Resenha: Procura-se um Marido

Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 476
Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.
Procura-se um Marido no Orelha de Livro & Skoob

Como fiz uma pequena enquete na fanpage do Livroterapias, Procura-se um Marido ganhou na "votação" da resenha de hoje :3

Mais uma vez a Carina Rissi - resenha Perdida - tem seu lugar aqui no blog e espero que vocês também deem a oportunidade de ler mais esse fantástico nacional.

Vou ser muito repetitiva se eu comentar de novo sobre a escrita da Carina? Gente do céu, essa mulher tem o dom de prender o leitor no primeiro paragrafo, queÊ~e~E~~e~eE isso.

Procura-se um Marido é narrado pela personagem mais doida da cachola, a Alicia. Garota rica e mimada que vive com o avô porque seus pais faleceram, então Narciso é seu único parente, sua família.

Mas seu avô Narciso morre, deixando Alicia sem sua base de vida, sem os sermões de seu avô, sem mais ninguém da família e ainda por cima Narciso não deixa nada - nadica - de herança para Alicia, fazendo com que ela agora seja independente. Mas isso não é o grande problema, o problema é que ela é muito - mais muito - irresponsável e nunca trabalhou (sério) na vida, nisso ela vai trabalhar como assistente de secretária em uma das empresas de seu avô - sim, ela começa por debaixo mesmo. Ela vê as dificuldades da vida no primeiro dia de trabalho - e cada vez mais sente falta do avô -, vê que o dinheiro não bem articulado pode estragar sua área financeira - mais do que já está estragada - assim ela tem que parar de ser uma garota e tomar atitude de mulher madura e que sabe viver com responsabilidades.

Mas há um único jeito - e o mais fácil para Alicia - de conseguir sua herança de volta, no próprio testamento Narciso cita que a Alicia só poderá ter a herança de volta quando ela estiver casada e depois de um ano ela terá o dinheiro que fora guardado para ela. E nisso ela vê uma brecha de ter um casamento falso e vai atrás de seu pretendente.

E finalmente ela acha esse Marido de mentira, seu colega de trabalho Max. Alicia tem seu motivo de estar querendo se casar de mentira e Max também, então os dois acreditam que seja uma boa oportunidade para eles, só que o lado ruim disso é que eles não se dão muito bem. Max é o cabeça e responsável enquanto Alicia é a doida, mas ao mesmo tempo eles são iguais porque são dois cabeça dura, então podem esperar grandes cenas de tensão e briguinhas do nosso casal de mentira. Por mais que nosso casal seja totalmente briguento, não há como não shippar firmemente esses dois.

Alicia foi uma personagem que foi fácil de gostar - ao contrário da Sophia em Perdida - na Alicia consegui sentir a falta que ela sentia do avô, do furacão de sentimentos que ela tinha pelo Max, consegui ver a dificuldade dela tentar mudar e ser uma mulher mais adulta e nisso me dei bem com a sua narrativa. Eu consegui me enxergar no lugar da personagem e isso é o mais importante. Já o Max GENTE, que homem é esse? Carina Rissi só escrever homens perfeitos e maravilhosos, por mais que ele seja um pouco arrogante e grosso com Alicia no começo ele consegue compensar a burrada que ele fez u-u

Mas deixando de lado o romance um pouco, porque senão vou entrar em detalhes que não devem ser apresentados aqui na resenha porque serão spoiler desse maravilhoso livro <3

Há algo além do romance entre Alicia e Max, sobre a herança há um mistério sobre ele, porque do começo ao fim eu fiquei me perguntando "Um avô como o Narciso deixaria sua neta de mãos atadas dessa forma? De verdade?" e além de termos um final muito bom do nosso casal esse mistério também é solucionado. Então nenhuma ponta é deixada no final do livro.

Mais uma vez quero aplaudir de pé essa dona Rissi por escrever um livro que flui tão rápido mesmo com suas 400 páginas <3
E a Editora Verus por dar mais essa oportunidade a Carina de estar lançando mais um livro e estou esperando ansiosamente Perdida 2 anos que vem!

Sobre a autora


Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.
Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.
Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista.
Seu primeiro livro, Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo, foi traduzido e publicado na Alemanha, onde entrou para as listas de mais vendidos. Procura-se um marido é seu segundo livro.

~nathália

9 comentários

  1. Have a great week
    Kisses
    www.beingbeautifulandpretty.com

    ResponderExcluir
  2. awn, quero quero quero!
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  3. Oie :)

    Preciso desse livro urgentemente pois tenho certeza absoluta, que irei me encantar com ele. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nathália!

    Não para não se empolgar lendo sua resenha. Estou muito curiosa com essa autora e preciso ler algo dela. Pelo que escreveu já vi que também vou gostar da Alicia, pois adoro personagens maluquinhas.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Este livro está na minha lista de livros para ler, mas sabe quando você sente que um livro vai ser tão bom que fica colocando ele por último? Estou fazendo isso, mas acho que vou acabar tendo que ler ele depois dessa resenha rsrs.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Resenha mais fofinha gente. Não bastasse a vontade de ler os livros da Carina você tem de escrever tão lindo assim?
    Agora preciso dos livros, todos, Perdida e Procura-se um marido, quero mesmo ler.
    Parabéns, você soube instigar totalmente.

    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    A resenha ficou muito boa. Mas ainda não sinto atração por esse livro. rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Me interessei mesmo pelo livro, quer dizer, detesto romances, mas não posso nem ver um casal briguento que já fico apaixonada! (só na literatura, é claro). Acho bonitinho aqueles casais que brigam o tempo todo, mas no fundo se amam sabe? Vou ver se leio sim, principalmente porque é nacional *--*

    Ler, imaginar e criar

    ResponderExcluir
  9. Já li esse livro e também adorei, Carina me surpreendeu muito, espero ler Perdida em breve.
    Beijos.
    http://vidadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir