Resenha Premiada: Fúria dos Magos

Cedido pelo autor para resenha
Trilogia Totem Vl.1

Autor: Jorge Castro
Editora: Schoba
Páginas: 298
Sinopse: Há muito tempo, o mundo ouviu pela primeira vez a história de doze almas que nasceriam com um grande propósito. Seriam estas, em determinado momento de suas graciosas vidas, enviadas ao encontro de doze criaturas místicas que as ajudariam a enfrentar seus medos e desafios. O oitavo reino foi reerguido. Os guerreiros das trevas estão se reunindo. Os magos das sombras voltaram do além em corpos novos e tão fortes quanto os antigos, e o apocalipse agora inicia sua sanguinária jornada por entre as cinco dimensões. Castyer é um explorador, Alice tem uma forte conexão com arco e flecha, e Llyanae quer seu namorado de volta. O destino é muito maior que um pégaso ou um namorado perdido. Agora, Castyer, Llyanae e Alice devem unir-se aos outros nove escolhidos e partir em busca da salvação para que o mundo que conhecem — e que estamos prestes a conhecer — não seja destruído.

Fúria dos Magos no Orelha de Livro & Skoob 

Fúria dos Magos é o primeiro volume da Trilogia Totem, livro de estréia do autor Jorge Castro, que começou com o pé direito. É um maravilhoso livro da fantasia com a narrativa envolvente, com bom humor (por favor, não entendam esse "com bom humor" como "livro de florzinha, porque esse livro tem desgraça </3) e direta.

Imagem retirada da página Literatura Nacional BR

Nesse primeiro capítulo da Trilogia, descobrimos que doze jovens são escolhidos para uma missão de vida ou morte, parar o renascimento do Oitavo Reino com forças das trevas, e cada um deles terá um Totem (criaturas mágicas).

Com isso conhecemos os primeiros escolhidos dos doze, Castyer, Alice e Llyanae. Castyer é o nosso personagem mais impulsivo, Alice já é mais "razão" e Llyanae é a corajosa. Cada um deles recebe o seu totem quando foram "recrutados" para a missão. E além deles, conhecemos ao longo da narrativa mais personagens dos "doze escolhidos".

Um dos pontos interessantes do livro, é a narrativa em primeira pessoa. Cada um tem o seu espaço no enredo, e,  no fim, cada capítulo se completa, mesmo que ele seja narrado por um diferente ponto de vista, o leitor nunca fica no escuro. E por ser uma narrativa de personagens jovens, a leitura é bem leve, e não há como confundir, o autor desde início deixa claro de quem esse capítulo pertence.

Por estarmos inseridos num novo mundo, há criaturas, mundos, poderes, que o Jorge criou ou adaptou para Fúria dos Magos, algo que não posso dizer sobre o autor é que ele não é criativo e organizado, porque ele é sim!

Primeiro conhecemos os diferentes personagens que foram incluídos nessa missão, depois temos muita ação pelo caminho que cada um deles percorre para chegar até o Oitavo Reino e impedir que as forças das trevas vença, e por fim sabemos o motivo pelo qual nosso vilão aparece. Durante o enredo, temos as profecias, que vão se encaixando perfeitamente no que vai acontecendo na trama com nossos heróis.

E relembrando o começo da resenha: "com a narrativa envolvente, com bom humor (por favor, não entendam esse "com bom humor" como "livro de florzinha, porque esse livro tem desgraça </3)". Pois bem, vou explicar, o Jorge é um lazarento :D HUAEHUAEHUAHEUHUE ~brincadeira~

O autor não teve receio em colocar a tona vários tipos de desgraças, além da Guerra que se pode inciar por conta do Oitavo Reino, temos mortes e magia negra corrompendo alguns dos escolhidos da missão!

A finalização desse primeiro capítulo da Trilogia não deu outra, o sabor de "quero mais e quero já" é bem presente, até porque o autor faz com que aconteça uma reviravolta de puxar os cabelos, então é impossível não se sentir de coração partido e ansioso para saber o que virá!

Fúria dos Magos tem uma narrativa e um desenvolvimento sensacional, com personagens agradáveis e com alguma característica marcante. Se você é fã de fantasia... Meu querido... Tu PRECISA ler e conhecer o autor <3

E em falar no autor, aqui vai uma pequena biografia do Jorge!

JORGE CASTRO,


nasceu no Rio de Janeiro e passou boa parte de sua vida em Niterói. Sempre apaixonado por qualquer assunto em que dragões e feitiços se encaixam. É libriano legítimo e possui ascendente em capricórnio, e suspeita que foi exatamente por isso que decidiu se aventurar no mundo da escrita. Vive, atualmente, em um pequeno bairro de Saquarema, Rio de Janeiro, onde começou a escrever seu primeiro livro e, consequentemente, sua primeira saga.

Facebook | Grupo de Leitores da Trilogia


E pra terminar bem essa resenha... Quer ser o sortudo que levará um exemplar de Fúria dos Magos pra casa? Então clique aqui e saiba como!





2 comentários

  1. Uaua, se eu já tinha ficado encantada pela capa, com esa resenha, vejo que vou amar o livro...Com certeza Fúria dos Magos tem a receita certa pra nos envolver na hitória e nos encantar a cada página lida... Parabéns pela resenha..eu adorei... E sucesso a Jorge.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Morriiii

    eu amo livros assim, e nunca tinha visto esse... foi uma ótima dica, obrigada!

    ResponderExcluir