Resenha: Veneno

Autora: Sarah Pinborough
Editora: Única
Páginas: 224
Sinopse: Não existe “Felizes para sempre”! Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos!
Veneno no Orelha de Livro & Skoob

Gente! Essa é a última resenha - que eu escrevo - nesse ano :O HUAEHUAEHUAEU
E claro tenho que dizer o maior clichê de final de ano: "Como passou rápido" -q

Mas enfim, vamos fechar o ano com uma das boas leituras que fiz esse mês, graças a Editora Única a nossa nova parceira que disponibilizou um exemplar de Veneno para a leitura e resenha  \o

Antes de tudo, quero saber quem de vocês gostam de contos de fadas? Se sim, então prossigam a leitura e se não prossiga do mesmo jeito HAUHEUAHUAE

Veneno trata-se de uma nova releitura de a Branca de Neve e os Sete Anões, uma releitura mais moderna e mais adulta - tanto no sentido sexual do bagulho como também em como seus personagens são escritos.

Branca de Neve sempre foi minha princesa da Disney que menos gosto e depois de ler Veneno tenho um desgosto maior -q

Conhecemos uma Branca com aquela personalidade e boa, gentil, invejada pela Madrasta Lilith, uma jovem garota que mostra pureza, que mostra simpatia e de grande beleza. Já sua Madrasta também tem sua beleza de dar inveja só que ela tem uma personalidade forte no lado maligno, é uma mulher que sofreu na infância, que cresceu com a pressão de ser uma mulher de classe já que iria ser rainha algum dia, então ela é carrancuda, ao contrário de Branca.

Lilith vê a falha em Branca, a independência, por querer fazer o que quiser e com quiser - no caso: sair com os anões e beber muito e não querer casar tão cedo. Nisso cria uma certa "inveja" da parte da Madrasta, porque ela se vê como a vítima, a mulher que abriu mão em fazer qualquer coisa que ela gostaria de fazer de fato, para estar casada com o Rei escroto, como o pai de Branca e ter que aturar uma garota como ela: mimada mimada mimada deeeeeeeeemais.

Como Branca é uma garota difícil de segurar, Lilith decide que quer ver a garota morta, por isso pede um favor ao Caçador que aparece para os bandos de seu Reino. E a partir daí já temos a surpresa de ver que realmente Veneno não é pra ser confortável e sim é pra mostrar o outro lado da moeda nos contos de fadas.

O mais interessante na leitura foi que outros contos de fadas foram aparecendo no meio do conto da Branca de Neve, como a Bruxa de João e Maria, tenho que dar um ponto a mais na escrita por conta disso.

E finally Branca é envenenada com a bendita maçã :O
E salva pelo Príncipe, que tenho que dizer que foi o personagem que mais gostei e mais me surpreendi, porque ele é o mais complexo e faz com que você entenda a lógica - de amar a Branca - dele no final do livro.

Na real... o final do livro valeu todas as expectativas que foi criada por mim sobre esse livro, mas ele não é O livro e tenho certeza que por eu não gostar/nunca ter gostado da Branca de Neve da Disney e derivados, tenha também influenciado eu não ter gostado tantooooo assim de Veneno, pode ser uma coisa boba e é sim HUE
Mas não posso falar que amei e favoritei Veneno sendo que não fiz isso -q

E separei uma foto para vocês darem uma olhadinha dentro do livro, de como está caprichado a diagramação, capa, etc. de Veneno pela Editora Única!

Eu particularmente adoro um bom espaçamento, mesmo que ele pode deixar o livro maior do que ele deveria ser, mas minha leitura fica mais confortável e deixando mais difícil minha vista ficar cansada.

Já a escrita da Sarah Pinboroung é muito agradável também, não tem nada de robusto mas também não tem nada de bobinho, ela soube fazer essa releitura muito bem dando alguns toques personalizados e ligando os pontos criados ao final do livro. Mas realmente o final é bem chocante e dá um gosto de quero mais, e sim temos a continuação que é Feitiço.


Sinopse: Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.


Contato da Editora Única: Facebook | Twitter 

~Nathália

6 comentários

  1. Essa trilogia é uma das que está na minha lista 2014 com pena de não ter lido em 2013, amo conto de fadas e releituras deles... Acho que eles tem um que de sempre atuais... sei lá... Adorei sua resenha, me deixou com água na boca...ou melhor no olhos.

    E sim, 2013 passou rápido, que venha 2014 e que seja feliz e cheio de leituras para nós também.

    Pandora.

    ResponderExcluir
  2. Amo histórias que contam o outro lado da moeda, nunca gostei dos clássicos da Disney, mas amo as novas releituras dos contos de fadas contemporâneos.
    Achei o livro bem interessante e fiquei curiosa com relação ao príncipe. kkkk

    Ainda não li nenhum dos três, mas amei as indicações.

    Te indiquei em uma Tag no blog, Desafio de Férias

    Feliz 2014 e que esse novo ano seja cheio de leituras de tirar o fôlego.

    Bjim!!!
    Tammy - Livreando

    ResponderExcluir
  3. Estou com esse livro aqui, acho que vou ler logo, ainda mais após ler a tua resenha haha
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  4. ainda nao tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser bem interessante. Sua resenha me chamou a atenção.
    adorei o ''sentido sexual do bagulho' kkk
    Feliz Ano Novo!
    Beijos, http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/ <3

    ResponderExcluir
  5. Oi.

    Ainda não li o livro, mas já estou super curiosa para ler, porque amo a capa também. rs

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Hey, Nathália.

    Acabei de ler o post de lançamentos e precisei vir aqui ler a resenha de Veneno. Menina! Parece bem legal. Parece mais legal do que eu tinha pensado. Onde clica para colocar na minha wish list? kkkkkk. Tá. Eu sei.

    Amei sua resenha e sua sinceridade. Pretendo ler esse livro, SIM.

    Beijinho,
    May.

    Livreando

    ResponderExcluir