• Home
  • Dicaterapia
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Políticas
  • Contato
  • Resenha: Nas Alturas

    Cortesia da Editora

    Nas Alturas


    Autora: Camila Gatti
    Editora: Empíreo
    Páginas: 244

    Sinopse: Marina é uma bela aeromoça acostumada a conquistar corações por onde passa. Franceses, italianos, israelenses, todas as nacionalidades são vítimas dos seus encantos tipicamente cariocas. Consciente de suas habilidades, ela prefere não se apegar a ninguém e deixa suas marcas em todos os lugares do mundo. A cada nova experiência, Marina se realiza plenamente como mulher, livre para fazer apenas aquilo que seus desejos mandam. Porém, suas escolhas também têm desvantagens, e ela começa a pensar se tanta liberdade vai conseguir preencher os espaços dentro de seu coração. Inspirado em fatos reais.
    Nas Alturas foi o primeiro lançamento da Empíreo esse ano e que livro foi esse? Vou contar pra vocês... Fiquei até com dó (que durou bem pouco) dos personagens masculinos que fantasiavam coisas e mais coisas românticas com a Marina enquanto ela só queria um sexo bom e 'tchau'.


    Esse gif acima resume todo meu sentimento pela comissária Marina durante a leitura de Nas Alturas. Marina vive nas alturas (tum tum ds) por trabalhar como comissária de avião, ela é uma carioca que chama atenção por onde passa, principalmente em território gringo, então podem esperar uma Marina que se ela tá com vontade de paquerar... Ela paquera. Quer transar? Ela vai transar.
    "Tudo será possível sem julgamento, sem paradigmas ou falsos moralismos."
    Marina é uma mulher que não sabe/não quer viver UM único romance, ela é livre e vai continuar sendo (pelo menos em território estrangeiro). A cada capítulo de Nas Alturas vamos conhecendo os caras que vão ficar encantados com Marina e se iludindo no desejo de querer algo mais sério com Marina sendo que ela sempre (s e m p r e) deixa bem claro que ela era livre para vários amores... Tudo bem que ela tentava deixar isso claro pra mim também, como leitora, mas eu toda hora me via torcendo pra algum dos seus pares, me via fazendo a mesma coisa que os caras faziam, torciam pra ela escolher alguém fixo.
    "(...) que ela seria dele, mas seria de todos os outros também."
    Confesso que foi uma loucura acompanhar a história da Marina, cada capítulo vamos conhecendo os vários homens da nossa personagem, um de cada canto, inclusive um do Brasil e no meio dessa narrativa vamos conhecemos os países desses mocinhos que se atraem pela Marina. Mas também devo confessar que tive vontade durante a leitura de aplaudir Marina e outras eu tinha vontade de gritar "MIGA, APENAS PARE". Meu deuso, ela me deixava confusa sobre os sentimentos dela pelos caras, então tive um pouco de trabalho para entendê-la (e só fui entendê-la realmente da metade pro final lol demorou mas consegui).
    "(...) tenho minhas vontades, que são saciadas no momento que acontecem... O depois é depois, trazendo novas vontades."
    Nas Alturas foi um livro surpreendente pela questão de "vários amores", é um primeiro romance que leio dessa temática e de quebra é um livro baseado em fatos reais... Então, nossa, minha cara ficava toda hora no chão imaginando algumas cenas calientes (querendo que fosse eu a sortuda lol). Marina era simples ao mesmo tempo que era complicada, ou seja, uma mulher com características reais, pode ser eu futuramente ou você.

    Pra finalizar, o trabalho da Editora Empíreo na edição/revisão/capa ficou caprichado como sempre, eu particularmente adorei a capa (e fui fisgada realmente por ela e depois pela sinopse). Já a narrativa da Camila eu gostei também, foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e espero que ela venha fazer mais livros :3


    .

    17 comentários :

    1. Oi, Nathália =) Estou rindo aqui com os seus comentários sobre a Marina haha Ela parece ser uma personagem bem ousada, mesmo. Confesso que a sinopse não me atraiu, mas acho super importante a presença desse tipo de protagonista na literatura, já que ajudam a quebrar paradigmas e preconceitos. Quem sabe um dia dou uma chance à obra ;) Ah, a capa é realmente muito linda. Beijos!

      ResponderExcluir
    2. Gostei da premissa do livro. A história parece se bem bacana. E gostei bastante da capa.
      Bjs

      http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. kkkkkkk Achei engraçado como falou do livro. Não faz muito minha cara... sei lá. Não leria no momento.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      ResponderExcluir
    4. Nathália,

      Simplesmente amei sua resenha! :D :D (A-M-E-I)

      Seu senso de humor é muito especial! risos... Me diverti muito lendo seu post!! :D

      Posta sua resenha no Skoob/link do livro? :D

      http://www.skoob.com.br/livro/389667-nas-alturas-the-red-book

      Faço questão de postar (incluindo link direto para o seu blog) sua resenha no meu blog: toda vez que releio, me divirto muito! :D

      Você conseguiu resumir muito bem a 'vibe' do livro:apesar de ter escrito, confesso que eu também torcia por um amor fisgar a Marina de vez... riso.

      Super beijo, tudo de bom: desejo muito sucesso ao blog!

      Camila Gatti
      http://camilagattiofficial.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    5. Oii Nathalia!

      Parabéns pela resenha!
      Não tinha ouvido falar nesse livro, mas gostei bastante da capa e da sinopse então vou dar uma lida nele ;)

      Beijos, Kamila
      www.vicio-de-leitura.com

      ResponderExcluir
    6. Nossa! Fatos Reais??
      Então existe uma Marina Doida Cabeça Nas Nuvens por ai?!
      Me apresenta! Quero conhecer! hehehehe
      Adoro essas personagens doidinhas! Fazem a gente rir horrores! \o/

      Beijokas!

      ResponderExcluir
    7. Oii, tudo bem?
      Eu tenho visto muitas pessoas falando bem desse livro, porém nunca tinha lido uma resenha, e estou super curiosa a respeito da historia e da Marina, ela parece ser uma personagens bem engraçada e decidida.

      www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    8. Bem, pelo que entendi Marina é uma versão feminina de uma galinha, aushaus, e suuuper apoio, não é só os homens que podem aproveitar a vida e ter sexo bom com pessoas diferentes, achei a tematica do livro interessante e acho que quero entender a Marina :p
      www.muchdreamer.blogspot.com

      ResponderExcluir
    9. Ei, Nathália!
      O livro parece ser bem legal e pelo visto tem uma pitada de humor. Não sei se leria agora, mas quem sabe futuramente?
      Aliás, adorei a resenha <3

      Beiijos

      http://minhasecretapoesia.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    10. Estou louca para ler um livro da Editora Empíreo, estou com uma ótima impressão quanto a eles.
      Amei a capa e achei a história incomum, raro uma protagonista como a Marina o que me deixa curiosa pela história.
      Bjs, Beank

      ResponderExcluir
    11. Mas o -oq?! Menina, nem li o livro ainda e já me sinto incomodada, provocada e outras "adas" que me fazem desejar conhecer essa personagem! Confesso que ao ler a sinopse, achei que a história não tinha muito a oferecer… Mas agora percebo que a complexidade do contexto e dos comportamentos dos personagens foi bem trabalhada pela autora. Ufa, chega de livros superficiais! Foi para a minha lista. ;)

      Beijos!
      http://www.myqueenside.blogspot.com

      ResponderExcluir
    12. Oiee ^^
      Até que enfim um livro onde os homens são iludidos e a mulher usa e joga fora \0/ confesso que não aguento mais ver a imagem feminina sendo destruída com esses personagens "transa e tchau". Não conhecia esse livro, mas fiquei bastante curiosa para ler, principalmente depois de ver que você gostou bastante. Já anotei na listinha :)
      MilkMilks
      http://shakedepalavras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    13. Oi,rindo ate aqui.Marina e a subta piriguete ensandecida.O que me chamou a atencao no livro foi o fato da protagonista ser CMS, porque tambem era.Bom, nao sei se o lerei,mas confesso que fiquei um pouco curiosa para saber mais dessa doida,kkkkk.

      Bjs

      ResponderExcluir
    14. Oi, Nathália! Tudo bem?

      Que resenha legal!
      Já tinha visto a capa (apenas a capa!!!), mas pela resenha que você fez deve ser um bom livro!
      Quem sabe, talvez eu ainda o leia. :)

      Visite-nos:
      Irmãos Livreiros

      Beijokas! :)

      ResponderExcluir
    15. Ooi,
      Essa Marina parece ser muito ótima! Hahaha Realmente esse é um tema que eu nunca Vi ser abordado mas vou atrás do titulo porque fiquei curiosa.
      Vivi
      Corujas de Biblioteca

      ResponderExcluir
    16. Não sei bem minha opinião sobre o livro. Hã algum tempo li um bem parecido Chamado As travessuras da Menina má. Ela também sentia e era livre para fazer suas escolas. A diferença é que com ela a coisa foi um pouco mais complicada.

      Tenho dado chances para livros diferentes dos gêneros que costumo ler, mas este não é um que eu leria imediatamente. Pelo menos não agora!

      Mas tenho que dizer que sua resenha está sensacional. A forma com você escolheu para apresentá-la cativa o leitor até o fim!

      Abraços!
      Pensamentos Valem Ouro

      ResponderExcluir
    17. Oi Nathália, sua linda, tudo bem?
      É estranho para uma romântica de plantão como eu, encontrar uma mulher que não quer romance, quando tem vários homens aos seus pés querendo. E ao mesmo tempo, adorei que a autora criou um personagem feminino que age como os homens geralmente agem, não quer compromisso, só quer curtir a vida. Sua resenha ficou divertida também, gostei muito e não vejo a hora de ter a oportunidade de ler o livro.
      beijinhos.
      cila.
      http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir