Resenha: O Maravilhoso Agora

O Maravilhoso Agora

Autor: Tim Tharp
Editora: Record
Páginas: 320
Sinopse: Sutter Kelly é O Cara, o rei das festas. Porém, diferente dos amigos adolescentes, não está preocupado com o futuro, está mais interessado em viver o agora. Com um 7Up batizado nas mãos ele está pronto para qualquer coisa. Mas nem tudo anda bem para ele. Vive discutindo com a mãe, o pai há anos não dá notícias, e sua namorada Cassidy lhe deu um pé na bunda. Em meio a esse caos, a doce Aimee pode despertar Sutter para outra realidade. E, pela primeira vez, ele tem o poder de fazer a diferença na vida de alguém, ou de arruiná-la para sempre. O livro que deu origem ao filme

O Maravilhoso Agora no Orelha de Livro & Skoob

O Maravilhoso Agora o é mais novo lançamento da Editora Record, e ele foi adaptado para os cinemas também! Eu assisti primeiro o filme (há um tempinho já) e me emocionei bastante e o com o livro não deu outra.

Sutter é o garoto problema, é aquele que vive o carpe diem do maravilhoso agora. Narrado em primeira pessoa, somos incluídos na mente complicada e inteligente de Sutter. Ele é um jovem que não larga seu uísque com 7Up e gosta do "estranho", é aquele garoto engraçado, que chama atenção por onde anda. Mas tudo isso é uma máscara (que ele não aceita), porque o Sutter é um cara sem "salvação", sua mãe e seu padrasto pensam em mandá-lo para uma escola militar, ele não tem uma boa relação com a irmã e por fim, tem um pai ausente.

"- Não preciso de álcool para me divertir.
Então eu disse:
- Também não preciso andar de montanha-russa para me divertir, mas ando."
Página 24

Sutter deveria ser meu amigo, deveria ser um personagem real (tocável, abraçável, etc), ele deveria ser meu vizinho ou amigo da faculdade. Sutter não dá nem um real por si mesmo, mas eu daria 100 milhões e o infinito. Ao mesmo tempo que ele é um garoto ovelha negra, ele é o garoto mais esperto/realista do mundo. Ele solta em sua narração tanta sacadas, tantas analogias sobre a vida, que é impossível não querer dar um abraço nele. Suas aflições, conflitos e dúvidas sobre tudo que acontece e aconteceu com ele, são os pontos máximos na leitura.

"- Qual é o problema dela? - pergunta Tara atrás de mim.
- Expectativas muito altas - digo. - Muito altas e na pessoa errada."
Página 46

Sutter seria o cara mais sortudo, se não tivesse levado um pé na bunda de sua atual namorada, Cassidy. E no meio disso, Sutter solteiro, ele tenta arranjar uma namorada digna para seu melhor amigo e acaba conhecendo Aimee.

Aimee é aquela garota quieta, responsável e nerd. Ela não chama atenção e quando tenta chamar atenção Sutter vê que prefere a Aimee natural (gente, como adorei o Sutter falando que não curtia ela de batom... Porque ela só passava batom por causa dele <3). Aimee vive no mundo da lua quando, e quando está no seu mundinho (aka quarto com seus livros e seus desenhos mal feitos) , isso encanta Sutter. Mas ele quer mostrar pra Aimee que não devemos ser "cavalinho" dos outros, porque Aimee é esquecida pela mãe e não tem uma melhora amiga muuuuito boa assim.

"- Não sei dançar como a Cassidy - confessa ela.
- É, mas você dança como a Aimee. E isso é perfeito."
Página 238

Nada mais interessante que sua guerra interior, sua guerra em querer mudar Aimee pra melhor, sua guerra de tentar acreditar que tudo que ele faz é bom pra ele e para quem está ao seu redor, porque ele não é uma pessoa que se deve esperar muito, ele é só mais um ponto num grande universo.

Até comentei no Twitter que O Maravilhoso Agora é As Vantagens de ser Invisível de 2014, é aquela leitura bobinha, light mas que no final te dá um tapa na cara e você pensa "puta merda, que livro é esse?"

"Não quero destruir o sonho de ninguém. O mundo real já faz isso bem o bastante sem a minha ajuda."
Página 189

Outro ponto interessante na leitura é Sutter e seu melhor amigo, sério, se preparem para ler diálogos mega interessantes entre eles, a reflexão de que devemos melhorar ou não, de se a vida é assim ou não. É ao mesmo tempo hilário e reflexivo... Ou melhor, o livro inteiro é assim, por isso gostei muito de O Maravilhoso Agora.

"Toda sociedade é um campo de treino para viciados."
Página 110

Como dito no início da resenha, eu assisti o filme primeiro e agora posso dizer que ele foi muito bem adaptado, tirando o final... Não foi igual (deixou um final 'conto de fadas'). Mas mesmo assim, o elenco foi perfeito, por mais que a Shailene não tivesse os olhos claros da Aimee do livro e os óculos, a vi como Aimee e o Miles Teller como Sutter foi fantástico/perfeito. Como o livro, o filme começa um pouco lento e você não dá nada pra ele, mas depois que você conhece os sentimentos do Sutter, tudo passa para uma montanha russa de emoções.

Confiram o trailer :3




O Maravilhoso Agora é minha indicação pra quem gosta de ler algo com humor e um toque de realidade, nada fantasioso ou clichê <3


26 comentários

  1. Nathalia, sua linda... que resenha gostosa de ler!
    Sabe que eu deixaria o livro passar batido, não fosse o link no FB convidando para conhecer sua opinião sobre o livro... como gosto muito de suas ideias e aprecio seus textos, vim conferir.
    E que livro interessante! Gosto de personagens intrigantes, que são julgados 'pela capa' (como faço com alguns livros, rsrs), mas têm sempre algo a dizer, conflitos desafiadores e personalidade forte. E nessa fase da vida, puxa... adoro!
    Vou colocar na lista.
    Obrigada por compartilhar.
    A capa é linda!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Já assisti ao filme, e achei a história bem legal...E essa sua resenha me deixou com mais vontade ainda de vê esse livro!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha, me deixou bem curiosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Lendo agora sua resenha, que fiquei sabendo que existe um filme sobre a história.
    Até então eu só havia lido bons comentários sobre o livro.
    Parece ser um lvro voltado para os jovens,onde mostra os problemas típicos da idade.
    Adorei sua resenha,e de saber um pouco mais sobre essa história emocionante e real.

    ResponderExcluir
  5. Livros que trazem uma reflexão para a nossa vida são sempre bem-vindos!! E sua resenha me surpreendeu positivamente. Gostei de saber mais sobre o livro e também um pouco sobre o filme, que nunca assisti. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante do filme, espero que o livro seja melhor ainda

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser ótimo, não vi o filme, fiquei bastante interessada em conferi os dois!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nathália, assim como título, achei MARAVILHOSO a resenha, que leveza, que coisa linda. Simplesmente gamei no livro. Obrigada pela excelente resenha.

    ResponderExcluir
  9. Eu já gostei do livro por causa do título, não sou do tipo que compra livro pela capa mas um bom título é capaz de me conquistar de cara. O que eu acho mais chato sobre adaptações de livros é que normalmente os produtores ou sei lá quem toma essas decisões nos grandes estúdios querem sempre um final feliz e eu sou fã de finais chocantes ou que deixam várias possibilidades em aberto.

    ResponderExcluir
  10. tudo bem que não devemos julgar o livro pela capa,mas essa capa é maravilhosa dá vontade de ler em olhar para ela.

    ResponderExcluir
  11. Oiee ^^
    Concordo com a Antonia ali em cima, leria o livro só pela capa bonita...haha'
    Já tinha visto alguma coisa sobre ele, mas essa foi a primeira resenha que eu vi. Não sabia que tinha um filme *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. O filme é incrível! Quando eu assisti nem sabia que tinha livro... enfim, preciso ler, tipo, AGORA :)

    ResponderExcluir
  13. Não vi o filme , mas lendo sua resenha fiquei com muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
  14. adorei o filme e pelas passagens que vc colocou parece que foi bem adaptado mesmo. Até gostei de tirarem os óculos da Aimee, nerd que usa óculos é tão clichê.Quero muito ler o livro, não entendi porque mudaram de "espetacular" pra "maravilhoso". Minha capa preferida é a da 2ª edição como copo doSutter<3 mas essa brasileira (e a americana do filme) são lindas
    bjs
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. mal posso esperar pra ler,estou super curiosa!!
    shirlaine_pentecostal@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, Nath! Como vai?
    Adorei a resenha ^^ Quero assistir ao filme faz um bom e longo tempo, porém eu não achei nenhum link legendado *chora* Se você tiver, me passa, por favor?
    Então, o livro. Quando vi que a Galera ia lançar O Maravilhoso Agora, já fui pedir dinheiro para minha mãe... não que isso tivesse adiantado, porque "eu quero muitos livros e muitas coisas e blá, blá, blá...", ou seja, não comprei D': E sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler. O Sutter parece ser tão fofo e, ah, meu Deus, que amoooor. Por que eu nunca encontro garotos assim? Ahhh, gente, que amooor! *Meus olhos estão com lágrimas POKASPAKSP* O final é triste, né? Deve ser triste. Com certeza é triste... eu acho. Ê, caracas, como eu choro com tudo, já vi que vou chorar lendo.
    O Maravilhoso Livro.
    Beijinhos,
    Karol.
    http://heykarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Desde que vi a capa desse livro pelo skoob fiquei ansiosa demais pra ler, ainda mais depois que vi que tinha um filme e que a Aimee era ninguém menos que a Shailene! Eu quero muuuuuito ler, ainda mais depois de ler a resenha hahaha ~alguém me da esse livrooo~

    ResponderExcluir
  18. Fiquei encantada com a história e sua resenha. não esperava isso tudo do romance. fico feliz por ser bom. Já tenho algo pra ler. rsrsrs Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Adorei o que você disse sobre As Vantagens de Ser Invisível, também penso assim, o livro pode até parecer bobo mas samba na cara da sociedade repleta de hipocrisia e achismos!
    Sobre a resenha devo parabeniza-la, geralmente quando vejo textos longos assim me desanimo, mas sua opinião sobre o livro foi tão empolgante que me peguei querendo ler tudo o mais rápido possível, até tive que voltar um pouco a leitura para assimilar corretamente o que você havia escrito.
    O livro me parece o tipo de livro que gosto, nada daquele romance água com açúcar, onde o casal protagonista são perfeitos e seus problemas idem, gosto de livros que demonstrem a realidade, se não há nossa, pelo menos uma que exista, que seja palpável e verídica. Gostei da descrição dos personagens, tipo Aimee sendo a tipica nerd e e Sutter respeitando essa característica da garota. Nada como os besteirois americanos onde o garoto popular tenta mudar a garota nerd em uma patricinha sem conteúdo. Acho, ou melhor acredito, que para ser feliz de verdade, a pessoa deve ser como realmente é, e não tentar se parecer com o que pensa ser a pessoa ideal de outrem. O fato de Sutter preferi-la sem batom é um ponto positivo, pois, ele não se prende as predileções da sociedade que presa a beleza plastificada. Tem certeza que este é um belo livro e a parabenizo por expor tal obra a nós meros leitores.

    Julielton Souza

    http://dialeticaproposital.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Estou bem curiosa a respeito desse livro. Não vi o filme e estou me perguntando se seria melhor ver antes de ler ou vice-versa.
    Amo esses livros mais leves, principalmente depois de um livro mais "denso", com muita história, informação, etc.
    Excelente resenha, parabéns pelo trabalho! :)

    ResponderExcluir
  21. Eu fiquei curiosa com esse livro por causa da capa e lendo a resenha fiquei mais curiosa ainda, parece ser um livro muito bom pelos cotes eu senti que vai ser um dos melhores do ano, gostei que colocou o trailer do filme nunca tinha ouvido falar, vou procurar pra ver.
    Parabéns cada dia estou gostando mais das suas resenhas.

    ResponderExcluir
  22. E o que mais tem são caras assim por aí..rsrs....eu fiquei com vontade de Ler....gosto de ler um livro e depois assistir o filme, não gosto de fazer o contrário disso porque acaba toda a expectativa...mas parece ser interessante...

    Gisele Lopes

    ResponderExcluir
  23. Oie...
    Gostei bastante da resenha e fiquei bastante curiosa para ler o livro!
    Já tinha ouvido falar do filme (e muito bem por sinal) mas desconhecia de que ele fosse uma adaptação do livro!
    Gostei bastante do enredo e pretendo ler antes de assistir o filme. Ele parece ser um livro bem leve e agradável de se ler.

    ResponderExcluir
  24. Olá, gostei bastante da resenha e fiquei interessada para ler o livro.
    Mais um para adicionar na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  25. Não conhecia o livro... Boa resenha, boas citações; me fez adicioná-lo a minha lista de futuras leituras. E bela capa haha

    ResponderExcluir
  26. Nathy, que resenha incrível...me senti dentro da história...pelo visto será um romance mais pé no chão, alémd e nos prender a cada página... quero muito ver o desenrolar da história...sem contar, que fiquei louca pra saber o final tanto do filme quanto do livro..
    Bjs e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir