Resenha: Desastre Iminente

Desastre Iminente

Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus
Páginas: 405
Sinopse: Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?

Desastre Iminente no Orelha de Livro & Skoob
"- Sua mãe quer ficar aqui com você. Ela gostaria muito disso. Mas Jesus quer que ela fiquei com ele agora.
Franzi a testa.
- Eu preciso dela mais do que Jesus."
Página 16

Desastre Iminente é a história de Belo Desastre contatada no ponto de vista de Travis, que resumindo, deixa tudo bem melhor. Até o segredo da Abby fica mais interessante em Desastre Iminente.

Não temos o mimimi de Abby mas em compensação temos o louco do Travis, que pelamor, por mais que eu goste desse personagem, eu tenho que admitir que ele é um tanto quanto possessivo e ciumento. MAAAAS eu também sou outra louca, por mais que ele seja tudo isso não consigo não gostar do Travis.

Agora com ele narrando como foi sua vida desde o primeiro dia que conheceu Abby temos uma noção maior de quanto a Abby foi tonha em certas partes do livro Belo Desastre. Aaaah e eu já estava esquecendo... Se você não leu Belo Desastre não precisa ler pra entender Desastre Iminente e vice versa, mas é bom ver a diferença da narrativa de ambos em uma mesma situação :3

De início ao fim Travis nos mostra um cara com coração, por mais que ele tenta dar uma de "foda-se tudo" ele é sim um cara sensível.

"- Você acha que eu sou boa demais para você.
Inacreditável. Ela realmente não entendia.
- Não consigo pensar em um único cara que seja bom o bastante pra você."
Página 86

E claro, o mais legal do livro é a profundidade dada a família Maddox, por mais que eles tenham aparecido as vezes em Belo Desastre, nada se compara com a presença deles em Desastre Iminente. Vemos a relação de pai e filho, de filho e irmãos nessa família de machões.

"- Até mais, otários! - Ele deu uma parada e se virou. - Eu não estava me referindo a você, pai.
Meu pais abriu um meio sorriso e balançou a cabeça.
- Não achei que estivesse, filho."
Página 146

E vou ser sincera, as vezes eu torcia pra Abby e Travis não terminarem juntos - por mais que eu tenha já lido Belo Desastre e que eu sei que eles vão terminar juntos - a razão falava mais alto no meu momento de leitora, porque eu realmente não enxergava eles como casal funcionando e então, concordava com a Abby em alguns momentos. Mas Travis e Abby conseguiam fazer dar certo essa relação, que é o mais incrível.

"- A gente não dá certo juntos, Travis. Acho que você está obcecado como o pensamento de me possuir mais do que qualquer outra coisa."
Página 304

O outro casal que merecia ter um livro só deles é Shepley e America. Em Belo Desastre e Desastre Iminente fica bem claro o quanto esse casal é importante para o nosso casal principal, por mais que as vezes Shepley e America ficaram separados graças aos bocós do Travis e Abby, eles são aqueles que realmente são amigos e um exemplo de casal "normal", ao contrário do nosso casal principal EHUAEAEAEHUAE.

A grande surpresa de Desastre Iminente foi seu epílogo, que fez geral pirar a cabeça - porque foi fantástico o que acontece (dã) e porque a autora finalmente tinha pegado um ponto interessante e fez dele a finalização do livro ;-;

Já a edição de Desastre Iminente ficou da mesma forma que Belo Desastre, com a mesma fonte, espaçamento e diagramação, ou seja, leitura confortável - fez que as 400 e poucas páginas fluíssem como se fossem 100 páginas.

Se vocês ainda não conhecem Travis ou Abby, indico logo a conhecer. Vão passar nervoso mas também vão suspirar, porque é assim a escrita de Jamie McGuire. E em falar na autora, eu tive o prazer de conhecê-la o ano passado - e meu exemplar de Desastre Iminente é autografado <3

Nathália e Jamie McGuire



6 comentários

  1. A coisa mais bizarra sobre mim e sua resenha, é que li que o Travis perdeu a mão na sinopse. OI? ASUHASUHASUHUHAUHASUASU
    Sim tenho dislexia, bjks
    E mais, estou te evejando lindamente com essa foto sua com Jamie McGuire, por que não moro em Sampa eim?????????????? EEEIM?????????
    Enfim, eu concordo contigo, Travis é amor, mesmo não sendo mentalmente normal e pouco saudavel em um relacionamento, but ok, se ele não combina com a Abby pode vir combinar comigo aquele lindo! Táparei!
    Ainda estou te invejando bjks de luz!

    http://livrologias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OQQQQ KKKKKKKKKKKK
      chora recalque ;*

      ~nathália n.

      Excluir
  2. Olá!

    Parece ser um ótimo livro, mas não me interesso. Não sei explicar kkkk, vai entender. Mas adorei sua resenha. Quem sabe eu leio algum dia, claro que leria primeiro Belo Desastre.

    Abraços!
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie!

    Eu li o primeiro livro e já tenho este aqui para ler, talvez seja uma de minhas próximas leituras.
    Que legal, vc conheceu a autora!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O épilogo foi de cair o queixo, fez desse livro melhor que Belo Desastre viu
    http://heybooks.blogspot.com.br

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Achei melhor que Belo Desastre! Pelo menos deu para entender um pouquinho melhor as ações exageradas do Travis e toda aquela raiva e aquele ciume... Mas o melhor mesmo foi sair da "cabeça" da Abby, acho que ela é uma das personagens mais irritantes heheh
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir