Resenha Dupla: A Escolha

A Escolha

Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 352
Sinopse: A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer.


A Escolha no Orelha de Livro & Skoob

Finalmente a tão esperada finalização da trilogia A Seleção da autora (mais fofa do universo) Kiera Cass, A Escolha!

Tentamos ao máximo não fazer uma resenha com Spoiler, então podem chegar mais! Mas quem tiver o interesse de ler as resenhas dos livros anteriores, aqui estão os links: A Seleção e A Elite

Como vocês leram no título será uma resenha em dupla, eu (Nathália) estarei com a fonte comum e a Rízia estará com a fonte Arial.

A Escolha começou da onde tinha parado em A Elite, agora America está num pequeno grupo de garotas que futuramente, uma delas será a Rainha. Mas além da grande decisão, Kiera nos trás finalmente os Rebeldes de uma forma mais "fixa".

Vi o crescimento do Maxon como Príncipe (mesmo que eu ainda não me dê bem com ele), os Rebeldes foram necessários para o Maxon crescer na realeza e isso me deixou muito contente!


"- E já faz anos que o palácio brinca com a vida dos outros. Cresça, Maxon. Você é príncipe. Se você quer a maldita coroa, então fique com ela. Só que esse privilégio traz responsabilidades"

America finalmente sabia o que queria, pra isso já basta, já é um mega avanço da personagem, pq né?


"- America, sua cabeça está cheia de más ideias. Ótimas intensões, péssimas ideias."

Os outros personagens que nós gostamos não se perderam, continuaram ali (fãs da Marlee, podem sorrir) e teve uma personagem que pegou o fandom de A Seleção de surpresa... Só não vou dizer quem é HUE. Aspen se mostra novamente leal, sendo o guarda do Maxon e de todo o Reino (#orgulho da esposa <3)

A Escolha foi bem mais do que esperei.
E olhe que a espera não foi curta, foi quase um ano entre um livro e outro, para finalmente saber como seria o destino da nossa querida America.
E confesso que, para mim, foi mais que perfeito.

Minha opinião sobre A Escolha é quase a mesma que a da Rízia (tirando o "mais que perfeito), eu gostei muuuuito de A Escolha por conta de um único fator: RESPOSTAS. Os Rebeldes estão mais presentes nesse final de trilogia e por isso tenho que dar um "glória", meu medo era que esse "tema" passasse batido <///3 


"- Não acredito que você disse para as pessoas lutarem.
Dei os ombro.
- Para que temos sido bastante covardes."

Li o livro todo em apenas dois dias (não li em um, pois estava em pré semana de provas na faculdade), pois a ansiedade era maior que tudo.

Não posso deixar de parabenizar a autora por deixar todos os pontos bem esclarecidos, amarrando a história a as personagens perfeitas.

Aliás, PERFEIÇÃO é a palavra que descreve melhor o fim da trilogia.

O livro não é muito diferente dos outros quanto aos níveis de emoção e intensidade, mas afinal é exatamente como eu gostaria que fosse. Diferente da Nathália que estava na Team contrária! #Team... #euganhei #beijinhonoombro 

/\ Explicando HUAEHAUEUEUA eu sou #TeamAspen com muito orgulho, nunca gostei do Maxon... Por mais que ele seja um príncipe (um príncipe muito mimado e infantil) ele não conseguiu me trazer uma personalidade real, por mais que a Kiera tenha contado a nós uma bomba em A Elite (ou no e-book de O Príncipe) ele é o personagem masculino em toda a minha vida literária que tive menos ligação. E o Aspen já é outros 500, eu o enxergo como um personagem real, ele abriu mão da America em A Seleção? Abriu. Isso foi por mal? Não foi, eu o entendo. E claro, Aspen mereceu o final que teve, fiquei muito feliz! Sou #TeamAspen no sentido de ele ter um final digno e não pra ele terminar com a America, porque depois de A Elite eu só queria socar essa personagem.

E sobre a intensidade do livro e as emoções, Kiera conseguiu me deixar triste e me deixar feliz num único livro. Não sabia que a autora tinha o sangue de assassina, porque... Sim morrem personagens no.último.livro.da.trilogia. Mas que infelizmente a autora não conseguiu dar aos personagens um "luto", ficou meio superficial.

Como não sou a favor de spoilers, apenas recomendo que leiam o mais rápido possível e nos contem o que acharam.

E gente, pergunta: a America SEMPRE chamou as "criadas" dela de criadas? Nunca tinha reparado nisso nos livros anteriores pra ser sincera, mas em A Escolha eu toda hora tinha vontade de esganar a America por causa disso KKKKKKKKKKKK
"Quero tudo com você, America. Quero os feriados e os aniversários, as épocas corridas e os finais de semana preguiçosos. Quero manchas feitas por dedos sujos de creme de amendoim na minha mesa de trabalho. Quero piadas internas, brigas e todo o resto. Quero uma vida com você..."

A Editora Seguinte continuou com o padrão de espaçamento, fonte, diagramação e até a capa, deixou igual a original (como nos livros anteriores) e mais uma vez a Editora lançou o livro junto com a data de lançamento la fora, nos EUA. Cara, obrigada <3

Um grande agradecimento a Editora Seguinte por ter trago a Trilogia A Seleção aqui no Brasil, obrigada a Kiera Cass por ter escrito A Seleção, pela sua simplicidade e fofura (porque eu conheci a autora <3). Obrigada ao trio parada dura: America, Maxon e Aspen por estarem presentes na minha vida desde 2012 ~chora~

3 comentários

  1. Linda, amei suas opiniões e resenha..estou apaixonada a cada dia por essa saga, quero muito comprar todos pra mim mais pra frente.
    Só vejo opiniões e positivas, ai fico mais curiosa, marcando mais uma vez na minha listinha de leituras e comprars,kkk
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante da resenha embora eu seja tem Maxon com muito orgulho. RSRSRS
    Fiquei meio perturbada de vê-la falando tão bem do Aspen, embora eu não tenha nada contra ele, nada grave, fora que ele não serve para a America, eles não são nada a ver, em tempo algum...enfim.
    Adoro so livros, também recomendo e muito a leitura dos três. Já o livrinho O príncipe foi desnecessário, eu o comprei e achei que desperdicei grana =/
    Mas novamente, parabéns pelo post.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  3. Esse livro foi tudo o que eu esperava! <3
    Eu adorei de verdade, apesar de ter algumas coisas que me decepcionaram. Falarei melhor na resenha, com certeza! :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir