#PHpoemaday - O céu de hoje

A Poem A Day


Dia 2
O Céu de hoje

Quando me levantei a primeira coisa que vi foi o céu.
Um céu azul sem nuvens.
Sorri




Ontem passei a noite detido
Ontem apanhei da polícia
Ontem fumei uma maconha.





Sorri, olhei pro céu cinza.
Parecia que o céu era o único que sentia o que eu sentia. 

Dor. 

Dor física dos murros.
Dor emocional de viver nas ruas.

Sorri.

Hoje, o céu azul e sem nuvens
Sorrindo pra mim.
Sou educado, sorri mais ainda.

Quando fui me deitar a última coisa que vi foi o céu.

"Boa noite meu amiguinho
Volte amanhã meu amiguinho
Mais azul e sem nuvens, sem mais nada de cinza."

Sorri.


#PHpoemaday

Texto de minha autoria para o Desafio de Escrita do blog Central da Leitura, não pode ser plagiado/copiado/divulgado sem minha autorização.

4 comentários

  1. Achei bem legal o poema, mas principalmente o finalzinho que você se despede do céu!

    Beijos, in-convencional.blogspot.com !

    ResponderExcluir
  2. Oie! Ficou bem legal o poema. Sou apaixonada pelo céu. Mas sabe, aqui onde eu moro o céu é sempre tão azul, que eu fico feliz de ver um céu cinza anunciando a chuva, sério, meu dia começa da melhor forma... estranhamente, para a noite eu prefiro as estrelas... kkkkk
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  3. Incrível como a beleza do céu é inspiradora, né?
    Adorei a poesia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo19:43

      Não é só o céu inspirador, mas quem acorda e dorme olhando pra ele, fazendo dele seu abrigo e o que há de mais bonito no dia-a-dia.

      Excluir