Resenha: O Oceano no Fim do Caminho

Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Páginas: 208
Sinopse: Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.
Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.


Esse não é meu primeiro livro do Neil, Deuses Americanos foi a primeira obra dele que eu li. E devo advertir que a maneira que o Neil constrói seu enredo é totalmente diferente de tudo. Pode ser confuso no começo mas você vai pegando o jeito na leitura, consegue enxergar a profundidade de algo que parece superficial.

Depois de oito anos sem lançar um livro, Neil em O Oceano no Fim do Caminho conta a história de um homem - sem nome - e sua amiga de infância Lettie. No prólogo somos apresentados a esse homem com quarenta anos, ele volta a sua cidade natal por conta de um funeral e aproveita pra visitar Lettie, lá começa sua nostalgia da infância observando o oceano.

No decorrer do livro vamos conhecendo a infância desse homem e de que forma Lettie aparece em sua vida, junto com a sua mãe e avó. Com elas o garoto se sente realmente a vontade, seguro de qualquer problema mas elas não são o que são. E ai vemos a fantasia construída pelo Neil, que é muito singular para cada leitor porque já logo digo que essa fantasia não é explicada diretamente em nenhum momento do livro, vai de acordo com que o leitor acredita.

Foi um livro que comecei sem nenhuma expectativa porque eu realmente não sabia o que esperar dele e de como ele seria desenvolvido. E no momento em que chorei no início da história eu percebi que: esse livro não irá acabar sendo só mais um livro na minha lista de leitura e nem na minha estante, e não foi mesmo.

O título do livro não se preocupem, tem sentido com a história e ao final você acaba se arrepiando (ou até chorando, que foi no meu caso) qual é o sentido do Oceano.

É um livro que não dá pra se ler de forma muito rápida mesmo com suas poucas páginas, é necessário você apreciar cada palavra, cada metáfora nele para que você fique completamente extasiado pela escrita de Neil e pelo seu final.

Nos agradecimentos do livro Neil deu o entender - pra mim - que houve alguns fatos do livro que foram baseadas em sua infância, e agora a pergunta que eu faço é "quais passagens foram estas?"

Sobre a edição do livro, não tenho nem o que falar. A capa, diagramação, a fonte, tudo muito bom como é se de esperar da Editora Intrínseca.

Quem nunca leu nada do Neil Gaiman dê uma chance a esse grande escritor porque não irá se arrepender.

- nathália

20 comentários

  1. cara sou bem afim de ler algo dele olha :)
    gostei da sua resenha

    ResponderExcluir
  2. Já li dois livros do Neil e já me apaixonei por ele, estou louca pra ler outros. Ele tem um jeito muito especial de escrever que nos deixa desejando por mais.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li nada do autor, mas achei a história deste livro bem interessante. Fiquei curiosa em conhecer a narrativa e toda a trama do livro. A capa é linda esse azul, e já é de se esperar um ótimo trabalho da editora.

    Abraços, Raquel.
    Viajando com Livros.

    ResponderExcluir
  4. Sempre tive um preconceito enorme em relação ao Neil... de verdade, nenhuma vontade de ler livros dele...
    Mas confesso que sua resenha me fez vê-lo com outros olhos. Já ouvi falar bastante desse novo livro, mas não havia lido nenhuma resenha.
    Taí! Mais um pra listinha de desejos literários!!
    Beijos

    www.meumeiodevaneio.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ei li duas resenhas deste livro e achei a história bem diferente, mas entendo bem, este autor tem um jeito único de criar suas tramas.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Eu não sabia o que esperar do livro e depois dessa resenha criei muitas expectativas e espero não me arrepender de ler. Vou comprar o livro em breve porque o preço dele tá muito bom hehe
    Tenho uns três livros do Neil aqui mas não li nenhum ainda e fiquei muito curioso!

    ResponderExcluir
  7. Tem muita gente falando bem desse livro.
    Agora com sua resenha tenho certeza que irei gostar, esse vai ser meu primeiro livro do Neil.

    Bjs
    Jéssica
    Jéssica&Lilian

    ResponderExcluir
  8. Oi Nathália,
    Nunca li nada do autor mas estou super curiosa para conhecer a escrita dele. Essa é a primeira resenha que leio do livro e adorei. Quero ler com certeza.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, bom dia ^-^
    Tenho muita vontade de ler os livros do Neil; esse parece ser muito bom.
    Amei sua resenha.
    Beijinhos e obrigada pela dica de leitura :)
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada desse escritor, mas ultimamente o nome dele vem saltando em algumas conversas e em alguns sites. Pretendo ler algum livro dele, só tenho que me decidir qual primeiro. Quem sabe não começo por esse, pela sua resenha ele parece muito bom.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Não li nada do autor ainda, mais vontade é o que não falta. Curti demais sua resenha, mostrou alguns pontos do livr que eu não sabia ^^
    Um Beijo, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  12. Oi Nathália, tudo bem?
    Acho essa capa muito bonita, e a sinopse é interessante. O primeiro livro que li do Neil Gaiman também foi "Deuses Americanos" e gostei bastante da narrativa.
    Ainda não tive a oportunidade de conferir esse livro, mas sendo do autor, acredito que eu goste. O próximo que vou ler do Gaiman é Coisas frágeis, vol. 1.
    Beijos,
    alanahomrich.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá meninas, embora nunca tenha lido nada do autor tenho bastante curiosidade de conhecer a escrita dele.

    beijos
    http://amostradelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá meninas =)
    Desculpem a ausência nos coments, mas andava meio enrolada com a vida rsrsr
    Mas voltei ;)

    eu tenho alguns marcadores desse autor, mas nunca li nada. Tenho curiosidade, mas tenho medo de comprar e não gostar, preciso de um emprestado ;)
    Esse marcador eu ainda não tenho, querooo =)

    Bjokas
    http://omarcapaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Cada resenha que eu vejo desse livro eu fico mais curiosa para lê-lo.
    Nunca li Neil, e acho que vou adorar :)

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  16. Confesso, nunca li nada do autor, mas não por que não quero, foi falta de oportunidade mesmo.
    Li sua resenha e estou com muita vontade de ler o livro, mesmo que no momento eu não esteja querendo muitas metáforas em minha vida. Assim que possível vou correr atrás de comprá-lo.
    Beijos e obrigada por dica tão delicada e sincera.
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  17. Oi Nathália!

    O que é uma boa resenha, né?! OU, a forma como se lê! Porque eu nunca tive vontade de ler Gaiman, mas agora eu estou. E fiquei triste só de ler a sua resenha. Quero logo ler, que eu possa começar com ele!

    Beijos,

    Marcelle
    www.bestherapy.net

    ResponderExcluir
  18. Nunca li nada do autor e tenho muita vontade, já que tenho um amigo que sempre o elogia.
    Pela sua resenha vou gostar do livro.

    Beijos,
    Carissa
    http://www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  19. Até hoje só li um livro ilustrado deste autor, tenho vontade de ler coisas mais 'sérias' do Neil Gaiman.

    Beijão, Vanessa - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Você disse tudo, o livro é incrível. A escrita do Gaiman é única. Apesar de não ter explicado alguns fatos, o livro é perfeito. :}

    ResponderExcluir