• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: O Bangalô, de Sarah Jio

    O BANGALÔ
    Autor: Sarah Jio
    Editora: Novo Conceito
    Páginas: 320



    Sinopse: Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos.No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora. 
    Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso.
    O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história.
    A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você







    O Bangalô nos conta a história de Anne Calloway. Logo nos primeiros capítulo ela se apresenta como uma senhora já de certa idade, conversando com a sua neta. Ela lhe contava como vivenciou os dias de guerra, em 1942, na ilha de Bora Bora, por conta de uma mensagem que recebeu acerca da sua experiência naquela época.

    Estamos em 1942...

    Somos então reportados para o passado de Anne. Ela é uma jovem linda, enfermeira recém-formada e noiva de dos moços mais cobiçados da sociedade. Como se não bastasse tudo isso, nossa protagonista possui a melhor amiga que alguém poderia querer: Kitty.

    Apesar do eminente casamento perfeito e uma vida feliz, Anne sentia que algo estava incompleto. Precisava sentir que tudo fazia sentido.
    A descoberta se deu exatamente no dia da festa de noivado, quando sua melhor amiga comunicou que estava partindo para ajudar na guerra. Mas precisamente na Corporação das Enfermeiras do Exército. Ela não deixaria Kitty partir sozinha.
    Era exatamente isso que faltava na vida de Anne. Servir e Trabalhar.

    Contrariando a família e deixando seu noivo esperando, Anne parte com Kitty para a ilha, sem imaginar o que estava esperando por ela. Como estariam vivendo pessoas em meio a guerra? Ela realmente encontraria o que tanto procura.


    O cenário é incrível. Areias brancas e um mar azul. Mas também há pessoas doentes e muito trabalho pela frente. Logo ao chegar, Anne e Kitty começam a viver juntas essa experiência. Kitty sempre de namoricos, enquanto Anne reservada e comprometida.

    Até que ela conhece um jovem soldado: Westry. Diferente dos demais, ela se aproxima dele em uma visita a praia e o jovem apresenta a Anne um lugar mágico: Um Bangalô.

    Escondido e com uma vista perfeita, aquela casinha passa a ser o refúgio dos dois. Era a casa de um artista que não se sabia ao certo quem.
    Acontece que o lugar possui uma fama ruim: Todos que entram naquele bangalô sofrerão com o coração partido.

    Agora, há tempos na ilha, longe da sua família e de seu noivo, com outras experiências.
    Como seria a vida de Anne?
    Quais seriam suas escolhas e seu destino?
    Será que ela e Kitty sairiam transformada?









    Adoro os livros da Sarah Jio. Ela é mestre em misturar passado e presente de forma harmônica e arrebatadora.

    Em O Bangalô, vemos a transformação de uma mulher pela guerra, pelo amor e pela amizade. Todas as personagens vivenciam experiências únicas e sentimos com elas o crescimento pessoal.

    A guerra não é muito trabalhada neste romance. Serve mais como um plano de fundo tenso para embalar a narrativa. Acredito que o ponto alto seja a amizade e a lealdade. As relações entre Anne e Kitty são profundas e ao mesmo tempo questionáveis.

    O romance é algo latente na obra, mas de forma mais madura. Mas não menos emocionante e profundo.

    O final é perfeito. Pelo desenrolar dos fatos, jamais imaginei que teríamos um desfecho tão encantador.  

    O Bangalô certamente é uma leitura inesquecível.

    Conheciam o livro?
    Ficaram curiosos?
    Já leram?
    Comentem!

    28 comentários :

    1. Estou com esse livro da Sarah aqui em casa para ler, e estou bem curiosa para conhecer a escrita da autora. Sobre O Bangalô, só estou ouvindo ótimas opiniões sobre é espero gostar também da história.
      Bjim!

      Tammy

      ResponderExcluir
    2. Tenho o livro e depois da resenha que fez fiquei com mais vontade de ler !
      Bjs
      http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Oi Rizia, quem leu o livro foi a Raíssa lá no blog e ela adorou. Livros que envolvem a segunda guerra sempre chamam a atenção de todas por lá! A Sarah sempre nos surpreende.

      Beijos,
      Joi Cardoso
      Estante Diagonal

      ResponderExcluir
    4. OIeee
      Ain, esse livro é lindo, tudo de bom, perfeito!!! mas isso tudo eu digo, sem jamais ter lido a obra, só com base nos comentários que eu vejo e de alguns spoilers que umas amigas me passaram rsrsrs amei a tua resenha, ficou super esclarecida e bem escrita Beijos

      ResponderExcluir
    5. Olha tenho visto bons comentários sobre esse livro
      Nunca li nada da autora e quero muito conhecer viu?
      Espero poder gostar bastante da leitura, porque com certeza irei amar.
      Eu não sou muito fan desses livros que se passam na época de guerra, sei lá, eu acho muito triste, mas eu sei que tem livros que valem a pena porque não aborda só isso como tema, mas todo um romance ou drama e tudo mais. Isso que importa pra mim. Espero ler assim que tiver alguma oportunidade =]

      http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-lexus-o-despertar-da-escuridao.html

      ResponderExcluir
    6. Ainda não li nada da autora, mas já ouvi muito elogios para este livro e para outros de sua autoria. A ´remissa deste livro me interessou em função do desenvolvimento da vida dos personagens em um tempo longo, o que nos faz ficar muito próximos deles, sem falar q a abordagem da guerra, sempre me atrai. Quero conferir o mais rápido possível!!!
      Meu Amor Pelos Livros
      Beijos

      ResponderExcluir
    7. Olá,
      estou lendo várias resenhas positivas desse livro, depois da sua resenha fiquei com mais vontade.
      Coragem da Anne, largar tudo e partir para o desconhecido. Não gosto muito de livros que se passam em guerras, fico deprimida... mas vc disse que só serviu de pano de fundo!!! Vou comprar logo e começar a minha leitura
      Beijos
      www.conchegodasletras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    8. Oie!
      Eu já vi vários comentários positivos a respeito essa obra, sobre pessoas que leram e se apaixonaram pela história. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa para conhecer a escrita da autora. Eu adoro livros que se passam em um cenário de fatos históricos - mesmo sendo um assunto triste.. E também acho super fofos esses livros que falam sobre amizades, pois elas sempre nos acompanham. Fiquei ansiosa para saber o que acontece com o casório 'o' Hahah

      Beijos,
      Fernanda F. Goulart,
      Império Imaginário.

      ResponderExcluir
    9. Oi, eu tive o prazer de fazer essa leitura alguns dias atrás e amei tantoooo
      Foi lindo *-*
      Realmente o cenário é tão bem descrito que quase nos transporta pra lá, a escrita da Sarah é deliciosa.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    10. Oiee ^^
      Aah, esse livro ♥ Ainda não o li, mas saber que todo mundo está gostando já me fez gostar dele. Adoro histórias que se passam durante período de guerras, e adoro romances, então a mistura dos dois, para mim, é a melhor coisa! Estou doida para conhecer esse final encantador ♥
      MilkMilks
      http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/divulgacoes-da-semana.html

      ResponderExcluir
    11. Oie Rizia!
      Como disse, esse livro é perfeito! Daqueles que não consegue parar a leitura até chegar a última página. Eu sou apaixonada pela narrativa da Sarah, e gostei dos três livros publicados aqui no Brasil. É um livro que estou indicando para todos que gostam de tramas envolventes e emocionantes.
      Bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      ResponderExcluir
    12. Tenho esse livro aqui, e sempre vejo ótimos comentários sobre ele, mas de todos a sua resenha foi a mais me chamou a atenção com a riqueza em detalhes, adorei aí da mais sabendo que o final não deixa a desejar.
      Bjus

      ResponderExcluir
    13. O interessante desse livro é que não deixa de ser um romance de época, sabe? E eu gosto muito de fatos históricos relacionados aos períodos das Grandes Guerras. Tanto que até passaria a parte melada do romance com prazer... rs
      Também gosto de autores que conseguem conectar tempos diferentes de narrativa sem perder o embalo.
      Ótimo texto!
      Até + ver! Nu.
      As 1001 Nuccias | Curtiu?

      ResponderExcluir
    14. Oi
      Eu vi varias resenhas bem legais sobre o livro, e fiquei bem animado para ler, nunca li nenhum romance nesse estilo, mas a sinopse desse daí é bem legal, e tem uma capa (e titulo) muito fofa! Outra coisa que eu gostei muito foi o marcador que veio para os parceiros, rsrs! é muita fofura
      Bjks

      ResponderExcluir
    15. Oiii!

      Eu estou cada dia mais curiosa para ler essa obra gente!
      Parece ser ótima e bem escrita, as paisagens devem ser super bem descritas e eu curti sobre ter a guerra como plano de fundo.
      Resumindo, estou mega ansiosa para ter essa obra!

      Beijinhos

      ResponderExcluir
    16. Oi, Rizia!
      Todos falam muito bem dessa autora e as obras dela de fato parecem muito boas. Gostei particularmente dessa premissa, bem interessante.

      Beijo

      ResponderExcluir
    17. Eu sempre fico curiosa quando a autora é Sarah jio; )
      Ela me encantou em um outro livro é agora eu quero ler tudo que ela escreve. Além disso, o livro também me chamou muito a atenção por conta da guerra que apesar de ,como você disse, não ser tão bem explorada, se fazer presente na trama. Quero muito conhecer esse livro. Parabéns pela resenha!

      Booksimaginary.blogspot.com

      ResponderExcluir
    18. Nunca li nada da autora, mas acho interessantes seus "jogos" de presente e passado, por mais que no caso eu acabe imaginando que o passado da história seja meio idealizado pela protagonista. Mesmo não gostando muito de livros que se passem na guerra, fico curiosa em relação a obra por ter muito companheirismo/amizade e um belo romance.

      http://deiumjeito.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    19. Li Neve na Primavera da sarah Jio ano passado e eu me encantei pela forma que conta suas histórias, misturando passado e presente. Estou louca para ler O Bangalo.

      Beijinhos

      http://viajandoentrecitacoes.blogspot.com.br//

      ResponderExcluir
    20. Oi!
      Não conhecia a premissa desse livro, apesar de já ter ouvido sobre esse título antes. Não sou muito chegada em romances históricos, mas esse de fato, pela sua resenha, me deixou interessada, mesmo parecendo ser meio sessão da tarde, rs. Caso tenha oportunidade com certeza o lerei.
      Abraços,
      Andy - StarBooks

      ResponderExcluir
    21. Oi Rizia sua linda, tudo bem
      Eu recentemente li Neve na Primavera da mesma autora e amei!! Estou super ansiosa para ler O Bangalô e Violetas de Março. Concordo com você, eu gostei muito do estilo da autora de intercalar passado com presente, ela nos envolve de tal forma que é impossível largar o livro. Estou aqui triste, pois você disse que quem entra nessa bangalô fica com o coração partido. Será que eles dois ficarão juntos, preciso saber!!!! Sua resenha ficou ótima.
      beijinhos.
      cila.
      http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    22. Rizia lindona essa capa é linda e já em apaixonei por ela no lançamento, a história ser retratada na década de 40 me chama muito atenção adoro histórias nessa época, o caso de ambos a forma como começou me deixou encantada, estou bem curiosa com esse livro, já está em minha lista de leitura. beijos e ótima resenha destacando pontos importantes do livro.

      Joyce
      www.livrosencantos.com

      ResponderExcluir
    23. Verdade, concordo com você. Sarah Jio realmente é mestre em misturar passado e presente. Já li obras dela e me apaixonei por todas. Espero que quando eu for ler "O Bangalô" a historia e a escrita da autora continue a me encantar.

      Abraço!

      ResponderExcluir
    24. Oie Rizia,
      A premissa não me chama muita atenção, apesar de sua resenha destacar pontos positivos, ainda não sei se leio. Mais pra frente irei procurar para ler, talvez até lá eu tenha mais interesse..
      Beijos
      Cantinho da Bruna

      ResponderExcluir
    25. Leio tanta resenha positiva sobre esse livro que a minha curiosidade só aumenta. Adorei saber que a guerra é somente um pano de fundo para a história pois não gosto muito de histórias que se passam nesse período. Adorei sua resenha.

      Bjs, Glaucia.
      www.maisquelivros.com

      ResponderExcluir
    26. Olá!

      Não me interessei pela leitura justamente por esta parte da guerra, mas agora que você escreveu que é só um plano de fundo, quero dar uma chance ao livro, gostei bastante da estória e acredito que será uma estória emocionante.
      No começo da sua resenha, me veio a mente o filme Titanic, será que é na mesma pegada?

      Beijos,
      entreoculoselivros.blogspot.com

      ResponderExcluir
    27. Olá.
      Tudo bom?
      Esse livro é uma das minhas próximas leituras. Não sou fã quando autor mistura presente e passado, mas como a história parece ser bem interessante irei com mais ansiedade para saber como irá se desenvolver ezsa história de amor.
      Beijos

      ResponderExcluir
    28. Anônimo20:30

      Acabei de ler O Bangalô. Linda estória, um livro que emociona e envolve. Adorei!!!

      ResponderExcluir