Resenha: Amor nas Entrelinhas

Livro cedido em cortesia com a Editora

Amor nas Entrelinhas

Autora: Katie Fforde
Editora: Record
Páginas: 400
Sinopse: Prestes a ficar desempregada, Laura Horsley acha que o convite para ajudar na organização de um festival literário veio bem a calhar. Mas quando recebe a missão de convencer o famoso escritor Dermot Flynn a comparecer ao evento, ela é dominada pelo pânico. Dermot é temperamental, nunca sai de casa e enfrenta um bloqueio criativo. É também o escritor favorito de Laura, além de extremamente atraente e dono de uma longa lista de conquistas amorosas. Por isso, não é de surpreender quando ele diz que só vai participar do festival se ela concordar com uma única condição, que pode colocar em risco não só o sucesso do evento, mas também o coração de Laura.

Amor nas Entrelinhas no Orelha de Livro & Skoob

Amor nas Entrelinhas já tinha me conquistado pela sinopse e me conquistou completamente com o desenvolvimento do enredo. Mas vamos ser claros, tem o clichê do "romance" de uma forma bem forte mas, o que a autora Katie fez foi encaixar esse romance no mundo (de fato) dos livros - coisa que eu ainda não tinha lido. 

Com a narrativa em terceira pessoa, no ponto de vista de Laura, conhecemos a nossa personagem que ama livros, que trabalhou por um longo tempo numa livraria e agora precisa arrumar outro trabalho nessa área porque a livraria será fechada. Harry seu chefe e Grant seu melhor amigo (e gerente da livraria), de início são os únicos amigos de Laura. Ela também tem problemas com os pais, que são extremamente tradicionais, daqueles que enxergam a juventude atual como se fosse o maior erro da humanidade. E ela é fã do autor Dermot.

"Ao fechar os olhos ela se deu conta de que muito raramente havia desfrutado da natureza. Geralmente teria levando um livro junto e, mesmo que tivesse apreciado os arredores, não teria se entregado do mesmo modo."
Página 124

Dermot é um Nicholas Sparks ao contrário, não consegue mais escrever livros graças ao um bloqueio criativo. Dermot também é conhecido por ser mulherengo, mas devo deixar uma observação que: não achei ele mulherengo em momento algum, por mais que a narrativa seja sobre o ponto de vista da Laura, não houve uma "a outra" de fato. Ele é bem retraído, portanto gosta de ficar na dele, mas ele é um grande sucesso no mundo literário por conta de seus dois romances, e como consequência há a pressão em cima dele para novos escritos.

"- Escrever é uma coisa estranha, efêmera - disse Dermot, acalmando possíveis águas turbulentas. - Nunca se sabe o que vai ajudar ou não vai."
Página 205

Mas Laura, com seu novo trabalho (organizar um Festival Literário) é encarregada de tirar Dermot da Irlanda e trazê-lo para a Inglaterra, para participar do evento (ele é quase um santo-graal literário). E o reconhecimento que ela sempre teve por esse autor se torna uma paixão.

O evento literário e todo o trabalho de organizá-lo foi uma boa forma de conhecermos mais um pouco do Dermot e da Laura, se desenvolver como mulher (até criando um laço de amizade com Monica, a melhor personagem secundária do livro <3).

E BORA NO CLICHÊ, Laura é virgem... Então podem esperar uma personagem com cara de 16 anos mas ao mesmo tempo ela consegue ser uma mulher de 26 anos mesmo, ainda fico confusa pra descobrir se gosto ou não dessa personagem por conta disso, tem hora que dá vontade de aplaudir as atitudes dela mas... Em outras dá vontade de dar um tapa na cara.

Um ponto que deixou o livro "original" foi que como o enredo era em volta do bendito evento, conhecemos um pouco mais a dificuldade de um autor a ter um sucesso, de como o bloqueio criativo pode estragar o autor e como ele pode superar esse "defeito", também temos a ideia de como funciona o mercado Editorial. Gostei de conhecer os bastidores do mundo literário.

"- Você é tão adorável. Quando eu fico sentimentaloide, você é ácida, como uma gota de limão."
Página 392

Amor nas Entrelinhas foi aquele romance mamão com açúcar, delicioso de se ler. Você suspira e ri com os encontros e desencontros dos personagens, e principalmente, vê o crescimento de cada um.

É um livro contando a estória de um casal apaixonados por livros.



10 comentários

  1. não sei se leria, pq siei lá a resenha me deixou em duvida, acho que não era bem o que eu pensava do livro ;w;

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Eu quase solicitei esse livro, a premissa é muuuito interessante, ainda que clichê. Ainda pretendo ler <3

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha visto um livro com uma sinopse assim. E apesar de você dizer que é clichê, acho que leria.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas não sei se leria, não me despertou muito o interesse.
    Um beijãoo

    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie Nathália
    Esta está sendo minha leitura do momento, mas ainda estou no começo.. página 20 e ainda não tenho uma opinião formada do livro, mas estou gostando da protagonista trabalhar na livraria. Eu acho que vou gostar, porque venho de duas leituras tão dramática que estou precisando de livros clichês e bem mais leves.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  6. Oie Nath
    eu nem tinha me interessado muito pelo livro, mas com essa resenha acabo de me arrepender profundamente. Amo romances assim, quanto mais doces melhor, e me amarro em um clichê bem montado. Adicionando a listinha de leituras pra ontem.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Nathalia, tudo bem?
    Como você, o que chamou minha atenção foi a escolha da autora de falar sobre o universo literário. Para mim (e acho que para todos nós blogueiros) uma apaixonada por livros, isso soa como mel, risos..
    E sempre adoro ler, não me canso, de como pessoas perdidas se encontram e se completam. Gente, o amor é lindo, sendo clichê ou não!!!!!
    Adorei, já foi para a lista.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Estou precisando ler um livro assim. Ultimamente só tenho lido livros de suspense e preciso de algo mais leve para ler :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Muitos clichês, mas parece um leitura gostosa para passar o tempo rsrs
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  10. Ai gente, qual o problema dessas autoras com virgindade eim? Deixa as moças liberarem a merenda! ASHUHUASHUASHUAHUSUHAS
    Mas fora isso, o livro me atriu bastante e essa resenha me deixou super interessada, melhor do que ler livros é ler livros sobre livros, e enfim! AHAH

    www.livrologias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir