Resenha: No Limite da Ousadia

Pushing The Limits - Livro 02

Autora: Katie McGarry
Editora: Verus
Páginas: 400
Sinopse: Se você já é fã de No limite da atração ou está descobrindo este mundo agora, certamente vai se deixar envolver pela paixão perigosa e arrebatadora de Beth e Ryan. Beth é uma garota durona e tatuada que precisa cuidar da mãe drogada. Quando ela assume um crime para salvar a mãe, seu tio, um rico esportista aposentado, consegue a guarda da sobrinha e a leva para começar uma vida nova na cidadezinha do interior em que ele mora. E assim Beth se vê morando com uma tia que não a quer e frequentando uma escola onde ninguém a compreende. Exceto um único cara, que não poderia ser mais diferente dela... Ryan é o menino de ouro — um badalado jogador de beisebol, filho de um dos casais mais influentes da cidade. Ele e seus amigos gostam de fazer apostas envolvendo desafios que devem cumprir, e Ryan nunca perde. Por fora o atleta popular que todo mundo adora, ele está prestes a aprender que nem tudo é o que parece. O que começa como uma aposta se torna uma atração irresistível que nem Beth nem Ryan haviam previsto. Sem se dar conta, o cara perfeito vai arriscar seus sonhos — e sua vida — pela garota que ama. E ela, que não deixa ninguém se aproximar, vai se desafiar a apostar todas as fichas nesse amor. No limite da ousadia conta a história de Beth Risk, a amiga durona de Noah, de No limite da atração. Este livro é um spin-off, passando-se no mesmo universo do primeiro, com participações especiais de Isaiah, Noah e Echo.

No Limite da Ousadia no Orelha de Livro & Skoob 

No Limite da Ousadia é um spin-off de No Limite da Atração, ou seja, em Atração Beth é uma das personagens secundárias, e agora no Ousadia, é a protagonista. Lembrando que, não é necessário a leitura de No Limite da Atração para a leitura do Ousadia, são outras histórias, mesmo acompanhadas com os mesmos personagens.


Seguindo a mesma fórmula do primeiro livro, No Limite da Ousadia é narrado pelo ponto de ambos os personagens principais, o da Beth e do Ryan.

Beth é nossa garota problema, quem leu No Limite da Atração já percebe que ela é um pouco dura na queda mas, no Ousadia conhecemos os motivos que a levou ser como é, vemos a Beth sensível. Seu objetivo de vida é cuidar da sua mãe, que é uma drogada e vive com o "namorado" Trent, que só sabe bater nela e as vezes na própria Beth. Beth é uma personagem que sofreu e sofre por causa da sua maldita mãe, mas como filha, ela a ama e quer só o bem da Sky, salvando-a de complicações.

E numa dessas salvações, Beth é presa, ao invés de Sky ser jogada no xadrez, mas o tio Scott de Beth aparece, pagando a sua fiança e sendo o mais novo "dono" da sua guarda. Beth tem uma mudança de vida radical, seu tio é bem sucedido e bem casado, e por ser "feliz" Beth o vê como um abandonador, porque era ele quem prometia a Beth a felicidade. E só agora vem cumprir essa promessa?

"Conheço meus limites, e, se alguém me despedaçar de novo, e nunca vou conseguir ter forças para juntar os cacos."
Página 307

Do outro lado temos Ryan, o jogador de beisebol popular. Ele seria o exemplar de "homem perfeitinho" para Beth, se não fosse seus conflitos familiares. Enquanto Beth não tem uma família, Ryan tem a pseudo-família, onde o pai quer impor o sonhos ao filho,  mas acaba que, Ryan descobre ser bom em outra coisa, além do beisebol, mais um ponto conflitante entre ele e seu pai. Além de seu irmão Mark ter sido expulso de casa, é o outro motivo que "causou" a destruição da família mais perfeita da cidade. Temos aqui o lado tradicionalista do livro, onde o pai manda e a esposa obedece, onde os pais escolhem a namorada para o filho, onde tudo está se movimentando para que a plateia veja e aplauda.

"É doloroso ouvir o barulho da minha família se desmanchando. Não existe nenhum som pior na face da Terra."
Página 81

Enquanto Beth tem (ou tinha) Noah e Isaiah. Ryan tem Chris, e sua namorada Lacy, e o Logan. Seus amigos são aqueles que gostam de um desafio e apostas, e por conta de uma dessas brincadeiras Ryan acaba conhecendo Beth, que como sempre, não foi fácil o contato. Beth tem dificuldades em confiar, ela não tem um histórico muito bom com afeto, que é totalmente compreensível e doloroso para ela e ao leitor também.

Nosso casal da vez é um tanto quanto dificultoso, Beth com sua desconfiança e falta de amor próprio, Ryan por ter chego na Beth por causa de uma brincadeira, mas ambos estão ligados com um único problema: a família.

Além do problema familiar bem presente no livro, temos também as amizades. Beth e Isaiah são amigos a muito tempo, mas Isaiah é o amigo na friendzone, e eu até acho meio doloroso os dois não terem ficado juntos, porque Isaiah era quem mais esteve presente na vida de Beth em todas as suas dificuldades com a mãe, já sabia como lidar, ao contrário de Ryan. Mas a partir do momento em que Beth enxerga que Isaiah é só um amigo, vejo que seu argumento é mesmo real, para não tentar alguma coisa com seu melhor amigo.

"- Se você fosse meu amigo... Se você se importasse, você me ajudaria!
- Porra, Beth, estou fazendo isso porque te amo!"
Página 180

Quando eu cheguei na metade de No Limite da Ousadia não sabia que era possível ser mais um livro maravilhoso da autora Katie, ela conseguiu suprir minhas expectativas e me deixou sem chão com esse livro arrebatador, chorei e sorri. E a forma que ela trouxe os problemas de ambos os personagens principais foram de me tirar o folego. Eu me coloquei no lugar de Beth e me compadeci, e me coloquei no lugar de Ryan e fiquei asfixiada com sua falta de liberdade. E quando juntos, ambos se tornam realmente a metade da laranja. awwn

Por mais que tenham pontos clichês de um Young Adult, vejo novidades nesse enredo, o novo caminho que foi dado para os problemas mais conhecidos por nós, leitores.

O trabalho da Editora Verus na editoração e espaçamento, foi o mesmo trabalho dado em No Limite da Atração, mais uma vez um livro de mais de 300 páginas fluiu graças a fonte (ou também, pela escrita simples e focada da autora). Eu não gosto muito de capas com pessoas, mas essa do No Limite da Ousadia é bem melhor que a da No Limite da Atração.

"- Beth... - Ele hesita. - Podemos começar do zero?
Olho para ele - da cabeça aos pés. Ninguém jamais me ofereceu começar do zero. Acho que ninguém pensou que eu valia a pena."
Página 199



32 comentários

  1. Olá.
    Não li o primeiro livro e nem sabia que esse era um spin off, pensei que era continuação UAHSUAHS to sabendo das coisas, sempre. Adorei sua resenha, até daria uma chance para esse livro :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ah, o primeiro é FANTÁSTICO! Eu estou louca para ler esse segundo.
    Ainda bem que não é uma continuação, a história da Echo e do Noah acabou muito bem. <3

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  3. gente eu preciso ler esse e o outro, todo mundo fala tão bem que eu estou curiosa demais.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  4. Não li ainda, vou te dizer que não me chamava muito minha atenção, mas depois da tua resenha fiquei até curiosa para ler, já que ele supriu tuas expectativas =)
    Beijokas e parabéns pela resenha!

    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nenhum dos dois livros, mas tenho curiosidade de ler. Parecem bons.

    Adorei o blog!
    Estou seguindo.

    www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
    Ficarei feliz com uma visita sua ao meu blog!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nathália
    Li No Limite e lembro vagamente da Beth, se não em engano era amiga de Noah e gerava ciuminho na namoradinha dele, rsrs... (minha memória é péssima mesmo). Acho que ela era bem rebeldezinha e demonstrava isso no estilo e nas atitudes.
    Gosto quando um livro envolve os personagens do anterior, tratando agora os secundários como principais. Assim sabemos mais sobre eles e ampliamos a história, ligando fatos do primeiro livro e aprofundando nos personagens secundários que foram especiais.
    Beijo!

    Minhas novas resenhas, aprecio muito sua opinião:
    Ler para Divertir
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li o primeiro livro, mas pela forma que você falou na resenha os dois devem ser muito bons, já vou colocar eles na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Amei no No limite da atração, estou doida pra ler No Limite da Ousadia, curto muito um spin-off, esse segundo livro parece ser ótimo também!

    ResponderExcluir
  9. Li o primeiro livro ( no limite da atração) e ameiiiiiii. Estou super curiosa pra ler No limite da Ousadia...

    ResponderExcluir
  10. Fiquei apaixonada pelo livro 01 - No Limite da Atração..ae corri atrás do ebook dese livro No Limite da Ousadia, pq não ia agiuentar esperar o lançamento e quando eu pudesse comprar um exemplar. Eu li esse livro e gostei bastante, o achei mais intenso que o anterior,com cenas mais vívidas e fortes. O livro é sensacional, amei muito lê-lo. Agora quero tê-lo na minha estante. Recomendo. Parabéns pela resenha, adoreiii…bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Nathália, resenha deliciosa.
    Eu adoro livros deste gênero, e já tem um bom tempo que estou de olho nestes livros querendo comprar, depois de ler a sua e algumas outras resenhas, fiquei mais ansiosa ainda para conferir esta leitura.
    Quem sabe, uma hora dessas dou sorte de conseguir uma promoção no Submarino?
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu adorei o primeiro livro, mas ainda não tive tempo de ler o segundo. Espero poder ler em breve.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Nathália, infelizmente ainda não pude ler "No Limite da atração" e mesmo que esse seja um spin-off (o que eu adoro) e que não é necessário ler o anterior, lerei, pois quero conhecer o romance de No limite da atração também, rs
    Este parece ser um romance YA muito bom, com pitadas de drama, e são narrados por ambos o que eu gosto também, espero lê-lo em breve, adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Gostei bastante da escrita da autora no primeiro livro. E por isso, estou bastante curiosa em relação a esse segundo, espero poder ler ele em breve. Parece ser uma leitura muito agradável. ADORO esses tipos de história. Ah, e sou apaixonada por essa capa faz tempo, haha. Resenha ótima, parabéns.
    Beijokas, Caroline Garcia.

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha espero poder lê-lo assim que tiver uma oportunidade. Parabéns pelo o blog está cada vez melhor!

    ResponderExcluir
  16. Estou querendo muito ler esse livro! Eu amei o primeiro livro e preciso desse. Confesso que não gostava muito da Beth no primeiro livro, mas acho que vou gostar dela agora e acho qeu vou gostar do Ryan. É uma pena ter alguns pontos clichês, mas é bom saber que você gostou do livro mesmo assim :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. olha eu simplesmente nao sei o que dizer desse livro , sao poucos os lvros que chamam a minha atençao , mas esse realmente me arrebatou , é o tipo de livro que eu devoro , adoro um bom romance arrebatador , mas odeio isso nos livros , tem sempre aquele melhor amigo apaixonado que merece uma boa historia , e acaba sofrendo junto , e depois fica só , mas nao li o livro e nao sei dizer si é verdade , mas adoraria descobrir :)

    ResponderExcluir
  18. Este é um livro que desejo muito ler,acho sua narrativa adorável seus personagens são bem construidos .
    Me identifiquei com essa leitura assim que li a sua sinopse,só me resta agora poder ler o livro por inteiro.

    ResponderExcluir
  19. Que bom que você ficou impressionada com a leitura deste livro. Fico mais tranquila assim. Já sei que vou me apaixonar também por eles. Estava um pouco receosa, mais agora já estou mais tranquila. Com certeza vou querer ler, Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Ainda não li "No limite da atração", mas como "No limite da Ousadia" é meio que uma história independente, daria para começar por ele hehe... Achei bem mais interessante a história desse livro do que a do outro, por isso já quero começar por ele.
    Adorei o fato de Beth ser uma mocinha forte, que ajudava a mãe (que sinceramente não merecia sua ajuda) e até mesmo se comprometia por ela. Beth sabe segurar a barra e resolver os problemas de sua vida bem complicada (mesmo que deixe algumas marcas no caminho) e simplesmente amei essa característica. Já Ryan parece que tem uma vida boa para quem ve de fora, mas para quem sabe de sua realidade vê que o garoto está super sufocado pelo seu pai e prestes a explodir. Beth e ele são dois opostos, por isso quero ver como será construido o romance deles e tambem quero saber o que vai acontecer quando Beth descobrir que Ryan só se aproximou no inicio por causa se uma brincadeira com os amigos :(

    ResponderExcluir
  21. Pensei que esse livro fosse a continuação do"No Limite da Atração".
    Apesar de não ter lido ainda nenhum dos dois.
    Adoro livros picantes,mas que tenham uma boa história de amor.
    Sem contar que possui um drama familiar,para acrescentar mais conteúdo a história.

    Achei ótima sua dica desse gênero que tanto gosto! ;)

    ResponderExcluir
  22. Nunca tinha ouvido falar desse ou do primeiro, mas me interessei muito! Sempre gosto de histórias em que as meninas tem uma personalidade forte e são duras na queda... Já vou procurar os dois pra ler ;)
    Kisses

    ResponderExcluir
  23. Amei amei amei No Limite da Atração e Crossing the Line. E agora quero muito esse livro, ele está no topo dos meus desejados no momento. E fico super feliz em saber que esse livro também é bom como o primeiro. Confesso que não gostei muito da Beth no primeiro livro, mas acho que isso vai mudar nesse livro =)
    Bjss

    ResponderExcluir
  24. Ainda não li o livro, nem tinha ouvido falar sobre. Parece ser diferente dos outros livros do gênero que li então fiquei interessada, principalmente pela personalidade forte da pp. Beijo

    ResponderExcluir
  25. Tempinho já querendo ler, não li nenhum ainda! Bastante interessada em conhecer a história!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  26. TENHO O PRIMEIRO LIVRO QUE AINDA NÃO LI, MAS JÁ QUERO O SEGUNDO PRA COLEÇÃO FICAR COMPLETA, OS LIVROS PARECEM SEREM BEM LEGAIS, ESPERO NÃO ME DECEPCIONAR, GOSTEI DA RESENHA E ESPERO GANHAR NA PROMOÇÃO DO BLOG.

    ResponderExcluir
  27. Não li o primeiro ainda... vou começar a conhecer a escrita da autora com este livro. Fico feliz em saber que não é tão clichê e tem novos pontos! A capa é muito linda.

    ResponderExcluir
  28. Bacana, ja vi algumas resenhas falando vem do outro livro, mas ainda nao tive a oportunidade de ler, bom saber que pode ler esse sem ter lido o outro, mas se eu tivesse esse livro aqui eu nao leria enquanto nao lesse o outro... hahahahaha manias...
    Espero poder ler os livros em breve.

    ResponderExcluir
  29. Como eu to desejando esse livro..li o primeiro e me apaixonei pela escrita dela que aliás acho uma das melhores de new adult..katy tem jeito de construir historias romanticas com drama na dose certa e mal posso esperar por esse

    ResponderExcluir
  30. Já li no limite da atração e depois desta resenha já quero ler este tbm já esta na lista de desejos ;)
    bj

    ResponderExcluir
  31. Oi! Tenho uma enorme vontade em ler o primeiro livro e logo depois descobri que tinha uma continuação apara a série. Gosto de romances, tento fugir deles, mas não consigo, parecemos um imã rsrsrs
    Gosto de livros impactantes, esse não me parece ser do estilo, entretanto me encantei com a leveza da história e estou ainda mais curiosa depois de suas palavras. Acho que me identificarei com a personagem, ela parece ser forte e corajosa.

    ResponderExcluir
  32. Gosto de desafios! Beth uma garota durona e Ryan o garoto mais popular da escola, eles são diferentes. E é por isto que eu acho que este livro chama a a atenção dos leitores.

    ResponderExcluir