Livro na Telona #7 - Divergente

Na última quinta-feira, dia 17 de Abril, foi a estréia do filme Divergente - adaptação da Trilogia Divergente da autora Veronica Roth, da Editora Rocco - nos cinemas brasileiros pela Paris Filmes.


Mês passado fiz a releitura de Divergente pra eu poder ir no cinema e fazer uma boa avaliação da adaptação em minha humilde opinião -qq

E vai ter spoiler, recomendo pra que não leu o livro pule essa postagem no blog ;-;
Mas se você quer ler mesmo sem ter lido e ou assistido o filme, clique no "Leia Mais"

Mas primeiro vamos as informações técnicas do filme :3

Diretor: Neil Burger
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Kate Winslet, Zoë Kravitz, Ansel Elgort, Miles Teller, Jai Courtney, Maggie Q, etc.
Gênero: Ficção Científica, Ação, Romance
Classificação: 14 anos
Sinopse: Na futurística Chicago, quando a adolescente Beatrice (Shailene Woodley) completa 16 anos ela tem que escolher entre as diferentes facções que a cidade está dividida. Elas são cinco, e cada uma representa um valor diferente, como honestidade, generosidade, coragem e outros. Beatrice surpreende a todos e até a si mesma quando decide pela facção dos destemidos, escolhendo uma diferente da família, e tendo que abandonar o lar. Ao entrar para a Audácia, ela torna-se Tris e vai enfrentar uma jornada para afastar seus medos e descobrir quem é de verdade. Além disso, Tris conhece Four, um rapaz mais experiente na facção que ela, e que consegue intrigá-la e encantá-la ao mesmo tempo.
Fonte: Adoro Cinema


Primeiro de tudo fiquei muito feliz com a atuação da Shailene Woodley (Tris), ela conseguiu passar totalmente a Tris dos livros para as telonas. Só vou por a mão no fogo pela atuação dela, de resto... Não.

E pra ser sincera não sei como fazer uma análise desse filme porque ao meu ver foi uma boa adaptação, mas tem suas falhas que vou citar agora:
- Peter não aparece muito como o "vilão" da turma;
- O treino dos iniciados da Audácia foi algo muito muuuito rápido comparado ao livro, não teve a profundidade do crescimento da Tris no sentido força, agilidade e mentalidade. No filme pareceu algo muito fácil a Tris e sua evolução de menina mixuruca com a Tris do final do livro que perde seus pais, que sofre um ataque do Peter, que mata um amigo, etc etc;
- Faltou mais as "lições" de o que é ser Audacioso, a reflexão que a Tris tem sobre o que é de fato coragem após o suicídio do Al. Audácia ficou um pouco "sem sentido" pra quem não leu o livro;
- A relação de amizade - e amorzin - do Al com a Tris, ficou algo muito superficial mesmo com o suicídio de Al no filme.

Acredito que tenha sido esses pontos que mais me incomodaram. Mas com sucesso o filme conseguiu explicar o que são as facções e o do porque dessa divisão - eu acreditava que seria a parte mais difícil para expor no filme, para aqueles que não conheciam o mundo "Divergente" ao contrário dos leitores da trilogia.

Four, ou Quatro (Theo James), do mesmo jeito que detestei ele no começo do livro eu detestei ele no começo do filme, mas eu queria que ele fosse mais detestável durante todo o filme e trilogia, acredito que eu ia gostar mais desse personagem se ele fosse o Four "curto e grosso". Tudo bem que é só uma máscara dele mas ainda sim ele é melhor assim do que o mocinho sensível e que consegue amar alguém e-e

Já nossa vilã principal de Divergente, a querida e amada líder da Erudição Jeanine Matthews (Kate Winslet) foi mesmo uma desgranhenta mas esperava mais, só porque A atriz Kate pegou esse papel. E indo pra reta final do filme temos uma cena dela com a Tris (que não existe no livro) mas que ficou fantástica!

Os cenários do filme eu achei todos fantásticos, confesso que nunca consegui imaginar o cenário certo enquanto eu lia Divergente, o filme me ajudou muito em imaginar os cenários - agora principalmente para a releitura de Insurgente - do Fosso, o trem, a Erudição, a Abnegação, etc.

Temos também a surpresa da Veronica Roth no filme. Sim! A autora dá uma pequena aparição no filme :3

Já a trilha sonora, eu amei do fundo do meu coração a Ellie Goulding e mais uma vez confesso que quando eu soube que ia ter Ellie na trilha sonora de Divergente fiquei com o pé atrás porque ela é cantora do estilo animado, de felicidade e tudo mais, muito diferente de Divergente que só tem desgraça MAS eu tinha me esquecido os momentos em que a Tris ficava feliz por ter se encontrado e ter encontrado a facção certa e era nesse momento em que começava a tocar a linda voz da Ellie no filme <3

Confiram o vídeo clip oficial da música Beating Heart:


O filme terminou da mesma forma que o livro, Four, Marcus, Peter, Caleb e Tris indo para a Amizade ou seja:::::::::: INSURGENTE PRA JÁ.
E já  foi confirmado que Insurgente será lançado em Março do ano que vem, e mês que vem (Maio) começará as gravações do novo longa com seu novo diretor, Robert Schwentke.



5 comentários

  1. Eu gostei bastante da adaptação, mas concordo com você. Faltou mais cenas de lutas e a Tris crescendo na audácia. Confesso que gostei do Peter, mas também acho que ele e a Molly não se tornaram vilões como no livro. Shai perfeita como Tris, eu gosto muito do Four então achei o Theo perfeito durante o filme. Senti falta das cenas de luta, de sangue KKKK. Da vida na audácia a facção mais querida por todos. Estou ansiosa para ver Insurgente. A trilha sonora é perfeita, com Ellie & Zedd.

    Bjoos Miih <3

    http://bookscoffeeandcupcakes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. eu nem acredito que ja vao lançar o próximo ano que vem o-o
    necessito desse filme.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li os livros, fico enrolando, enrolando.. mas agora que ta todo mundo falando bem do filme, acho que vou me animar!!! :)
    Adorei a resenha! Muito legal!

    Super curtir a música!
    Beijos
    Isadora
    http://novoromance.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu preciso ler o livro, mas estou querendo ver o filme antes, tamanha a curiosidade!!!

    Bjs, Michele

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Ainda não vi o filme, mas confio que a atuação da Shai está mesmo ótima, pois já a conhecia de outro trabalho. Gostei muito do que ouvi da trilha sonora até o momento e estou curiosa para ver no filme. Entendo que eles precisam cortar algumas coisas e estou ansiosa para ver. Que bom que o saldo foi bom no final.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir