Você já leu essa história milhares de vezes, certo? Não exatamente. "A Era de Ouro do Pornô", primeiro romance de Zeka Sixx, autor do livro de contos "O Caminho dos Excessos" (Edição do Autor, 2015), parte de uma premissa aparentemente batida para se revelar uma fábula maldita, encharcada em álcool, sexo, cultura pop e niilismo. Mais do que Max, o anti-herói central, é a cidade de Porto Alegre, com seus habitantes - do sexo feminino, em especial -, o verdadeiro personagem do romance. O enredo se desdobra como uma montanha-russa, indo do sonho ao pesadelo num virar de página. "A Era de Ouro do Pornô" é uma sátira a uma geração que colocou sobre seus próprios ombros a necessidade de ser criativamente relevante.

Olá Leitores
Trago para vocês um livro diferente, com um personagem bonitinho, mas ordinário.
Vamos conhecer mais detalhes de A Era de Ouro do Pornô?



Max é um cara de 29 anos que trabalha como tradutor, mas na verdade sonha em escrever seu próprio livro. O problema é que um bloqueio criativo o persegue há um bom tempo.

Atualmente ele mora em Porto Alegre a adora frequentar a noite da cidade com um objetivo em mente: Procurar alguma parceira para uma noite de sexo. Sem envolvimentos e sem neuras, apenas para curtir o momento.

Max também está sempre em busca de eventos que garantam uma boca livre: Comidas e bebidas que possam mantê-lo em pé, mas que a sua situação financeira não é das melhores. De quebra, procura sempre observar as mulheres do local.

Ao longo da narrativa, acompanhamos as diversas mulheres que surgem na vida do nosso protagonista: Uma vizinha coroa e gulosa, uma garota da balada desinibida, uma escritora de romance erótico famoso e até mesmo uma mulher do passado,  tendo como plano de fundo a agitada cidade de Porto Alegre para embalar a trama.

Assim, embarcamos em uma aventura com Max em busca da Era de ouro do pornô.



Quando recebi o convite para resenhar o livro, confesso que aceitei de cara ao ler a sinopse, pois me pareceu um livro bem comum, mas o desafio era justamente perceber que não era igual aos demais livros que possuem o "pornô" como temas centrais

E me surpreendi, pois apesar do livro ter uma linguagem bastante crua, está longe de ser vulgar. Zeka Sixx soube imprimir na obra as características, pensamentos e atitudes de um cara que está vivendo um dia de cada vez e aproveitando para satisfazes seus desejos, entre eles o sexual. Aliás Max é um desses personagens que ou você ama ou você odeia. 

Cheio de altos e baixos, é interessante acompanhar o dia a dia de Max. Realmente o leitor não tem noção do que acontecerá nas próximas páginas e isso torna a leitura bastante atrativa.

O desfecho foi algo bem inesperado para mim. Gostei da forma como a história terminou e confesso que fiquei com gostinho de quero mais.

Aos mais conservadores, essa obra talvez não agrade. Mas para quem tem uma mente aberta e curte uma história interessante, cômica, levemente ácida e muito aberta, A Era de Ouro do Pornô é uma excelente opção de leitura.

Agradeço o autor pelo convite <3

Sobre o autor:
Zeka Sixx é gaúcho, tem trinta e três anos e mora em Porto Alegre/RS. É advogado, formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, DJ nas horas vagas e estreou na literatura em 2015, com o livro de contos "O Caminho dos Excessos"(www.zekasixx.wix.com/ocaminhodosexcessos). "A Era de Ouro do Pornô" (2016, Editora Multifoco) é sua estreia na narrativa longa.



Conheciam o livro?
Ficaram curiosos para conhecer mais detalhes de Max?
Comentem!

Abraços e até mais.

26 comentários

  1. Oi Rízia, bom a capa é bem ousada certo?! Confesso que não chamaria minha atenção por causa disso. Mas a sinopse e a sua resenha apresentaram um cenário diferente ao que eu imaginei, especialmente por conta do personagem central. Então, eu acho que leria sim.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Rízia!
    Nunca tinha ouvido falar neste livro, e confesso que pela sinopse, título e capa, ele nunca chamaria minha atenção. Mas gostei de ler a sua resenha e ver que não é nada do que eu pensava! Apesar de não gostar dessa objetificação da mulher, fiquei curiosa sobre a leitura.

    Um beijo,
    http://winterbird.com.br

    ResponderExcluir
  3. Sou um pouco (muito) preconceituosa com esse tipo de capa e num primeiro momento, não gostei dessa. O enredo me pareceu original e fiquei curiosa com o desfecho que você falou que é interessante. Vou anotar a dica e ler mais pra frente.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Rízia,
    Olha, eu gosto bastante desse gênero e estou sempre lendo algum (inclusive, li um essa semana e já estou lendo outro) só que esse não me interessou. Começando pela capa e pelo título, achei muito vulgar e apelativo. Você falou que a linguagem, apesar de crua não é vulgar, mas não tive uma boa impressão da obra logo de cara. Talvez, eu tenha que ler para tirar a má impressão (ou não rs) mas sinceramente, não me senti atraída para essa leitura. Mas é bom saber que você gostou e isso me deixa intrigada, ainda mais depois de saber suas opiniões sobre o livro.

    ResponderExcluir
  5. Oi Rizia!
    Não conhecia nem o autor nem o livro, mas a temática em si não me chamou atenção. Não gosto de livros mais hots, então, mesmo com tantos pontos positivos, e você tendo dito que não é vulgar. Na verdade, não é nenhum preconceito. É só que eu realmente nunca li nada do gênero e prefiro no momento não me aventurar. Quem sabe um dia. Prefiro uma boa fantasia por hora.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rízia! Tudo bem?
    Sinceramente, o livro não me chamou muito a atenção, pois não é um gênero que eu goste. Além disso, o título me passou a impressão de que talvez fosse um livro biográfico de alguém contando sobre como era a pornografia antigamente ou alguma coisa do tipo. Se fosse uma biografia, talvez eu me interessasse mais, pois gosto de histórias reais, mas ficção erótica realmente não me atrai. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  7. Oi Rízia!
    Então, não leio livros do gênero e esse não fez com que eu mudasse de ideia.
    O enredo parece bem original, mas mesmo assim não me interesso, e acho que só olhando para a capa já não leria.

    ResponderExcluir
  8. Oi Rízia!
    A Capa é ousada, o titulo é intrigante e o autor escreve muito bem, mesmo que eu não tenha lido ainda esse livro eu li "O Caminho dos Excessos" e amei, o proposta desse livro parece interessante e intrigante e se como você disse "Max é um desses personagens que ou você ama ou você odeia" eu tenho a leve impressão que eu vou ser uma das que vai amar o personagem kk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Shelly, que legal saber que gostaste do "Caminho dos Excessos"! Com certeza sem ele não haveria "A Era de Ouro do Pornô", por diversas razões! Acho que tens tudo pra gostar do novo livro então, na minha modesta opinião ficou bem melhor! Abraço!

      Excluir
  9. OIe!
    A capa escolhida é bem ousada, achei bem interessante. Mas não será um livro que vou ler no momento. Vou deixar para outra oportunidade. Apenas não consegui me interessar no momento pela trama, mas como sempre mudo a minha opinão, vou anotar para ler mais para frente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oi, Rízia, obrigado pela resenha, fico muito feliz que gostaste e, mais do que isso, compreendeste o ESPÍRITO do livro! Agradeço demais a parceria! Gostaria de avisar também que vou fazer um lançamento de "A Era de Ouro do Pornô" na Bienal do Livro de SP, no dia 03/09, às 16h, no estande da Editora Multifoco. Estão todos mais do que convidados, quem sabe tomamos um chopp depois, hehehe! Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Olá Rízia,
    Esse tipo de leitura não me agrada muito, mas não posso negar que ele possui uma premissa bem interessante. Sinto que Max é o típico personagem que despertará o amor e o ódio nos leitores.
    Anotei essa dica para, quem sabe um dia, eu venha a ler. Preciso quebrar esses meus gostos e fugir da minha zona de conforto.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Só pela capa e pela sinopse eu já decidiria não ler... essa coisa de fábula maldita encharcada em álcool e sexo definitivamente não é para mim. Mesmo que você tenha dito que o livro está longe de ser julgar, só de ter essa linguagem crua não chama a minha atenção. Mas curti o fato da história ser cheia de altos e baixos, e isso a tornar imprevisível; e achei bem legal o final ter te surpreendido.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  13. Achei a premissa um pouco maluca, hahaha, e se fosse pelo título eu definitivamente não leria. Mas gostei bastante da tua resenha e até me senti atraída pela leitura, então não descarto a possibilidade de vir a realizá-la um dia. Seu post ficou ótimo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Rizia,
    a sinopse da mesmo a impressão de o livro trás algo completamente singular, sinceramente não sei se leria a história, mesmo com todas as suas considerações favoráveis não consegui me sentir atraída pela história e por fim, não gostei nadinha da capa (quando a capa me agrada as vezes arrisco a leitura), enfim, fico contente que tenha curtido a historia, irei passar a dica, por hora.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  15. Oi, Rizia
    Eu gosto do gênero, mas esse livro não me chamou tanta atenção. Não acredito que seja algo pesado, mas realmente para ler esses livros precisa-se ter a mente aberta.
    Gostei bastante da dica, mas quem sabe um dia me anime mais.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Não me considero muito conservadora, mas confesso que esse livro não me anima muito, porque não gostei da capa e a premissa em si não me deixou muito curiosa. No entanto, eu nunca li algo que aborda o "pornô", então seria uma leitura bem diferente e às vezes eu gosto de sair da zona de conforto, por isso vou marcar a dica, sem contar que você citou vários pontos positivos e nada melhor que uma história com um final inesperado, né?

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Oie Rizia!
    Não conhecia nem o livro nem o autor e pela sinopse devo concordar com a sua primeira opinião de que seria mais uma leitura comum ao gênero "hot"! Então ao ler a sua resenha confesso que fiquei bem curiosa com os tais altos e baixos do personagem que fazem que o leitor nem consiga prever a continuação da estória e que te fez ter uma ótima impressão do desfecho do livro!
    Parabéns pela parceria com o autor que pelo jeito escreveu um ótimo livro de estréia!

    bjinhos ;)

    Elaine M. Escovedo

    http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oieee Rizia!!!!

    Realmente, fiquei meio assim com a resenha de hoje, como você disse no começo, era um livro um pouco diferente do que você resenha no blog. E no final, eu posso dizer que realmente fiquei curiosa com esse livro.
    O enredo é bem interessante, e o que mais chamou atenção para mim, é o fato de ser um autor que escreve, porque acho que eles possuem um jeito peculiar de ver e escrever sobre sexo! Definitivamente na minha lista!

    =)

    ResponderExcluir
  19. Oie, confesso que sou um pouquinho conservadora as vezes e talvez isso me fizesse não gostar do livro, mas confesso que a trama de assar em porto alegre, adoro cenários que passam no rio grande do sul e um escritor com bloqueio criativo me chamam muita atenção e então talvez eu leria sim. Que bom que você gostou do livro.

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Uau, que capa e título calientes, não? Se eu topasse com esse livro em uma livraria juro que faria o contorno. hahaha
    Mas a sua resenha me convenceria a parar e ler a sinopse.
    E vamos combinar que pela foto que você pos do autor ele me parece bem bonito, hein. kkkk

    Eu não conhecia o livro e nem o autor e até achei a história interessante e tudo, mas no momento não seria um livro que eu traria pra casa. Estou numa fase de ler livros com assuntos sociais polêmicos e romances mamão com açúcar. hahaha
    Mas anotarei a dica.


    Parabéns pelo trabalho
    Abraço. Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  21. Oi Rízia, eu recebi esse livro do autor também e estou para ler ele em breve, fico feliz em ver que você gostou do livro. Olha, eu tenho a mente aberta e gosto de ler alguma coisa mais cômica assim de vez enquando, então acredito que irei adorar o livro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Confesso que ainda estou um pouco perdida sobre o que se trata o livro.
    Mas adoro um bom livro erótico, e essa capa é de chamar atenção ehn.
    Gostei muito de saber que o livro é até meio ácido, acho que isso torna a história bem mais interessante.
    Com certeza se um dia tiver a oportunidade lerei.

    ResponderExcluir
  23. Olá!!

    Ah me animei!
    Recebi o livro do autor esses dias e está na fila de leitura do mês!
    Achei a proposta do livro bem leve, cotidiana, por isso me interessei muito!!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  24. Oi *---*

    Já de cara te falo que não leria o livro. Não por preconceito com esse genero mas porque sempre cabo me irritando com tantas cenas de sexo e personagens femininas bitoladas que mal olham pro cara e já estão sedentas por sexo. Pue perceber que esse é diferente até mesmo pelo protagonista ser um homem mas mesmo assim ainda me irrito e tenho evitado.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Não conhecia o livro, e a capa e o título não chamaram a minha atenção. Acredito que só por elas, não daria uma chance ao livro.
    Sua resenha me fez ficar curiosa a respeito do Max, e ter a vontade de perceber onde estão os detalhes que fazem esse um livro diferente.
    Fico intrigada quando os personagens são do tipo ame ou odeie, acho que isso dá um toque a mais para a história....
    Espero ter a oportunidade de ler :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir