Deixando o meu ponto final

Hoje não vou trazer pra vocês uma resenha ou dicaterapia, TAG ou novidades das Editoras parceiras do blog, hoje vou dizer a vocês um "até mais". Vai ser um texto de "tchau" com uma carga bem pessoal para que eu possa dar o devido "tchau" e agradecimento a vocês e a Rízia!

Entre no Livroterapias quando estava saindo do Ensino Médio e de lá pra cá o blog esteve presente na minha vida pessoal: o término de doze anos estudando com as mesmas pessoas e começando a estudar com outras pessoas e mais velhas, minha recaída pelo meu ex, eu conhecendo pessoalmente minha melhor amiga virtual, o falecimento da minha vó e mais um monte de coisa. Muita coisa aconteceu comigo durante esse tempo que estive no blog mas não só como "Nathália, a pessoa que tem uma vida fora do blog" mas também como a "Nathália blogueira", conheci mais da literatura nacional, meu gosto literário foi mudando, conheci autores pessoalmente e virtualmente (nacionais e internacionais, cof cof). Então o blog também me moldou durante esse tempo, não sou a mesma Nathália do começo.

Mas percebi que eu estava tomando muito tempo do blog pra mim como forma de escape quando a minha vó veio a falecer no ano passado. Minha vó foi a minha mãe, em grande parte da minha vida fui criada/cuidada por ela e a morte dela foi a minha primeira experiência com a morte de alguém que a gente ama tanto que chega a doer, mas eu não senti essa dor quando ela morreu e nem depois, porque eu tinha o blog, tinha meus livros e amigos pra falar a mim mesma "tá tudo bem!". Só que agora não quero isso, não quero fingir que tá tudo bem e me ocupar com responsabilidades do blog. Por mais que eu tenha aprendido com o Livroterapias as mais diversas coisas sobre mim, não aprendi ainda a separar o tempo do dia com o blog x trabalho x faculdade x laze x VIDA, e isso só vem piorando então achei melhor deixar o Livroterapias. E quando eu percebi isso perdi um pouco da vontade de resenhar, postar as coisas aqui, comentar nos blog's, então estava tudo "tranquilo" pra eu sair e agora consegui esse espaço para deixar a Rízia organizada com as Editoras e Autores parceiros, minha última resenha já foi publicada e essa é oficialmente minha última postagem aqui.

Quero agradecer a Rízia por ter me dado a oportunidade de participar do Livroterapias durante esse tempo. A gente não se conhece pessoalmente mas ela será uma pessoa que fará sempre parte da minha vida. As amizades que fiz graças ao blog também preciso agradecer, obrigada a vocês (vocês sabem que são vocês, não vou citar nome nenhum u-u) pelas conversas, pelas indicações de leituras, pelas fofocas literárias, pelos amigos que não eram blogueiros mas mesmo assim me apoiaram. E claro, a todxs xs leitorxs que fizeram com que o blog crescesse durante todo esse tempo <3

Um beijo a todxs e continuem acessando Livroterapias!



10 comentários

  1. Nathália que pena que você tenha que sair :( Vou sentir falta Blog Luanne Oliveira♥

    ResponderExcluir
  2. Geralmente sempre tentamos achar um escape para não sofrer com algo, e você achou o blog e os livros, mas percebeu que precisava de um tempo para si e não ficar sobrecarregada. É triste saber que você irá deixar o blog, mas ao mesmo tempo reconfortante porque foi uma decisão sua para ter uma vida melhor, mostrar que nem sempre tudo está bem. Thank you à você também. Que nessa nova caminhada, sem o blog, você possa ir além.

    ResponderExcluir
  3. Vamos sentir sua falta, mas tudo pela SUA felicidade.
    Só quero isso de você amor.
    Sinta-se abraçada e que tudo da sua vida dê certo. E que não saia da minha vida <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Você vai fazer falta nesse mundinho de blogosfera Nathiiiiii, mas se é pra sua vida, sua felicidade, você tem todo meu apoio, sabe disso! Bola pra frente e segue a vida <3 e se sumir de mim te mato <3

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nathália!

    Não sei o que dizer...
    Gostei tanto de lhe conhecer aqui no Livroterapias e seu modo de escrever e como me diverti em pouco tempo que nos conhecemos virtualmente.
    Mas amiga, você tem seu tempo e merece se cuidar, afinal passou por uma mega turbulência conforme você descreveu.
    Lhe desejo toda a sorte do mundo e espero que consiga se organizar, mas apareça e nos visite no Irmãos Livreiros também, pois saberei que sua presença mesmo distante alegra nossos corações!

    À Rizia, deixo um recado, amiga, quero muito continuar a ler seus posts e não nos deixe de visitar, hein?

    Beijokonas, Nathália! Você já está fazendo falta... :(

    Rizia: vamos que vamos! \o/
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  6. Nathalia eu te admiro demais você sabe, e fico triste pela sua saída, você tem uma alma linda, um coração enorme e é uma das pessoas mais divertidas que conheço! Espero que esse tempo que está tirando pra você também te dê coisas boas, novos aprendizados, novas amizades e muitas coisas boas. Você merece!
    Obrigada por tudo o que fez por mim, mas principalmente, por se doar tanto pelas pessoas, livros, autores, blog, etc.
    Conte comigo como amiga sempre que precisar! E da forma que precisar.
    Te amo!
    Mari Scotti

    ResponderExcluir
  7. Ahhhhh, Nath :'((( Que... ahhhhh.
    É meio difícil para eu te ver sair do Livroterapias, porque, sei lá, foi por aqui que eu te conheci e tudo o mais. Você sempre foi uma inspiração, um incentivo a mais quando eu não podia ir para um evento ou quando eu não queria fazer postagem alguma... tipo sempre. E muito mais coisas, Nath. Vou sentir falta das suas postagens no Livroterpias, mas, como dizem, o que é certo é certo. Às vezes a gente só precisa parar com tudo e sentir a vida como ela é. Ser blogueiro às vezes é um escape, eu sei disso, e os livros são um refúgio. A diferença é que você tem a desculpa de que precisa ler porque é de parceria, o que complica tudo. Eu sinto muito, muito mesmo pela sua avó, Nath. Eu sei como é alguém significar tanto assim e não gosto nem de imaginar um décimo da dor que é perder... Cada coisa tem seu tempo, e se você está certa de que é agora o seu "até mais", eu apoio você. Eu acredito no que é melhor para você, Nath. Obrigada por tudo! E, como a Mari disse, conte comigo como amiga sempre que precisar e da forma que preciar ❤
    Com muito amor,
    Karol.

    ResponderExcluir
  8. Nath, querida, minha filhinha adotiva virtual... foi aqui que conheci vc, seu jeito maravilhoso de se comunicar, essa originalidade que me cativou, essa inteligência que me encantou e que espertou em mim uma 'mãe virtual', hahaha, vc tem quase a idade do meu filho...
    Me diverti muito com vc, adoro seus comentários no face, então posso dizer que sentirei falta do seu olhar sobre as leituras. Mas entendo perfeitamente que este é o momento, quando vc acha que deve e precisa, para viver sua vida Nathalia Pessoa Física.
    Desejo-lhe muitos encontros especiais com pessoas inesquecíveis, amigos que a abracem na hora certa, que riam de suas maluquices, que chorem junto para diluir as dores da vida - que nos fazem crescer, inevitável... Que realize seus sonhos e que, para isso, tenha fé em si mesma, na Força Maior, e coragem para a luta.
    E como toda boa mãe, digo: que Deus a abençoe e proteja sempre!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Oi Nathália!

    Eu entendo realmente a forma como você se sente, principalmente em conciliar o blog com a faculdade e as outras milhões de coisas que eu tenho que fazer. Também penso em desistir, mas não tenho com quem deixar o blog. Mas enfim, espero que você cresça, resolva a sua vida, realize os seus sonhos... E quem sabe, algum dia, volte!

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá Nathália,

    É isso ai, tem que buscar o que é melhor para você, isso é o que importa, já fez a sua parte aqui e muito bem, felicidades....bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir