Resenha: Ele está de volta

Cortesia de Editora Intrínseca

Ele está de volta

Autor: Timur Vermes
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Sinopse: Berlim, 2011. Adolf Hitler acorda num terreno baldio. Vivo. As coisas mudaram: não há mais Eva Braun, nem partido nazista, nem guerra. Hitler mal pode identificar sua amada pátria, infestada de imigrantes e governada por uma mulher. As pessoas, claro, o reconhecem — como um imitador talentoso que se recusa a sair do personagem. Até que o impensável acontece: o discurso de Hitler torna-se um viral, um campeão de audiência no YouTube, ele ganha o próprio programa de televisão e todos querem ouvi-lo. Tudo isso enquanto tenta convencer as pessoas de que sim, ele é realmente quem diz ser, e, sim, ele quer mesmo dizer o que está dizendo. Ele está de volta é uma sátira mordaz sobre a sociedade contemporânea governada pela mídia. Uma história bizarramente inteligente, bizarramente engraçada e bizarramente plausível contada pela perspectiva de um personagem repulsivo, carismático e até mesmo ridículo, mas indiscutivelmente marcante.

Ele está de volta no Orelha de Livro & Skoob

Hitler em 2011? Sim, em Ele Está de Volta. E como uma trama dessa não iria chamar minha atenção?

Ele Está de Volta é narrado em primeira pessoa pelo, próprio Adolf Hitler, que não sabe como foi parar numa Alemanha tão estranha e tão diferente.

Hitler acorda no meio de uma pracinha e é salvo por um jornaleiro, onde ele vai percebendo que não está mais na 2ª guerra mundial. O jornaleiro acredita que nosso Hitler é um comediante, um sósia, então vai ajudando-o até que alguma emissora de tv veja o talento desse personagem, e o leve para a mídia, porque claro, esse Hitler é magnífico!

E ele consegue, nosso Adolf Hitler vai para o mundo da internet e faz um sucesso estrondoso no Youtube. Como toda sub-celebridade, tem os haters - famílias Judias e as famílias que cresceram com a 2ª Guerra - não vendo nenhum humor ácido nas coisas que Hitler conta para as câmeras.

Hitler durante toda a narrativa tenta mostrar a todos que ele é o verdadeiro Hitler, que não está fazendo nenhum humor, só falando o que ele pensa, mas claro, o pessoal acha que é um personagem somente. E também vemos o A.H. se acostumar (ou não) com as coisas de hoje, a tecnologia, o grande espaço da mulher, os judeus, a política. Todos esses temas vemos no ponto de vista de Adolf.

Em todos os momentos que Hitler divaga na narrativa, é tudo relacionado a Guerra, de como ele poderia mudar a política atual pensando como uma tática militar, não só na política, em qualquer assunto, ele fazia essas divagações.

"Não seria tão presunçoso de acreditar que não era necessário ter conhecimentos consideráveis sobre o presente. Contudo, uma coincidência me abriu uma nova fonte para essas informações: o aparelho de televisão."

Vou ser sincera, enquanto eu li Ele Está de Volta no trem/ônibus eu me sentia mal e com vergonha, porque muita das vezes eu estava rindo e tinha receio do pessoal se perguntar "a garota tá lendo um livro com o Hitler na capa e tá rindo?!!!!".

"- Isso é bom. O senhor não escreve essas coisas?
- Por quê? Eu já sei.
- Eu teria medo de esquecer."

Achei muito sensacional a escrita do Timur Vermes, fatos reais da vida do Hitler foram abordados no livro, desde Hitler vegetariano, até o Hitler e a Eva. Mas o livro em si é totalmente fictício, então façam o favor de não misturar as coisas HUAEHAUEUAE. É uma leitura cheia de referências da 2ª Guerra Mundial, dando uma brecha do Hitler "se explicar".

Em suma, Ele Está de Volta é uma leitura realmente bizarra e interessante pelo ponto de vista do Hitler, se você se dá bem com o tema, indico a leitura, mas se você gosta de umas boas sacadas de humor... Esse livro também é pra você.



14 comentários

  1. Oi Nathália :)

    Eu acho muito legal a ideia do livro e, apesar de como você disse, achar um pouco bizarro, parece ser muito icônico e irônico. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oi ^^
    Nossa, eu já tinha visto a capa mas não sabia do que se tratava! Achei a ideia genial, queria ver como Hittler se sairia no mundo de hoje, que "explicações" ele poderia dar. Vou adicionar a minha lista de desejados e quando for ler vou ler em casa para nínguem pensar que estou rindo de um livor com A.H. na capa como aconteceu com vc! kkkkkkk

    tem postagem nova, espero sua visita!
    bjs

    Hey Dudi!
    http://dudikobayashi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sério que trouxeram ele de volta? Mas rapaz.... shauhsuahsuah
    Eu tinha ouvido algo sobre esse livro, mas não tinha me aprofundado para saber mais sobre ele. Que bom que vim aqui. A história me deixou curiosa e realmente queria ler sobre essa bizarrice! hehehe
    Adorei a resenha e entendo como vc pode ter ficado envergonhada. Afinal, Hitler? Bah. Uma das pessoas q eu teria vontade de matar se já não tivesse morto. ehhehe

    Danni
    Garotas e Livros

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser bem hilário, imagino o AH no youtube, daqui a pouco ele tem, até conta no Facebook. É uma obra inteligente, mostrar este cara tão cruel de uma maneira leve, fiquei com vontade de conferir.
    Bjos!! Cida Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Nossa, nunca imaginei que por essa capa esse livro narrava essa estória. Adorei a prerrogativa e já quero muito ler. Sou fascinada por esse homem. Alimento uma relação de amor e ódio por ele imensa. Adorie a resenha.

    beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ei, estou com tanta vontade de ler esse livro. Muita vontade mesmo, chega a dar uma coceirinha haha Anda me atiçando demais ler algo com Hitler como personagem. Premissa super diferente. Sempre fui aficcionada por ele. Aí já viu ^^

    Beijos,
    Larissa

    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
  7. Ri alto com o que você disse de estar rindo no ônibus e o que as pessoas iam pensar kkkkkkkkkkkkkkkk acho que me sentiria igual! Adorei sua resenha :D

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá! Desde que vi esse livro nos lançamentos da saraiva fiquei morrendo de vontade de lê-lo, a premissa é super interessante! Adorei a sua resenha que só me deixou ainda mais animada para começar esse livro!

    http://www.whoisllara.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá Nath!

    Este livro não me interessa em nenhum ponto. Tudo bem, talvez desse uma chance para ele por causa do humor e tudo mais. Mas a história de Hitler não me cativa, não sou curiosa sobre isso, então acho que não iria querer saber mais, ou ler algo relativo a isto.
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Nathália!
    Gostei muito de sua resenha e me chamou bastante a tenção sua opinião sobe o livro.
    Com certeza não me arrependeria de le-lo. A capa é simples até de mas, mas acho que a história é algo que vale a pena conhecer.

    Bjos

    Blog Leitura de Ouro - leituradeouro.blogspot.com
    @LeituraDeOuro
    https://www.facebook.com/LeituraDeOuro

    ResponderExcluir
  11. Eu estou desejando tanto este livro, tanto. Sou apaixonada por esta época da história, e todas as coisas que surgem sobre o assunto me conquistam. Você me convenceu, já comprei! hahahahaha

    Beijos!

    Clouds and Fantasy

    ResponderExcluir
  12. Bem bizarra essa história! Claro que não devemos misturar um assunto e outro, mas estou aqui com uma estranha sensação sabe, não sei se realmente leria este livro, apesar dos pontos positivos re-saltados, rs.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Nathalia
    Ja tinha visto este livro e agora fiquei ainda mais curiosa para ler
    Muito legal a sua resenha!
    Criei este novo blog literário.
    Bjks mil e um ótimo domingo
    http://livrosdaclauo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Fiquei curiosa para para ler, porque quero entender como fizeram para a historia ficar engraçada, acho que é o tema é bastante interessante.
    http://memorias-diversas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir