Resenha: Encontrada

Cortesia da Editora

Encontrada

Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 476
Sinopse: Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava. As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva. Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.

Encontrada no Orelha de Livro & Skoob

Primeiro de tudo é que eu preciso dar os devidos parabéns a Carina por continuar com essa escrita tão simples e fluída, com esse bom humor que toma as páginas mesmo quando há alguma tensão no nosso casal.


Mas não vou falar que Encontrada foi maravilhoso, porque eu estaria mentido. Eu não tinha nenhuma expectativa (até porque eu não sabia o que esperar) , mas não queria que tivesse sido tão morno quanto foi.

Em Encontrada Sofia está a um passo de se casar com Ian, só que sua dificuldade em se adaptar no século 19 está pior que em Perdida. Tudo bem, eu devo ter paciência, porque não é fácil sair do século 21 #batenamadeira, mas Sofia tornou essa adaptação muito complicada pra mim como leitora. E ainda tenho que aturar a tia chata do Ian, a Cassandra, uma megera que só veio causar na vida de casado do sobrinho.

O casal finalmente tem a suas brigas e só por amor verdadeiro pro Ian aguentar a Sofia. O bom humor entre eles e a química continua a mesma, mas isso não foi o suficiente. Sofia causou MUITA confusão, e foram essas confusões que me deixaram fula da vida, por ela ser tãooo cabeça dura e não se "adaptar" rápido numa nova realidade...

"- Você é meu marido, caramba! - bufei, socando o peito dele de leve - Tudo que é seu deve estar embolado com o que é meu, que nem a gente fez com a nossa vida."

Não vou deixar toda a culpa em Sofia... Vou culpa o bendito Século 19. Minha nossa sem hora, eu agradeci mil vezes por ter nascido no século 20, é tanto costume/tradição/moralzinha tão hipocrita (pior que hoje) que só me deixou irritada.

Fora isso, temos um mistério na cidade, mulheres recém casadas estão morrendo e não se sabe o motivo, ou seja, Ian fica mega protetor com a Sofia e ela tentando não ficar debaixo da asa do Ian.

Porém, fui pega de surpresa no último capítulo CHORANDO, só no último capítulo, o livro finalizou bem, o casal feliz e uma revelação em relação a Nina (melhor amiga de Sofia) e esse foi o ponto que mais me emocionou na narrativa <3

Como disse, Encontrada não foi uma das minhas leituras favoritas no ano, eu até que me divertir, mas acho que todos os pontos importantes na trama desse segundo livro, poderiam ter sido trabalhados em Perdida mesmo. E oficialmente Encontrada podem entrar na lista de exemplos de "o primeiro livro foi melhor, BEEEEEEEEM melhor."




4 comentários

  1. todo mundo está comentando sobre esse livro, e o primeiro também foi muito bem falado! Fiquei curiosa ;)
    http://www.vicioemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Ah, eu amei "Perdida" e realmente acho difícil superar...
    Mas vou ler, assim como as outras continuações, Carina e essa escrita merecem!
    Beijoooos

    Blog Coisas da Juu

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Eu ainda nem li Perdida, acredita? UASHAU Sempre falam bem do livro, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Não li sua resenha com medo de spoilers, enfim UAHSUA

    Beijos, Vanessa
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da sua resenha e bom saber que esse livro não é tão perfeito como o primeiro. Pretendo ler, mas sem criar tantas expectativas. Adoro a autora. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir