Resenha: Nunca me esqueça

Cortesia da Editora/Autora

Nunca me esqueça

Autora: Lara Corrêa
Editora: Chiado
Páginas: 320
Sinopse: Júlia acorda radiante após sonhar com um passarinho ligado a boa sorte. Por mais que esperasse por coisas boas naquele dia, ela não poderia imaginar que toparia com Tadeu, um desconhecido tão lindo quanto um artista de Hollywood. Mas, se o passarinho prometia boa sorte, por que ela havia passado uma vergonha daquele tamanho na frente do Tadeu? Decidida a superar a má impressão que havia deixado no primeiro contato com o rapaz, Júlia não descansa até mostrar para ele como ela realmente é. Nesse percurso acaba nutrindo sentimentos por ele e ele, por ela! Mas, havia um problema: Tadeu morava em outra cidade e já estava de partida. Júlia precisa encarar suas dúvidas e incertezas para poder decidir se vale a pena nutrir tais sentimentos apesar da distância.
Nunca me Esqueça é um dos novos lançamentos da Editora Chiado e a autora Lara Corrêa entrou em contato comigo para resenhar pra vocês o seu primeiro romance. Quero agradecer pela cortesia e desejo que a autora tenha mais histórias para nós contar.


Júlia é a nossa personagem principal, ela é estudante de Educação Física e acaba de sonhar com o bendito do passarinho que dá boa sorte, pelo menos era o que sua avó dizia. Esse pássaro é a Lavadeira-de-Deus, que significa 'coisas boas estão por vir'. Júlia gruda esse 'mantra' na cabeça e na mesma semana acaba conhecendo Tadeu.

Lavadeira-de-Deus (retirado do Google)
Tadeu é um estudante de Administração, que acaba indo ao campus da Júlia por conta de um Congresso do seu curso. Ele e mais dois colegas fazem amizade com o grupo de amigas da Júlia mas não fica só na amizade, porque Tadeu tem interesse na Júlia e ela também tem nele, mas o único problema que paralisa a Júlia de se jogar nessa relação é a distância, Tadeu não mora em João Pessoa... Mas também não mora tão longe assim, numa cidade próxima e no máximo duas horas de viagem, mas isso já é o suficiente em desanimar Júlia.

Tadeu e os amigos vão ficar em João Pessoa por alguns dias e nisso ele aproveita o máximo de tempo para conhecer a Júlia, mas ela não se permite aproveitar tão bem assim porque sabe que ele vai embora. Mas vou confessar que não vi isso como "uaaaaau, grande problema na área" porque eles teriam o fim de semana para um visitar o outro, telefonemas, mensagens de texto, o que não falta é comunicação hoje em dia mas a raiz do problema era porque ela já presenciou uma relação à distância, seus pais, e a Júlia fica com um pé atrás sobre ter um relacionamento com Tadeu, poderia ter o mesmo resultado da relação dos seus pais: divórcio.

Mas ainda bem que a Júlia tem dona Silvia, sua mãe, que dá altos conselhos pra filha, tudo que eu imaginava falando pra Júlia a dona Silvia falava por mim, então tava otemo. A relação das duas durante a história foi simplesmente fofa e cheia de conselhos, eu adorei a mãe de Júlia! Mas quem disse que dona Silvia tem o coração partido por causa do pai da Júlia, o seu João? Não não, dona Silvia tem um namorado que se chama Augusto e é super gente boa com a Júlia, então é um romance com total benção da filha -q

E no grupo de amigas da Júlia a que mais se destaca é a Amanda, por estar presente em quase todos os momentos felizes e tristes da personagem, a Amanda é um pouco "solteira sim, sozinha nunca" e a amey. 

Tadeu e Júlia são um casal bem apaixonado, demais, muito mesmo. Eu particularmente não gosto muito de histórias em que o casal principal já bate o olho e se apaixonam loucamente, mas por mais que Tadeu e Julia sejam apaixonantes por completo não é num nível tão obsessivo, então ponto positivo pra eles.

Como comentei no comecinho da resenha, a história se passa em João Pessoa e adorei esse ambiente, porque a autora descreveu o cenário me permitindo imaginar por completo o cenário de João Pessoa mesmo que eu nunca tenha ido para a cidade, principalmente a alimentação com os pratos típicos e pontos históricos/turísticos, foi ótimo conhecer mais o nordeste nessa história.

Nunca me esqueça foi uma leitura tranquila do começo até depois da metade da história, mas quando apareceu outra personagem no enredo, deixou tudo de cabeça pra baixo meus sentimentos pela Júlia, porque a achei muito imatura, mas fora isso a leitura foi proveitosa. Nunca me esqueça foi um livro sobre amor, amor do casal principal, de família, amigas e até da profissão.

Nenhum comentário