[Eu li, mas...] O Terceiro Travesseiro

Oláaaaaaa leitores lindo do universo, primeiro quero avisar que a coluna Eu li, mas... mudou de banner, contamos com a presença da autora de Novembro (minha namorida pra toda vida) Vanessa Marine de modelo pra mostrar realmente a nossa reação de um livro não "muito bom".


Lido em e-book
O Terceiro Travesseiro
Autor: Nelson Luiz de Carvalho
Páginas: 210
Sinopse: Baseado em uma história real, este romance desafia rótulos e hipocrisias, revelando os meandros de consciência de Marcus, um jovem comum da classe média paulistana. Com o melhor amigo Renato, descobre o amor e compreende que os dois precisarão encontrar o equilíbrio entre o que sentem e o que a família e a sociedade esperam deles, até que um terceiro personagem aparece.

Eu realmente não sei como começar a falar desse livro, preciso me policiar pra não ficar um texto muito #revolts, mas vamos lá.

Eu escuto falar desse livro desde o dia que eu peguei Anjos e Demônios emprestado de um amigo gay (o meu primeiro amigo gay <3), então desde os meus 10~12 anos até hoje com 19 anos (ou melhor até semana passada), O Terceiro Travesseiro era visto pra mim como "realmente necessário". Mas não é.

O Terceiro Travesseiro é um livro com narrativa em primeira pessoa, Marcus é o nosso narrador de dezesseis anos que é apaixonado desde sempre pelo melhor amigo. Não, o drama não é o amor não é correspondido por Renato, porque ele é sim. Até ai tudo bem...

Parece que o livro vai ficar interessante na questão familiar, tanto com o Marcus quanto com o Renato, mas é só um detalhe mal desenvolvido no livro - apesar de ter essa discussão durante a narrativa mas só no final o drama familiar dá uma certa "chocada".

O que lasca no livro é narrativa mega boba do Marcus, como é possível? Foi o personagem mais mimimi que já li na vida (E OLHA QUE JÁ LI CREPÚSCULO e gostei :3). Tem uma oscilação na narrativa de uma hora ser "séria" e do NADA voltava a ser uma narrativa de um moleque de 10 anos. Tudo bem que o Renato foi o primeiro amor de Marcus, mas nada justifica a atitude (exemplo: num momento ele está pensando em como melhorar as coisas com a sua mãe e quando vê Renato seu pensamento já viaja "Nossa como o Renato é gostoso.").

E então finalmente o terceiro personagem chega e ""melhora"" um pouco o livro, deixando a relação de Marcus e Renato abalada (ou renovada - depende se você enxerga como esse terceiro personagem como o vilão ou o mocinho).

[não consigo continuar a escrever essa coluna porque analisando bem, O Terceiro Travesseiro foi um baque de surpresa, um terceiro personagem pra uma relação a três, as cenas de comida ft. esperma, Marcus indo na macumba... Realmente eu não vejo isso em livros que costumo ler, então vou dar os parabéns ao autor pela criatividade SOMENTE]

E acredito que se eu não tivesse lido Encantados (também da mesma temática), acho que gostaria """mais""" de O Terceiro Travesseiro, porque não teria Encantados pra fazer a comparação (principalmente porque Encantados é bem mais amplo os problemas dos personagens, não desmerecendo o problema de identidade do Marcus).

Minha conclusão é: relação de amor e ódio por esse livro, não sei bem qual oficializar lol

Sobre a edição, eu li o Wattpad, sendo que um leitor digitou o livro completo lá, então é só pesquisar o título do livro que vocês acham o livro gratuitamente pra leitura :3


4 comentários

  1. Hey 9vinha,
    Como eu te falei, li o começo desse livro na forma de fanfic e nem lembro direito o que achei UAHSUUASAHUSHAUHSUAS Só lembro de achar diferente, talvez por nunca ter lido algo sobre o assunto.
    Enfim, curti a resenha. Achei que fosse descer mais o pau, mas pelo visto está num bom dia <3
    Beijos,
    Eu
    http://mundodanoite.com.br/
    PS.: "Marcus indo na macumba" Sério? '-' kkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ei Novikovisque.
    Nunca ouvi falar do livro \o/
    Eu ri do meme pra postagem HUSHSUHS
    Curti a resenha, mesmo que negativa.

    ResponderExcluir
  3. cara com certeza não é algo que eu leria xp
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  4. Anônimo13:44

    Esse livro é nojento, e não por ser na temática gay (porque eu sou gay) mas a forma como as coisas são descritas me deixou meio.... MAQUEPORRAÉESSA

    ResponderExcluir