Resenha: Morra Por Mim

Revenants #1
Autora:
Amy Plum
Editora: Farol Literário
Páginas: 424
Sinopse: Depois que seus pais morrem em um acidente de carro, Kate e sua irmã, Georgia, vão morar com os avós em Paris. Enquanto Georgia encontra na balada a cura para sua tristeza, Kate é mais introspectiva e se recusa a sair e se divertir, até resolver ir para um café com seus livros para tomar um pouco de sol. Ela conhece Vincent, um belo e misterioso garoto parisiense. Ao se relacionar com o menino e descobrir sua história, Kate tem que escolher entre deixar sua paixão de lado e seguir a vida em segurança, e assumir seus sentimentos e toda a complicação que seria namorar alguém imortal e com inimigos, e mudar para sempre sua vida.


Morra Por Mim no Orelha de Livro & Skoob



Conheci Morra Por Mim através do e-mail marketing da Farol e desde então eu o desejava. Mas então apareceu meu amigo que caiu do céu Luis Pirani e comprou pra mim *o*

E pensa numa garota dentro da Fnac falando/gritando: "ESSE LIVRO TEM JACKET BRASIL" e sim gente, o livro tem jacket T-T

Jacket e capa
Mágico né? Achei O capricho da editora, eu já tinha amores pela Farol e agora só aumentou! Mas tenho que dizer que os livros deles são muito caros ;-; 


Aqui você também podem ver como é o início de cada capítulo :3
E podem ver os meus post-it HUE

Agora sim, posso começar a resenha depois de ter mostrado essas coisas uanderfoul da edição de Morra Por Mim.

Kate e Georgia depois de perder seus pais, são "forçadas" a ir morar com seus avós em Paris. As irmãs tentam superar o luto cada uma do seu jeito: Kate lendo e Georgia indo para as baladas. Eu me identifiquei um pouco com a Georgia, acredito que se fosse eu, faria a mesma coisa. E tem um quote que a Kate descreve sua irmã mas que parece que ela me descreveu HUE


"Georgia trata os amigos como se fossem roupas, trocando um por outro com naturalidade, quando é conveniente - não de um modo mesquinho, ela só não fica muito apegada"


Como nossa narradora é a Kate percebemos que não está fácil pra ela se divertir então ele prefere ficar na dela, lendo, passeando pela cidade até que conhece Vicent [insira suspiros]. Eles tiveram encontros e desencontros, e numa visita no museu Kate realmente consegue conversar com Vicent mas de surpresa ela presencia o suicídio de um dos amigos de Vicent e sua reação sobre o acidente, que é: nenhuma, sem preocupação, abalo; enquanto Kate ainda vive abalada pela perda dos pais, ela fica realmente confusa com a atitude de Vicent, mas isso tudo é por conta do segredo dele e dos amigos. São imortais.

"Ele é vampiro? Ele é lobisomem?"
Não e não.
Só vou dizer: Revenants.

Não irei entrar em detalhes porque senão vai tirar toda a surpresa e criatividade que autora construiu em cima dessa diferente mitologia. Se você não sabe o que é Revenants continue sem saber, sem google por favor -q

Mas ele é um imortal digno de ser chamado de herói, assim como os outros da sua trupe: Jules, Charllote, Gaspard e Ambrose. Só não amei loucamente o Vicente por causa dessas quatro personagens.


"Ambrose quebrou o gelo.- Entre, humana - disse, numa voz tipo Jornada nas Estrelas, um tanto abafada pela boca cheia."


Mesmo que o enredo trata-se de Kate/Vicent e seu amor proibido, os personagens secundários tiveram um grande espaço e muito bem construídos.

Pois bem, já falei dos mocinhos do livro e agora o vilão: quando ele apareceu, montei as peças e disse "é ele!", então quando ele aparecer na leitura vai ser revelado bem facilmente. E ele é aquele vilão clichê "estou te contando meu plano para que dê tempo do herói aparecer e salvar o dia". Pra falar a verdade o livro é cheio de clichê mas é montado de uma forma bem suave e parece que você está lendo algo inédito mas a única coisa inédita de fato é a mitologia do livro. Mas isso não é ruim pra mim... Foi um dos motivos de favoritar Morra Por Mim.

Outra coisa que gostei na narrativa da Amy foi a forma que ela conseguiu passar o cenário pra mim, eu nunca sai do Brasil, mas consegui me enxergar em cada lugar de Paris que foi citado no livro.

Indico Morra Por Mim pra quem gosta de um romance não muito melado, com uma narradora bem real - como a Kate é - e que gostaria de conhecer uma nova mitologia no mundo fantástico!

~nathália

8 comentários

  1. Olá!

    Desde que li a sinopse do livro também fiquei muito curiosa. E bem só por ele se passar em Paris você já fica com vontade de ler e todo esse mistério me atrai. Gostei muito da resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    O livro tem uma diagramação lindíssima! A história também parece interessante.
    Abraços
    Melissa Padilha
    De Coisas por Aí

    ResponderExcluir
  3. Uau... mas que lindo livro.
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele e a sua me deixou com bastante vontade de lê-lo, fora que necessito tê-lo, essa jacket...OMG
    Enfim, excelente dica, amei demais, obrigada.
    Beijão
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu já era apaixonada pela capa, mas não tinha visto a diagramação e nem a jacket, estou in love! A história parece maravilhosa, vou seguir seu conselho e não googlar sobre o que é! Deixar a surpresa pra quando ler hehe

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Hum...gostei bastante, tanto pelo capricho da editora, como também por essa mitologia 'nova' apresentada no livro. Realmente os livros deles são o olho da cara.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  6. Luciana14:24

    Já li este livro e adorei! Quando vi a resenha, não pude deixar de comentar aqui, pois a editora caprichou mesmo!
    Os personagens são muito cativantes, eu adorei o Vincent, mas como também tenho quedas por personagens secundários, o charme do Jules me encantou! *--*
    Os livros da Farol são realmente caros, mas comprei ele na Bienal com um preço super baratinho! :D

    ResponderExcluir
  7. Parece ser foda, eu só fico revoltado que as editoras se dão o trabalho de fazer jacket, mas PÕEM A CAPA IGUAL A JACKET, TIPO?!!?!!? para.

    ResponderExcluir
  8. Adoro fantasia. É o meu gênero preferido no momento e tenho lido muita coisa, mas Morra por mim tem um toque diferente, uma mitologia nova e isso foi o que me deixou mais interessada. Também gostei do fato que a autora ambientou bem o enredo e tive a impressão que os personagens são marcantes. Enfim, mais um para a minha lista infinita de desejos.

    ResponderExcluir