[Sessão Desabafo] Eu odeio livros.


Sessão Desabafo de hoje vai ser dolorida, já faz um tempinho que tô matutando sobre: AS VEZES EU ODEIO LIVROS.



Não me matem, não me julguem, não me entendam mal.

Eu sou leitora assídua de livros (sim, livros, porque tem leitores de jornais, de placa de trânsito, legenda de filmes, etc) mas tem horas que me dá vontade de jogar tudo pro alto - assim como o carinha da imagem acima - de tanto que a literatura me ilude.



Sou uma pessoa muito influenciável e manipulável pelos livros, e como consequência sou iludida.

Leio um livro de fantasia: não existem fadas, vida de merda.
Leio um livro de distopia: tenho medo de uma manifestação e morrer nela, vida de merda.
Leio um romance: não acho o cara legal e quando acho a peste namora, vida de merda.


Querem mais exemplos ou entenderam o ponto que tô querendo mostrar? :/

Okay, tem livros que trazem AQUELA reflexão mas tem livros que só sabem destruir o meu coração T-T

OU

"Você tem que sofrer mesmo, você tem que aprender a não se iludir querida u-u" GENTE COMO FAZ ISSO? Desculpa braseeel mas quando vou ler é porque eu realmente quero sair do meu mundinho e viver o outro (não pra sempre, porque faz mal lerlerlerlerlerlerlerlerlerlerlerlerlerlerlerler e não viver a vida real - aprendi isso quando comecei a faculdade, eu era muito anti social porque só vivia lendo na hora que eu deveria trocar uma ideia com os meus colegas de classe, coisa que tô fazendo mais agora no terceiro semestre da faculdade e-e), mas mesmo assim, gosto de "viver" (alguns minutos) vida de outra pessoa (uma vida bem mais interessante que a minha, diga-se de passagem) e espero/invejo/desejo que 10% das coisas boas que acontecem nos livros acontecem comigo também ;-;




Então fico assim: dividida

Ou melhor, fico assim: preciso aprender a fazer a distinção de fantasia/expectativa literária X mundo real/pé no chão

Tá bom, minha vida não é tão pacata, tão sem sal que não aconteça algo digno de ser uma cena de um livro, mas gostaria que ela fosse totalmente o enredo de um livro. Já pensou::: "Vida de Nathália Novikovas se transforma num livro, o mais vendido do universo por ser a estória de uma jovem interessante"-qq


Mas que fique claro: só as vezes eu odeio livros. 



11 comentários

  1. Gostei do seu desabafo! (hi,hi,hi)
    Mas muitas vezes a gente lê livros tão
    mágicos que pensamos em como
    nossa vida está parada.
    Mas é aí que está todo o encanto
    da leitura.
    Agora à vida real também tem seus encantos:
    Olhe com atenção para os lados!!! :)

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkk. Nath, amei esse post. Me diverti muito com ele, principalmente nas partes de merda.
    Te entendo perfeitamente, eu também passo pela fase de odeio livros.


    Bjim!!!

    Tammy - Livreando
    Faça-nos uma visita.

    ResponderExcluir
  3. Cof, cof, cof, é bem assim ~~
    Eu não chego a odiá-los, mas as pessoas não entendem o porquê de lermos tanto: a realidade dos livros são muito mais fodásticas, tipo, mil vezes mais. Eu já tive um período da minha que eu vivia lendo, o tempo inteiro, era uma dependência no sentido literal da palavra. E mesmo que eu saiba que isso não me faz bem, não dá pra deixar de preferir o mundo entre páginas às vezes.
    http://sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa, kkkkkk! Tipo eu essa sua vida, hein. E com os gifs, o post ficou ainda mais cômico! \o/
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Na verdade a gente te entende :/ quem nunca terminou um livro ou uma série e bateu aquela depressão FDP de que isso nunca vai acontecer comigo? Acontece muito! hahaha Mas a gente precisa ir em frente, fazer de que conta que a vida real algum dia vai ser tão boa quanto os nossos livros!

    Paola
    uma-leitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Amei o post. Acho que eu também odeio livros! hahaha

    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nathália!
    Adorei o post! Vendo por esse lado há horas mesmo que dá raiva, as histórias contadas nos livros são tão divertidas, interessantes e lindas que dá vontade de gritar. Seria bom se pudéssemos escolher viver a nossa história de livro preferida. :D

    Beijos,

    Rafa {Fascinada por histórias}

    P.S: Ri demais com "A peste namora" kkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Hahahahahaha! Sabe que achei mto legal? Acho que o fato de eu gostar tanto de fantasia é pq, como nao tem nada daquilo no meu mundo, que eu possa me jogar de cabeça no mundo dos outros hahaha! Mas acho que isso é tão importante quanto a própria leitura, sabia? Afinal se vc le e se entrega tanto, é pq vc está aprendendo algo! nem que seja que 'blergh, esse cara é perfeito demais, quero ele pra mim, mas ele nao existe, ok... =/" ahhaaha! Sei la, posso ter viajado tb, mas eu gosto desse dilema... Se for pra sofrer, q seja lendo ahhahaha \o

    ResponderExcluir
  9. Oi,

    entendo perfeitamente e me identifiquei muito com seu post! Tem horas que bate mesmo aquela revolta porque quase nada na nossa vida é igual aos livros! Mas até que consigo fazer bem essa distinção entre fantasia e vida real, mas não vou mentir, também gostaria que minha vida tivesse mais momento como os dos livros que leio (e especialmente com os garotos dos livros que leio rs).

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu também odeio ele por isso, afinal, cara, a vida real deixa a desejar... tipo eu queria um dragão, um cara lindo e muito aventuras... mas só de pensar nos dramas dos personagens, a vida real parece aceitável kkkk
    Letras & Versos

    ResponderExcluir