Resenha: O Doador de memórias

O Doador de Memórias
Autora: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Páginas: 192
Sinopse:
Ganhadora de vários prêmios, Lois Lowry contrói um mundo aparentemente ideal onde não existe dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não existe amor, desejo ou alegria genuína.
Os habitantes da pequena comunidade, satisfeitos com suas vidas ordenadas, pacatas e estáveis, conhecem apenas o agora - o passado e todas as lembranças do antigo mundo foram apagados de suas mentes.
Uma única pessoa é encarregada de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis.Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo.Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar. Premiado com a Medalha John Newbery por sua significativa contribuição à literatura juvenil, este livro tem a rara virtude de contar uma história cheia de suspense, envolver os leitores no drama de seu personagem central e provocar profundas reflexões em pessoas de todas as idades. SKOOB

 Hi Leitores!
Trago para vocês a resenha de um dos livros mais falados atualmente: O Doador de Memórias.
Na verdade o título original é O Doador, e trata-se de um quarteto de livros.
Decidi ler o livro quando soube que o filme baseado nele, estreia em Setembro, com grandes atores no elenco.
Sem mais delongas, vamos a resenha.
Jonas é uma criança de onze anos que vive em uma pequena comunidade completamente planejada. Tudo segue normas: As famílias são planejadas e escolhidas por um conselho, os alimentos são iguais, remédios, água, profissões! Tudo é escolhido por um conselho afim de proteger todos os habitantes e manter a igualdade.
Contudo, eles não possuem memórias nem muitos sentimentos.
Aos 12 anos, cada criança conhecem a profissão que irá seguir. Jonas não imagina o que o aguarda pela frente, pois gosta de várias coisas, mas não possui preferência por nenhuma específica.
Para sua surpresa, ele é escolhido como Recebedor de Memórias.
O Recebedor de Memórias é aquele que terá o conhecimento de tudo o que aconteceu, "antes de antes de antes", dele. O que aconteceu com os seus antepassados e como era a sociedade.
Jonas então começa a ver e sentir coisas que jamais imaginou existir.
O livro é muito curtinho, mas profundo.
Nos leva a refletir o que seria melhor: Uma sociedade igual e sem sofrimentos, porém alheia a todo um passados e restrita a imposições pelo bem de todos ou uma sociedade como conhecemos, cheia de memórias e escolhas, porém livre.
Confesso que esperava mais do final desse livro, mas não decepcionou.
Estou ansiosa para o filme... Fico imaginado como será retradado.

Trailer




Alguém conhecia esse livro?
Sabiam doa filme?
Contem tudo aí nos comentários!

-Rizia

13 comentários

  1. Oieee!! Estou vendo esse livro por todo lugar e até agora não tinha lido nenhuma resenha. Gostei da ideia, achei bem diferente. Gostaria de ler sim, e de conferir o filme depois!!

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. O livro parece muito bom e diferente, mal posso esperar para ler


    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Estou bem ansiosa para ver o filme. Se eu puder ler o livro antes, o lerei.
    bjs

    http://www.entrepaginasesonhos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da proposta do livro, quero ler e certamente irei conferir a adaptação cinematográfica. Ótima resenha!

    Beijo,
    Naty.

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Ótima resenha, estou querendo ler desde que vi o filme. Não sabia que era um classico nem algo assim, nos EUA é obrigatório a leitura no fundamental.
    Adorei
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Rízia.
    Olha só, eu vi o trailer, não sabia da existência do livro. Tomei uma decisão: antes de ver o filme, vou ler o livro.

    Obrigado pela dica.
    Beijos.

    soubibliofila.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Tenho muita curiosidade para ler este livro, desde que ouvi falar dele, e também vou querer conferir este filme. Gostei da sua resenha, bem direta. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, como vai?
    Peguei esse livro para ler agora. Li os quatro primeiros capítulos e a primeira vista estou achando super parecido com Divergente.
    Eu confesso que comprei ele porque fiquei super empolgado com o filme e queria ler antes da estréia.
    Espero ter uma boa experiência.
    Ele é tão fininho, dá para ler rápido!!!
    Beijos,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  9. Estou curiosa por esse livro...
    Espero poder lê-lo em breve, parece ser uma estória bem reflexiva.
    Amo leituras que nos fazem pensar nos "E se" da vida.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. oi ^^
    Eu comprei esse livro e estou louca para que chegue logo! Eu quero ler pelo mesmo motivo que o seu, vi que logo logo vamos ter o filme e qro ler antes de ver no cinema! Eu fiquei super empolgada quando vi o trailer! Não sabia que eram um quarteto de livro!

    tem postagem nova no meu blog
    te espero por la

    dudikobayashi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Rizia
    Não conhecia o livro. Achei a ideia ótima. Como assim viver sem memória? Sem liberdade? Não conseguimos conceber uma vida assim, não é?
    Acho que o filme tem tudo pra sr um sucesso. Quero conferir ambos.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Também me interessei pelo livro quando vi que ia lançar o filme, ainda por isso com um elenco desse, e a por ser uma "distopia" também. O livro é muto curto, parece que não dá para ser profundo como você disse, me assustei quando vi ele na Bienal. Acabei não comprando o livro, por não saber se o preço estava bom. Agora tenho que correr para comprar e ler antes de assistir ao filme haha

    desabafosaleatorio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oieee

    eu vi o trailer do filme, e achei muito bom, com muitos detalhes... ele pede realmente que se leia o livro!!!

    Bjokss

    Every Little Book

    ResponderExcluir