Resenha: Desejo - Até onde ele pode te levar? - Mônica de Castro

DESEJO 
Autora: Mônica de Castro (Espíritos de Daniela e Leonel)
Editora: Vida e Consciência
Páginas:232
Sinopse: O que move o desejo? A paixão, a coragem, a força? A obsessão de uma mulher, que desafiou o seu próprio destino para viver um amor proibido. Uma história arrebatadora, que vai desafiar tabus e expor um amor atormentado, originado em vidas passadas.










Olá Leitores

Trago para vocês  resenha fruto de uma experiência nova.
Esse livro eu comprei de presente para a minha mãe que adora a escritora Mônica de Castro
Claro que, como Bookaholic que sou, não resisti e comecei a ler, sem muitas pretensões. Me surpreendi e não consegui largar até terminar.
Nunca havia lido um romance espírita, então  não sabia exatamente o que ia encontrar.
Sem mais rodeios, vamos à história.

ATT: Essa resenha contém spoilers do livro.

O livro retrata a história dos irmão gêmeos Daniel e Daniela. Eles moram com os pais em uma cidade do interior. O relacionamento deles, especialmente com o pai, sempre fora muito difícil. E a cada nova briga eles se tornavam cada vez mais inseparáveis.
Acontece que essa proximidade evolui para algo mais. Eles acabam se envolvendo fisicamente. Cometendo incesto algo totalmente inaceitável pela sociedade. 
Eles decidem manter segredo esse amor proibido. Até que um dia são descobertos pela mãe.

Diante do horror da situação, a mãe decide contar tudo ao pai de Daniel e Daniela, fazendo com que a relação já fragilizada, torne mais insuportável ainda.
Eles são postos em terapia e vigiados o tempo todo. Contudo isso não é suficiente.
Até que em uma noite, um acidente leva a mãe à morte.
 Após a morte da mãe, o pai fica cada vez mais doente e depois de alguns anos também falece.

Livres do pai e daquela vida de esconderijos e mentiras, eles podem então viver a plenitude daquele amor. Amor este que está baseado principalmente em muito sexo, desejo e luxúria.
Daniel decide ir ao Rio de Janeiro, fazer faculdade e tentar conhecer uma nova pessoa, pois por mais que se sinta satisfeito com a irmã, sabe que aquele relacionamento não está certo.
Daniela, obcecada e cheia de desejo, decide que vai junto.

Eles conhecem outras pessoas. Seus melhores amigos são Marcelo e Ana Célia. Daniel começa e se envolver com Ana para o desespero de Daniela.
O ciúme e ódio tomam conta dela, quando finalmente o irmã anuncia que irá casar e que o que existia entre eles não poderia continuar.
Marcelo percebe algo incomum e tenta ajudá-la, mostrando o espiritismo como forma de autoconhecimento, mas ela o ignora.

Até que um dia, uma tragédia modifica definitivamente a vida de todos.
A narrativa de divide em duas partes. Mundo corpóreo e mundo incorpóreo. No mundo incorpóreo Daniela entenderá é ajudada por espíritos mais evoluídos e irá aprender sobre suas ações e escolhas.
O livro é muito interessante e nos traz vários ensinamentos. 
É necessário que ela veja o que viveu em vidas passadas para compreender o que aconteceu.
Aprender que o espírito está em constante evolução.

Recomendo a leitura desse livro a todos
Ainda que você não acredite na doutrina espírita, vale a leitura e as belas palavras que eles nos oferece e a percepção do quanto somos pequenos e frágeis nesse grande infinito.

Alguém ficou curioso?
Já leram algo desse gênero?
Contem para nós!

-Rizia

34 comentários

  1. Oiee

    o último livro que li falava de incesto e eu amei o livro é Proibido da Valentina se puder ler leia que vai adorar rsrs

    Anotado dica desse, ja li muito livro espirita na vida mas esse me deixou curiosa.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bom?
    achei assim a historia bem complexa,e trata ea abordou um tema esse livro que nao costumamso ver,sim nao seria meu tipo de leitura lindona,mais podemos como vc disse reter o que é bom,e tirar liçoes ne?
    bjs
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  3. Achei muito bacana a história ainda mais por ter toda essa coisa de vidas passadas e tals,nunca li nada assim e o novo sempre é bom.Com certeza vou ler.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Rizia. A história envolve um tema muito delicado que é a questão do incesto. Confesso que fiquei curiosa em saber se eles realmente eram irmãos. Mas não é o tipo de leitura que me agrade. Li um livro só da Zibia Gasparetto e detestei, então, não me anima este estilo não...
    Que bom que você gostou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. o lance do incesto nem me incomoda sabe, mas não leria pq não me chamou a atenção!

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  6. Apesar das palavras acho que tenho um certo preconceito por romances espirítas. Para falar a verdade, não curto muito romances em sí sabe?!. Pretendo não falar muito neste comentário para não causar nenhum certo "chateamento(posso dizer assim?)" a ninguem, de nenhuma religião.

    ResponderExcluir
  7. Oi Flor! Acredita que nunca li nada espirita? Essa autora é bem famosa, já ouvi falar bastante dela, adorei a resenha e fico feliz que foi uma ótima nova experiencia para vc! Espero logo ler algo do estilo e anotei a dica! Parabénssssssssss
    Beijos
    Nova Resenha: ADQS – Desvendando a Organização Secreta - Fabiana Cardoso
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/10/resenha-adqs-desvendando-organizacao.html

    ResponderExcluir
  8. Oi Rizia
    Eu gosto muito de romances espiritas, nao tenho nenhum preconceito, muito pelo contrário!
    Adoro os livros da Monica, sempre prendem a atenção.
    Fiquei bem curiosa e ja esta na minha lista!
    Bjks mil

    www.blogdaclauo.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Rízia, tudo bem? Nunca li romance espírita, mas confesso que esse livro me chamou a atenção. A questão do incesto não me incomoda, apesar de saber que muita gente acha errado e condenável, eu acho que as vezes não se escolhe quem amar, mas não vou entrar no mérito da discussão, até porque as opiniões podem ser diferente... o que fiquei curiosa é saber como esse tema pode ser tratado em um livro espírita e em como a Daniela vai seguir.

    Que legal saber que foi uma nova experiência para você e que foi boa.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  10. Gosto de livros espíritas, apesar de ter livros aqui em casa desta autora, ainda não tive a oportunidade de conhecer sua escrita. Tua resenha me incentivou a deixar a preguiça um pouco de lado e por em dia as minhas leituras, para poder finalmente conhecer melhor as obras da Monica :D

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Olha não sou mt fã do genero espirita então vou deixar a dica oassar,.
    Bjs
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  12. eu gosto de alguns livros espiritas, mas a Mônica é minha preferida, faz tempo que não leio nada dela, me deu saudades agora...

    que bom que você gostou do livro e se aventurou em um novo gênero!

    bJoks

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia a autora. Confesso que não gosto de livros de romance espírita. Esse livro parece até ser bom, mas mesmo assim não tive interesse :/
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Gente, eu lendo essa resenha só me lembrava das "Crônicas do Gelo e Fogo" e de Cersei e Jaime Lannister, os gêmeos amantes hsuhaushau!!! Incesto é tabu, mas existe e não é um tema dos mais abordado. Eu honestamente, apesar de ser evangélica, tenho admiração pelos espiritas e acho que os seus textos nos ajudam a refletir sobre a vida. Acho que é massa observar tudo e reter o bem.

    E seu texto me fez pensar também nos romances que eu aprendi a gostar com minha mãe, acho que vou postar sobre isso no blog!

    Cheros, Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De tudo o que li aqui, vc foi a quem, a meu modo de pensar, deu a resposta que mais gostei. Concordo que independentemente de vc não compactuar com a mesma religião, não custa esquecer o preconceito e procurar
      tirar dela o que de bom pode trazer pra vc! Parabéns pelo seu discernimento!!

      Excluir
  15. Não conhecia o livro, e adorei a sua resenha, fiquei bem curiosa apesar de ter receio com gêneros assim...maaas, anotei aqui.

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Nossa, o livro parece muito interessante mesmo, incesto e espiritualismo, fiquei super curiosa em ler, curto muito histórias que abordam temas tabu.

    ResponderExcluir
  17. Gostei do tema perplexo, sua resenha me deixou curiosa! Esses dias na escola minha professora falou sobre o espiritismo e achei interessante saber que em cada vida temos uma missão e podemos aprender com nossos erros!

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Não leio muitos livros com temas religiosos, mas esse parece ser uma excessão.
    Ainda mais por conter um assunto polêmico. Fiquei bastante curiosa com a releção incestuosa e o envolvimento do espiritismo.
    Dica anotadíssima.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook Tem promoção de Halloween lá no blog. Não fique fora dessa!

    ResponderExcluir
  19. Como sou espírita Kardecista esse gênero literário envolvendo a doutrina espírita não me é estranho e nem mesmo o assunto incesto, que eu trato de forma bem reflexiva. Não sou de julgar ou dramatizar as coisas, embora ter sido nascida e criada como cristã me faça ter uma visão mais literal do assunto. Não acho que seja pecado o incesto quando ele acontece sem que ambas as partes saibam do parentesco. E mesmo depois não julgo se ambas as partes escolherem ficar juntas. Mas quando nascem no âmbito familiar, criados como irmão desde o começo, aí sim é uma situação da qual eu acredito que o casal deve pedir ajuda e se manter afastado, até mesmo por causa de uma gravidez que possa resultar em um bebê com doenças mentais. Enfim, é um assunto polêmico e que mesmo que não julguemos pode ser bem tenso. Adoro romances espíritas e fiquei bem curiosa sobre este, que eu ainda não conhecia.
    Beijos e obrigada pela dica de leitura.
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  20. Oi Rízia tudo bem?

    Minha família é espirita, e minha mãe, tia, vó sempre estão lendo os romances espiritas. Já li alguns quando mais nova e são bem legais! Sem preconceito religioso, a doutrina espirita proporciona bons livros para quem gosta de romances, ensinamentos, tramas realistas que nos ensinam muitas coisas. Eu adoro, e acredito que estamos sempre em constante evolução e conscientização! Esse tipo de livro ajuda muita gente!

    Adorei a resenha, vou indicar o livro e também leria! Quem sabe um dia na minha lista infinita de leituras futuras eu não consiga ler!

    Beijos!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Ola Rizia amo romances espíritas e estava louca por esse novo livro da Monica , tema forte hein, adorei a resenha e vou comprar para ler. Sou espírita e nada nessa vida é por acaso e temos todo um aprendizado como nossas dificuldades. beijos lindona

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  22. Sinceramente não me interesso muito por livros espíritas não, não por ter algum preconceito, longe disso, só não consigo acreditar nessas histórias.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Rizia!
    Li alguns livros espiritas este ano, mas acabei me cansando, pois ficavam a mesma coisa.
    Ainda não conhecia o livro, mas por ter um tema um pouco diferenciado talvez eu o leia

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  24. Livros espíritas só li da Zíbia Gasparetto até agora. Apesar de ser um tema que gosto, me assusta um pouco esses espíritos... vc não tem noção do qto sou medrosa!
    Como vc alertou sobre spoilers, não li a resenha pois gostei da sinopse e pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  25. Não tenho o hábito de ler livros deste gênero, mas sei da importância e do valor que eles transmitem. Toda leitura é válida e sempre nos enriquece.

    ResponderExcluir
  26. Quando leio a palavra spoiler já paro a leitura, rsrs.
    Não é uma leitura que me agrade...

    ResponderExcluir
  27. Não costumo ler livros espíritas e não pretendo ler tão cedo... Apesar da premissa ser boa, não sei se vai funcionar comigo.

    ResponderExcluir
  28. Olá!

    Estou doida para ler esse livro, vai ser o próximo a solicitar da editora! Como tinha spoiler, não li sua resenha ):

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  29. Olá Rizia, tudo bem?

    Sou católica, mas creio mais na realidade do mundo espírita que outra coisa. Por mais que frequente centros, nunca tive a oportunidade de ler nada além do Evangelho segundo o Espiritismo. Vou deixar este anotado, pois gostei do enredo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Li o livro em sete horas seguidas, pq quando comecei não consegui parar. Depois passei uns três dias pra começar a ler outro, pois a história é tão impactante e me envolveu de uma maneira inexplicável. Senti um misto de sentimentos enquanto lia; ri, chorei etc... Esse é um dos livros que com certeza ficará marcado em mim.

    ResponderExcluir
  31. Ei, moça. Gostei do seu blog. Li recentemente um livro dessa autora intitulado "O preço de ser diferente". Eu gostei da obra, mas percebi uma certa falta de tato da autora ao fazer o link com as vidas passadas. Não me convenceu, confesso. Mas, no tocante aos dramas vividos pelos personagens no tempo da narrativa eu gostei sim. Sempre vejo "Desejo" na livraria e fico curioso. Embora esses sentimentos meio doentios me causem certa resistência, acho que vou lê-lo sim.

    ResponderExcluir
  32. Olá Rízia. Sou espírita Kardecista desde que me conheço por gente. Sempre adorei os livros espíritas e sempre devoro quando pego um para ler, o que acontece o tempo todo, pois emendo um no outro..rss Já li muito Zíbia, mas tenho uma atenção especial na Mônica de Castro.ão sempre temas polêmicos que nos fazem refletir Fiquei curiosa e já coloquei no carrinho pra comprar. Valeu a dica!

    ResponderExcluir
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir