Resenha: Partials

Partials Sequence #1
Autor: Dan Wells
Editora: iD
Páginas: 440
Sinopse: A raça humana está quase extinta após a guerra com os Partials – seres criados em laboratório, idênticos aos humanos. Eles liberaram o vírus RM, ao qual apenas uma pequena parte da população é imune. Os sobreviventes da América do Norte se reuniram em Long Island ao mesmo tempo que os Partials se retiraram da guerra misteriosamente.
Kira é uma médica em treinamento que vê, dia após dia, todos os bebês morrerem, pouco tempo após o nascimento. Há mais de uma década nenhum nasce imune ao RM. O tempo está se esgotando e, com ele, a esperança.
Decidida a encontrar a cura, Kira descobrirá que a sobrevivência dos humanos tem muito mais a ver com as ligações entre eles e os Partials do que se imagina.


Partials foi indicação de um amigo há muito tempo, mas eu sempre deixava pra comprar esse livro quando tivesse alguma promoção, só que depois de meses vi que ele não entra na lista de promoções na Submarino e/ou na Saraiva, então deixei de lado a tristeza de gastar 40 reais no meu exemplar e finalmente comprei. Isso foi em Janeiro e só fui ler agora em Julho/Agosto.

E como foi indicação, confiei totalmente na opinião da pessoa sobre o livro, não corri atrás de nenhuma resenha.

No primeiro contato com a leitura já tenho a felicidade de ver que a narrativa é em 3ª pessoa, só que o narrador é um observador no ponto de vista da Kira.

Kira é a jovem médica que trabalha no ramo da maternidade e que está em busca da cura do RM um vírus que não permite que os bebês que nascem, vivam. Ou seja, a raça humana está quase extinta. O ideal da Kira no livro inteiro (inteiro mesmo) é achar essa cura, porque agora há outro motivo que a influência mais ainda para ir atrás da cura: sua amiga Madison está grávida. E por ela ter uma cabeça centrada em salvar o mundo ela é a minha mais nova heroína!

Nesse mundo atual, há o resto dos humanos e os Partials - que foram criados pelos humanos para serem os militares mas só que eles se rebelaram contra os humanos e então teve-se a Guerra dividindo-se território para cada espécie. Só que os Partials são iguais aos humanos suas diferenças são: ser imune ao vírus RM e eles não conseguem se reproduzir - ao contrário dos humanos, as mulheres conseguem pelo menos engravidar, as mulheres partials não - deixando essa espécie também na extinção.

Os personagens secundários foram tão importantes quanto Kira, Marcus servindo como cobaia e dando um certo humor no livro - namorado de Kira, mas já deixo claro que ela é uma garota de garra, não se deixa levar pelo que ela quer: ficar com Marcus, ela quer fazer a diferença e consegue abrir mão do seu relacionamento pra salvar a humanidade. Haru sendo o marido preocupado e capaz de fazer tudo pela Madison, Nandita sendo a mulher mais superficial no começo e necessária no final. E entre outros, são até vários personagens num livro mas que aparecem sempre, nunca são deixados de lado.

E temos o Samm, depois da Kira é o mais importante em todo o livro.

E como meu amigo me disse: "Parece que todo último livro que você leu é seu favorito" e não posso discordar nenhum um pouco com ele, mas Partials realmente foi amor a primeira página.

Partials não é um livro somente pela busca da cura, é a necessidade de duas espécies que antes eram inimigas, que devem deixar de lado a rincha para que cada uma consiga sobreviver, é um livro sobre esperança, nos levar a crer que irá terminar bem mas termina com um banho de água fria deixando o leitor ansioso para o seguinte livro, alguns segredos são revelados durante a leitura nos deixando com mais vontade de ler e ler sem parar.

- nathália

10 comentários

  1. Oie!

    Achei interessante a temática, parece ser bom.
    Ele não é muito o meu estilo de leitura, mas se tiver oportunidade o lerei.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Aaaaaaaaaaah ;-; Preciso comprar, cara. Mas que bom que você gostou, me motiva ainda mais a gastar 40 cono em um livro e-e
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei da sua resenha, porém fiquei confusa quanto a estória desse livro. Me lembrou um pouco de Resident, mas eu acho que não tem nada haver né ? Não tem nada de terror ?
    É um livro light que a personagem tá buscando a cura ?
    Eu sinceramente fiquei meia assim. Não deu para entender o real motivo da estória, apesar de você ter explicado bem na resenha, mas eu ainda fiquei viajada (risos)

    Enfim...Olha linda, queria te agradecer pela sua visitinha em meu blog e dizer que já estou te seguindo e sempre passarei aqui para te visitar, mas também gostaria que me seguisse e curtisse minhas redes sociais...fanpage principalmente, pois sempre tem novidades. Ficarei te aguardando tá? E precisando de mim pode contar para o que der e vier !! =DDDD

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Valhaaaaaaaa eu nunca tinha ouvido falar do livro, mas parece ser bem legal, embora eu ele não tenha me despertado aquele interesse inadiável de lê-lo.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  6. Eu acho a capa desse livro linda, mas não tinha muito interesse em ler. Sua resenha me deixou muito curiosa para conhecer essa história, fiquei um pouco confusa com tantos personagens. Vou ver se acho uma promoção também.

    Abraços, Raquel.
    Viajando com Livros.

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha lido algumas resenhas sobre o livro e até já tive a oportunidade de comprar mas acabei não comprando, não acho que o livro vá me prender tanto assim.

    Beijos.

    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Confesso que você me deixou bastante curiosa para ler este livro. Ainda mais agora que eu estou começando a ler distopias. Já o coloquei na listinha. ;D
    Ameeei o seu layout! *-*

    Livrinhos & Eu

    ResponderExcluir
  9. Oi flor,
    Sua resenha me deixou tão curiosa por essa leitura, confesso que logo que vi não me chamou tanta atenção.
    Não sei se faz tempo que mudou o visual do blog, mas eu adorei o novo layout :)
    Ficou lindo demais.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  10. Nathalia, neném, to há certo tempo já querendo ler esse livro mas sofro do mesmo mal que tu: ele não fica mais barato nunca!

    E agora com a tua resenha minha vontade de ler ele só faz aumentar, principalmente pelo que tu disse sobre a Kira, gosto de heroínas fortes e que façam a diferença. Pena que nem todas são assim, não é mesmo?

    Att.,
    Eduarda Henker
    http://www.blogsomaisum.blogspot.com.br

    ResponderExcluir